zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 03/11/2017 - 15h47

Outubro fecha abaixo da média em queimadas, mas 2017 já bate recorde




Por Ricardo Campos Jr. do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Incêndio em vegetação em Mato Grosso do Sul (Foto: Diário Corumbaense)Incêndio em vegetação em Mato Grosso do Sul (Foto: Diário Corumbaense)

Fora do período crítico, outubro fechou com registros de queimadas abaixo da média em Mato Grosso do Sul. Contudo, o índice contribuiu para elevar o acumulado de 2017, que bateu o recorde de incêndios em vegetação dos últimos quatro anos segundo dados divulgados pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

O levantamento mostra que o décimo mês teve 685 ocorrências no decorrer de seus 31 dias, quando ano passado haviam sido 1.201 no mesmo período. A título de comparação, setembro, considerado o ápice da zona de alerta para os incêndios florestais, teve quatro vezes mais focos, totalizando 2.894, maior valor dos últimos dez anos.

Contudo, somando os dados desde janeiro, tem-se que o estado contabilizou 7.212 queimadas, perdendo apenas para 2012.

Mato Grosso do Sul caiu para 11º lugar no ranking nacional de queimadas por estado, atrás do Pará (50.836), Mato Grosso (42.929), Maranhão (28.639), Tocantins (21.950), Amazonas (14.254), Rondônia (13.720), Minas Gerais (11.413), Piauí (9.043), Goiás (8.600) e Bahia (8.099).

Corumbá, localizado a 419 quilômetros de Campo Grande em terras pantaneiras, concentra mais da metade dos incêndios em mata registrados em Mato Grosso do Sul. Segundo o Inpe, o município teve 4.042 mil ocorrências entre os dias 1° de janeiro e 31 de outubro.

A Cidade Branca é a quarta no Brasil com maior quantidade de queimadas, perdendo apenas para Porto Velho (4.184), Altamira (6.407) e São Félix do Xingu (10.178), estas duas últimas localizadas no estado do Pará. 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
16/11/2017 - 13h00
PMA, entidades, prefeituras e comunidade realizam limpeza do rio Amambai
13/11/2017 - 11h23
PMA autua fazendeiro por armazenamento ilegal de embalagens de agrotóxicos
10/11/2017 - 15h20
PMA recolhe filhote de cervo-do-pantanal em fazenda
08/11/2017 - 12h42
Fruta típica do Cerrado, guavira agora é símbolo de Mato Grosso do Sul
07/11/2017 - 16h36
PMA e Bombeiros resgatam arara presa em linha de pipa
 
Últimas notícias do site
22/11/2017 - 11h35
PMA autua fazendeiro por erosão e assoreamento de córrego
22/11/2017 - 09h39
Projetos do IFMS conquistam principais prêmios de feira científica estadual
22/11/2017 - 09h23
Projeto Florestinha completa 25 anos formando cidadãos responsáveis
22/11/2017 - 07h26
Acumulada, Mega-Sena pode pagar R$ 50 milhões nesta quarta-feira
22/11/2017 - 06h13
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.