CARNAVAL CORUMBÁ 2018
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Saúde - 20/11/2017 - 12h50

Laudo descarta que macaco achado morto na Capital teve febre amarela




Por Anahi Zurutuza do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Em Campo Grande, outras duas mortes de macacos foram investigadas neste ano, mas a doença foi descartada como causa

Macacos-prego na região da Vila Santo Eugênio, no sudeste da Capital (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Macacos-prego na região da Vila Santo Eugênio, no sudeste da Capital (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

 

O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) de Campo Grande sobre a morte de um macaco na área rural da Capital concluiu que o animal não foi vítima da febre amarela. Segundo relatório, a causa a morte foi causada por infecções em ferimentos.

O laudo diz ainda que o “animal foi encontrado com diversos ferimentos e com larvas de insetos nestas lesões, o que indica que ela apresentava as feridas enquanto estava vivo”.

Moradores da região onde o animal foi achado foram entrevistados e constatou-se que se tratava do primeiro caso. Foi descartada a possibilidade da morte ter sido causada pela febre amarela e a investigação foi encerrada.

Investigação – A apuração começou no dia 8 de novembro quando o corpo do macaco, encontrado morto por volta das 7h em propriedade rural próxima a estrada da Gameleira, foi entregue no fim do dia ao CCZ.

 

Em Campo Grande, outras duas mortes de macacos foram investigadas neste ano, mas a febre amarela foi descartada como causa.

 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
03/01/2018 - 15h03
MS teve no ano passado menor registro de dengue em 8 anos
02/01/2018 - 15h31
Planos de saúde já estão obrigados a cobrir 18 novos procedimentos
20/11/2017 - 12h50
Laudo descarta que macaco achado morto na Capital teve febre amarela
13/11/2017 - 11h30
Lei: deputado Dr. Paulo Siufi cria “Agosto Verde” para prevenir depressão e outros males
08/11/2017 - 16h10
Sesau investiga morte de macaco, animal hospedeiro da febre amarela
 
Últimas notícias do site
16/01/2018 - 08h40
Rebanho de MS cresceu para 21.8 milhões de cabeças de gado em 2017, diz Iagro
16/01/2018 - 08h34
Prefeitura de Corumbá implanta ponto eletrônico
16/01/2018 - 07h38
Confira as manchetes desta terça-feira dos principais jornais do país
16/01/2018 - 06h35
Terça-feira será de pancadas isoladas de chuva e temperaturas de até 33°C
15/01/2018 - 15h28
Inmet emite alerta de perigo potencial em algumas cidades de MS
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.