especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cursos e concursos - 21/01/2018 - 07h05

Com mais de 3 mil formados, centro profissionalizante do governo abre portas para o mercado de trabalho




Fotos. Chico Ribeiro

Cursos auxiliam desde o ingresso de jovens no primeiro emprego ao aprimoramento de profissionais que já atuam no mercado.



Francielle (esq.) e Kamilla (dir.) encontraram no Centro de Educação Profissional Ezequiel Ferreira Lima (Cepef) sua vocação profissional e pretendem seguir na área de Biomedicina.



Chiara e Alisson: metodologia focada na formação cidadã e aproximação com o mercado de trabalho.
Por Portal do Governo de Mato Grosso do Sul / Redação Pantanal News

 Campo Grande (MS) – Nos últimos três anos, o Centro de Educação Profissional Ezequiel Ferreira Lima (Cepef), custeado e administrado pelo Governo do Estado, formou 3.312 pessoas em nove cursos técnicos que vão de enfermagem a culinária e eletrotécnica. “Com o curso eu consegui entrar em uma alta cozinha, o Cepef é uma porta de entrada para o mercado de trabalho”, conta o chef Thyago Orton Galvão, de 28 anos, que trabalha em um conceituado restaurante de Campo Grande. Antes de se formar no curso técnico de culinária, em agosto do ano passado, ele recebeu o convite do atual trabalho.

“A escola me ajudou duas vezes porque além da profissionalização, o emprego surgiu quando um chef veio ministrar workshop para os alunos, viu minha agilidade na cozinha e fez o convite”, detalha. Apenas 14 dias após a formação, Thyago foi campeão da edição regional do Prêmio Enchefs Mato Grosso do Sul e indicado para a edição nacional.  

O prato que rendeu o primeiro reconhecimento de sua carreira foi elaborado com base na culinária pantaneira: filé de jacaré assado acompanhado de farofa de bocaiuva. “Criei como uma homenagem à escola que abriu os braços para mim. Não teria conseguido esse nível de profissionalização se não fosse o curso. Aqui a gente aprende cozinha regional, nacional e internacional”, detalha.

Orientação profissional

Para a estudante de biomedicina Kamila Cristina Signorelli e Silva, de 19 anos, o Cepef foi decisivo na escolha do ensino superior. “Estava no terceiro ano do ensino médio e na dúvida sobre o que faria de faculdade. Quando entrei no curso de análises clínicas amei, fui em busca de faculdade relacionada e hoje estou no terceiro semestre de Biomedicina”, lembra. “A estrutura aqui é muito boa, quem entra nos laboratórios e vê o que temos disponível fala que é particular”, observa.

Aluna da mesma turma de análises clínicas, Francielle Correa Martins, de 18 anos se forma esse ano e pretende trabalhar na área. Assim como Kamila, ela estava em dúvidas sobre que carreira seguir e encontrou sua vocação. Agora, divide o tempo entre a formação que permitirá entrar qualificada no mercado e os estudos pré-vestibular. “Por causa do curso técnico mudei até minha opção de faculdade e também pretendo fazer biomedicina“, adianta.

Inserção no mercado

 

Nos casos de Thyago, Kamila e Francielle a indicação surgiu por egressos da própria instituição, todos hoje inseridos no mercado de trabalho. “Muitos alunos concluem o curso e já saem daqui com emprego, a maioria consegue se inserir na área”, conta a diretora do Cepef, Chiara Goes Barbosa, de 40 anos. Chiara ressalta que existe demanda por mão-de-obra qualificada, mas nem sempre há pessoas aptas a preencher as vagas. “Tem o campo de atuação, mas às vezes não tem gente com a formação técnica para trabalhar”, revela.

Para melhorar as chances dos alunos, a escola promove uma série de iniciativas de aproximação com os empregadores. “Oferecemos atividades teóricas e práticas. Alguns cursos têm estágios e promovemos visitas técnicas, palestras, encontros, semana de tecnologia. Existe esse contato com o mercado de trabalho, inclusive com iniciativas dos coordenadores dos cursos. E muitas vezes os próprios empresários pedem indicação”, conta.

Diretor-adjunto do Centro, Alisson Thiers Nunes dos Santos, de 39 anos, completa que a preocupação é em aplicar uma metodologia que crie envolvimento com os alunos, orientando profissionalmente para uma inserção ética e cidadã. A postura é refletida no carinho demonstrado pelos estudantes e egressos.

Alisson destaca também a oportunidade oferecida a quem não teria condições de custear a qualificação. “São cursos extremamente caros na rede privada e aqui o aluno tem a oportunidade de receber o ensino, os uniformes, a merenda, tudo financiado pelo governo”, enfatiza. “Formados, eles têm a possibilidade de inserção no mercado de trabalho com mão-de-obra qualificada e renda melhor”, completa.

Com ampla estrutura contendo quatro laboratórios de saúde, quatro de eletrônica, informática e culinária, o Cepef formou desde 2015 um total de 337 alunos em cursos presenciais e 775 por meio de parceria com a União pela Rede E-Tec Brasil. Outros 2.200 se formaram pelo Programa Pró-funcionário, destinado à formação profissional de funcionários da educação tanto da rede estadual quanto municipal de ensino.

Atualmente, são oferecidos nove cursos: eletrotécnica, eletrônica, culinária, auxiliar de saúde bucal, análises clínicas, enfermagem, administração, eventos e o pró-funcionário. Interessados na qualificação oferecida pelo Cepef podem acompanhar o período de inscrições pelo site http://www.cepef.ms.gov.br/ ou solicitar informações pelo telefone: (67) 3357-9000.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/01/2018 - 08h56
Concurso: semana começa com 257 vagas em MS e salários de até R$ 23 mil
21/01/2018 - 07h05
Com mais de 3 mil formados, centro profissionalizante do governo abre portas para o mercado de trabalho
09/01/2018 - 06h50
Começam hoje inscrições de concurso para promotor com salário de R$ 23,5 mil
08/01/2018 - 07h49
Órgãos públicos abrem inscrições para concursos com salários de até R$ 23 mil
02/01/2018 - 08h06
Primeira semana do ano tem 320 vagas em concursos e salários de até R$ 19 mil
 
Últimas notícias do site
16/02/2018 - 06h53
AGENDONA: Fim de semana de enterro dos ossos, música, teatro, oficinas e mais
16/02/2018 - 06h13
Inmet prevê sol entre nuvens e chuva para sexta-feira em todo o MS
15/02/2018 - 16h16
A Falta de Educação
15/02/2018 - 16h10
Grupo busca voluntários para retirar toneladas de lixo do Rio Aquidauana
15/02/2018 - 06h10
Inmet aponta que mau tempo continua e MS terá dia com chuvas à tarde
 

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.