especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cultura - 23/11/2017 - 14h46

Corumbá comemora neste dia 23 o Dia Municipal da Cultura




Renê Marcio Carneiro

O Dia Municipal da Cultura é comemorado em Corumbá neste dia 23 de novembro. A data foi instituída em 2012, pela Lei Municipal nº 2.291, criada e agregada ao calendário oficial de eventos como homenagem à memória, à luta e aos feitos de Heloísa Helena da Costa Urt. Falecida em 2011, naquela época ocupava função de diretora-presidente da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, dedicando os últimos anos de sua vida para o desenvolvimento da cultura corumbaense. “Queremos parabenizar todos os artistas de Corumbá. A cidade evoluiu muito na cultura em todos os aspectos. O município tem essa tradição de ser o berço da cultura sul-mato-grossense, tanto é que os eventos culturais realizados aqui atraem número significativo de turistas, fazendo com que nossa cultura seja cada vez mais valorizada”, afirmou Luiz Mário Cambará, diretor-presidente da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico. Conforme ele, o município cresceu muito com o trabalho desenvolvido pela homenageada na data. “A Helô Urt foi um divisor de águas para a cultura corumbaense. Podemos falar de antes e depois da Helô. Ela popularizou e levou a cultura aonde não chegava, fez a verdadeira inclusão cultural”, completou. Marlene Mourão, artista plástica e escritora, mais conhecida como “Peninha”, acredita na importância do Dia Municipal da Cultura e de se homenagear a maior articuladora da cultura local que Corumbá já teve. “Achei maravilhosa a iniciativa do então prefeito Ruiter que em 2012 instituiu essa data em homenagem a Heloísa Urt, dada a importância dela para a cultura de Corumbá. Ela impulsionou a cultura local, o Carnaval, o São João, as artes plásticas, tudo. Houve uma explosão cultural na época da Helô, tudo o que ela fazia era movido à paixão, por isso as coisas davam certo, tendo ou não dinheiro. Agradeço como artista pela existência dessa data”, afirmou Peninha. De todo o rol cultural da cidade, a artista destaca a riqueza literária, o artesanato, as artes plásticas e as grandes festas culturais: o Carnaval e o Arraial do Banho de São João. Para ela, a juventude pode se espelhar em muitos artistas locais para perpetuar a cultura corumbaense e as crianças devem ser vistas como potenciais agentes da cultura local. “As crianças são a salvação do planeta e da nossa cultura, temos que ter fé nelas”, disse Peninha. Aproveitando o dia especial, a artista plástica lança, na noite de hoje, o livro “Um Altar para as Valorosas Sandálias de Frei Mariano de Bagnaia”, durante o Café Literário do Sesc, sendo esta a quarta obra literária da artista. O evento é aberto ao público e começa às 19h30. O livro pode ser adquirido no lançamento ao preço de R$ 15,00.
Por Prefeitura Municipal de Corumbá, MS / Redação Pantanal News

O Dia Municipal da Cultura é comemorado em Corumbá neste dia 23 de novembro. A data foi instituída em 2012, pela Lei Municipal nº 2.291, criada e agregada ao calendário oficial de eventos como homenagem à memória, à luta e aos feitos de Heloísa Helena da Costa Urt. Falecida em 2011, naquela época ocupava função de diretora-presidente da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, dedicando os últimos anos de sua vida para o desenvolvimento da cultura corumbaense.

“Queremos parabenizar todos os artistas de Corumbá. A cidade evoluiu muito na cultura em todos os aspectos. O município tem essa tradição de ser o berço da cultura sul-mato-grossense, tanto é que os eventos culturais realizados aqui atraem número significativo de turistas, fazendo com que nossa cultura seja cada vez mais valorizada”, afirmou Luiz Mário Cambará, diretor-presidente da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico. Conforme ele, o município cresceu muito com o trabalho desenvolvido pela homenageada na data. “A Helô Urt foi um divisor de águas para a cultura corumbaense. Podemos falar de antes e depois da Helô. Ela popularizou e levou a cultura aonde não chegava, fez a verdadeira inclusão cultural”, completou.

Marlene Mourão, artista plástica e escritora, mais conhecida como “Peninha”, acredita na importância do Dia Municipal da Cultura e de se homenagear a maior articuladora da cultura local que Corumbá já teve. “Achei maravilhosa a iniciativa do então prefeito Ruiter que em 2012 instituiu essa data em homenagem a Heloísa Urt, dada a importância dela para a cultura de Corumbá. Ela impulsionou a cultura local, o Carnaval, o São João, as artes plásticas, tudo. Houve uma explosão cultural na época da Helô, tudo o que ela fazia era movido à paixão, por isso as coisas davam certo, tendo ou não dinheiro. Agradeço como artista pela existência dessa data”, afirmou Peninha.

De todo o rol cultural da cidade, a artista destaca a riqueza literária, o artesanato, as artes plásticas e as grandes festas culturais: o Carnaval e o Arraial do Banho de São João. Para ela, a juventude pode se espelhar em muitos artistas locais para perpetuar a cultura corumbaense e as crianças devem ser vistas como potenciais agentes da cultura local. “As crianças são a salvação do planeta e da nossa cultura, temos que ter fé nelas”, disse Peninha.

Aproveitando o dia especial, a artista plástica lança, na noite de hoje, o livro “Um Altar para as Valorosas Sandálias de Frei Mariano de Bagnaia”, durante o Café Literário do Sesc, sendo esta a quarta obra literária da artista. O evento é aberto ao público e começa às 19h30. O livro pode ser adquirido no lançamento ao preço de R$ 15,00.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
19/01/2018 - 15h00
Agenda Cultural: fim de semana está repleto de opções com samba, rock, pop e funk
12/01/2018 - 08h33
Agendona: Começam os gritos de Carnaval dos blocos, e também Festa de São Sebastião
05/01/2018 - 15h13
Sábado tem roda de samba no Porto Geral
05/01/2018 - 14h07
Primeiro fim de semana de 2018 está cheio de opções de diversão
29/12/2017 - 08h14
No último fim de semana do ano, programação cultural é alternativa e agitada
 
Últimas notícias do site
22/01/2018 - 13h13
PMA multa fazendeiro em R$ 16,8 mil por desmatamentos durante a operação Cervo-do-Pantanal
22/01/2018 - 10h32
Em feira de adoção, 61 cães e 37 gastos ganham família e novo lar
22/01/2018 - 10h12
Corumbá já tem Corte de Momo para comandar Carnaval 2018
22/01/2018 - 09h35
Esta receita de arroz carreteiro é cremosa e vai fazer sucesso no seu churrasco
22/01/2018 - 09h01
Luto: Faleceu em Corumbá o advogado Adelmo Salvino de Lima
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.