zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
O Estado do Pantanal - 12/01/2009 - 14h58

Mangabeira afirma que é ajudando o Brasil que MS se ajudará




Edemir Rodrigues

Por Boris Valerio Verbisck, do Notícias MS

           Durante a visita do ministro de Assuntos Estratégicos, Roberto Mangabeira Unger, a Campo Grande, onde foi recebido pelo governador André Puccinelli, na Governadoria, Mato Grosso do Sul foi destacado como um Estado de potencial agrícola e industrial e deve ser um “exemplo de caminho nacional”, afirmou o ministro.

          Após a apresentação pelo governador, das potencialidades do Estado, o ministro Mangabeira enfatizou que os Governos Federal, Estadual e Municipal devem trabalhar de forma cooperativa e não competitiva. “O Brasil deve rever seu modelo Federalista, passando a ser um federalismo cooperativo e experimentalista entre os três níveis da Federação. O projeto de desenvolvimento de Mato Grosso do Sul deve ser um projeto de dimensões nacionais e não apenas local. É ajudando o Brasil que MS se ajudará”, afirmou o Ministro.

        André Puccinelli destacou que Mato Grosso do Sul já vem trabalhando em parceria entre os diversos setores do poder público e privado. “O sentimento de união já existe em Mato Grosso do Sul. A bancada federal, estadual, a iniciativa privada unidos aos governos federal, estadual e municipal têm trabalhado em parceria e em colaboração. Mato Grosso do Sul vai fazer acontecer e será um Estado modelo de desenvolvimento” afirmou Puccinelli.

        Mangabeira propõe que seja repensado o modelo de desenvolvimento econômico brasileiro, e que ele seja pautado em três grandes eixos: agricultura, indústria e educação. Segundo o ministro, devem ser atribuídas à agricultura familiar características empresarias. “A política industrial deve ter como foco as pequenas e médias empresas” afirmou Mangabeira. “Deve-se fomentar, no campo, a industrialização rural formando um conjunto de atividades produtivas”.

          Quanto à educação, Mangabeira propõe um novo modelo de ensino médio, voltado para a interpretação e não para o método de aprendizagem por memorização. “A nova escola média deve aliar o ensino geral ao ensino técnico e que os alunos aprendam a interpretar e analisar”. O ministro citou ainda que o Governo Federal vai expandir os Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets) e os Institutos Federais de Educação Tecnológica (Ifets).

            Em sua apresentação, o governador André Puccinelli expôs ao ministro os três tópicos - grão, carne e energia - que estão em discussão no governo como estratégias de desenvolvimento para o Estado e destacou a ampliação das linhas de energia, a construção do poliduto, os projetos de pavimentação asfáltica para escoamento de produção, a construção do terminal intermodal de cargas em Campo Grande, a consolidação das informações do Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) e os problemas gerados pelas demarcações de terras indígenas. “Em relação aos problemas indígenas, a demarcação das terras deve levar em conta as áreas produtivas do Estado”, afirmou o ministro.

         O ministro está realizando visitas aos Estados brasileiros para conhecer a realidade produtiva de cada local. Na Fazenda Itamarati (Ponta Porã), para onde segue viagem às 14h, Mangabeira Unger pretende ouvir as famílias de produtores.

          Estiveram presentes no auditório da Governadoria, o senador Valter Pereira, deputados federais, estaduais, representantes de entidades do setor industrial e agropecuário, secretários de estado, entre outras lideranças.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/04/2017 - 16h02
Ação humana coloca em xeque a conservação de aves do Pantanal
19/04/2017 - 15h06
Pantaneiros querem ser ouvidos na discussão da polêmica Lei do Pantanal
13/04/2017 - 07h52
Governos de MS e MT discutem uniformidade nas leis sobre o Pantanal
12/04/2017 - 16h02
Sindicato Rural, Prefeitura e Famasul levam saúde para trabalhadores rurais da Nhecolândia
22/03/2017 - 12h19
Jiboia é capturada em tanque de combustível de moto no Pantanal
 
Últimas notícias do site
27/04/2017 - 15h06
Rádio Independente de Aquidauana recebe "Moção de Congratulação" do deputado estadual Paulo Siufi por processo de migração para FM
27/04/2017 - 15h03
Em MS, 27% dos contribuintes ainda não entregaram declaração do IR 2017
27/04/2017 - 07h10
Chuva em municípios de MS passou dos 50 mm e derrubou temperaturas
27/04/2017 - 06h31
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
27/04/2017 - 06h24
No primeiro frio do ano, quinta-feira amanhece com mínima de 9°C em MS
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.