zap
ANIVERSÁRIO CORUMBÁ 2017
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 03/02/2009 - 14h31

Sanesul estabelece diretrizes e executa ações ambientais




Por Adriana Viana, da Sanesul


Em congruência com o momento atual – que propõe a preservação do meio ambiente como meta a ser cumprida pela sociedade mundial –, a partir da criação da Gerência de Meio Ambiente (Gemam), em setembro de 2007, a Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) definiu uma nova política ambiental, composta por sete diretrizes que passaram a nortear todos os aspectos e áreas de atuação da empresa desde 2008.

As diretrizes são decorrentes do Plano Estratégico, sustentando três linhas de atuação: a preservação dos recursos naturais associada ao desenvolvimento sustentável, o respeito à legislação e a melhoria contínua dos processos. Por esse motivo, os projetos decorrentes do planejamento da área ambiental passaram a priorizar as ações que estejam mais alinhadas com tais estratégias.

Uma das principais ações da Gemam foi realizar o diagnóstico dos passivos ambientais, com ênfase no passivo administrativo, das unidades existentes. O diagnóstico resultou, entre outras coisas, no crescimento de sete para 21 unidades operacionais regularizadas com licenças ambientais em 2008, o que equivale a uma variação de 200%. Somado a isso, o pedido de licenciamento para outras 18 unidades operacionais já está concluído.

Com relação às diretrizes, após sua implantação, a empresa vem pautando suas atividades no cumprimento das mesmas. Como ilustração, a primeira diretriz, que trata do atendimento à legislação ambiental vigente, está sendo cumprida por meio da obtenção dos licenciamentos das unidades existentes e dos projetos com recursos da Fundação Nacional de Saúde e do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

A segunda diretriz visa à participação da empresa em órgãos colegiados ligados ao meio ambiente. Nesse sentido, a Sanesul possui representação no Conselho Estadual de Recursos Hídricos, no Grupo de Execução do Planejamento Estratégico dos recursos Hídricos, bem como na Associação das Empresas de saneamento Básico Estaduais (Aesbe), cujo vice-presidente e primeiro-secretário são o diretor-presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa, e a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (Abes), sendo o diretor-técnico Victor Dib Yazbek Filho o presidente da seccional de Mato Grosso do Sul.

Já a terceira diretriz, que rege a melhoria dos processos de elaboração de projetos e operação de sistemas, está sendo cumprida por meio de convênios de pesquisa científica para caracterização e aplicação de lodos das estações de tratamento de esgoto (ETEs) junto com a Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias (Embrapa).

Além disso, a Sanesul promove campanhas de conscientização da preservação ambiental. Dentre elas, podemos destacar a Mobilização Social destinada a esclarecer a importância da utilização dos sistemas de esgotamento sanitário para a saúde individual e coletiva, além de ações de reciclagem junto aos empregados, como o convênio de destinação de papéis para atividades educacionais da Apae de Campo Grande e o trabalho de coleta e tratamento das lâmpadas fluorescentes utilizadas na empresa.

Quanto à recuperação de mananciais, outra diretriz ambiental, a Sanesul deu início ao diagnóstico do Córrego Tujuri, no município de Sete Quedas, em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). De acordo com o gerente de meio ambiente, José Carlos Queiroz, as primeiras etapas estão concluídas e forneceram os subsídios necessários para a avaliação das causas da deterioração da qualidade da água do corpo hídrico. O gerente explica que o objetivo é elaborar um plano de preservação dos recursos naturais para garantir qualidade e volume suficientes para o abastecimento de água à população.

Outra preocupação da empresa é com relação à preservação e conservação de mananciais subterrâneos. Para tanto, a Gemam, em parceria com a Gerência de Manutenção da Sanesul, estruturou um projeto para a selagem dos poços tubulares desativados, com a finalidade de evitar a contaminação dos aqüíferos subterrâneos, seguindo orientações normativas. Além disso, a Sanesul desenvolve um banco de dados para consulta de informações básicas dos poços. Assim que implementado, o sistema possibilitará a integração das ETAs e ETEs, bem como das estações elevatórias de esgoto bruto (EEEB).

Para o diretor-presidente José Carlos Barbosa, tratar da questão ambiental é prioridade para uma empresa que se dispõe a cuidar de água e esgoto. “A Sanesul está comprometida com a preservação da vida. E cuidar do meio ambiente é cuidar da vida”.

Adriana Viana

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/09/2017 - 14h39
Projeto Florestinha realizou Educação Ambiental para alunos em comemoração ao dia da árvore
21/09/2017 - 12h44
Dia da Árvore tem plantio e coral do Rede Solidária na Sedhast
21/09/2017 - 08h23
Campo Grande recebe primavera colorida pelos tarumãs e jacarandás
14/09/2017 - 05h50
Incêndio florestal que durou 10h consumiu pelo menos mil hectares
08/09/2017 - 07h45
Em uma semana, setembro já é o 3º mês com mais queimadas no ano
 
Últimas notícias do site
22/09/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
22/09/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
22/09/2017 - 15h58
Aquidauana sedia encontro para debater inclusão no IFMS
22/09/2017 - 14h39
Projeto Florestinha realizou Educação Ambiental para alunos em comemoração ao dia da árvore
22/09/2017 - 13h11
PMA apreende redes e liberta peixes dos petrechos ilegais
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.