especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 27/10/2017 - 10h53

Duas semanas antes da Piracema, rios cheios afastam pescadores




Por Renata Volpe Haddad do Campo Grande News / Redação Pantanal News

 Chuvas sujam os rios e enchem, afastando os pescadores. (Foto: PMA)

Chuvas "sujam" os rios e enchem, afastando os pescadores. (Foto: PMA)

A Piracema nos rios de Mato Grosso do Sul começa oficialmente no dia 5 de novembro e duas semanas antes, imagina-se que os pesqueiros estejam lotados. Porém, os rios cheios e sujos, por conta das chuvas, acabam afastando os pescadores.

Em Corumbá, distante 419 km de Campo Grande, no Lontra Pantanal Hotel, as chuvas na cabeceira encheram o rio Paraguai e sujou a água. Segundo a auxiliar de administração do hotel, Conceição Louveira Amarília, por conta da cheia, não há tanto peixe. "Geralmente, duas semanas antes de começar a piracema, ficamos lotados, mas esse ano está diferente", afirma.

O hotel trabalha com reservas. "Para este fim de semana não temos quase nada de reserva e para o próximo, que antecede a piracema, temos duas, apenas. Os clientes ligam antes querendo saber como está o rio".

A situação de rio cheio e poucos clientes também está no Pesqueiro e Pousada 110, em Aquidauana, distante 135 km da Capital. De acordo com a cozinheira do local, Daiana de Almeida Castro, o movimento caiu porque o rio encheu. "Antes da piracema, a gente tem muito movimento, só que para este fim de semana está bem tranquilo. Os clientes acham que não compensa pescar com rio cheio", explica.

Já no rio Miranda, o dono do pesqueiro Rancho Dourado, Luís Carlos Cardoso, reclama da crise financeira e não do rio cheio. "Olha, era para estar lotado esse fim de semana. Esperava bastante gente, mas acho que só pode ser a crise afastando os clientes. Antigamente não tinha vaga para ninguém nessa época, hoje estamos vazios".

Há 20 anos com o pesqueiro, Luís considera 2017 como um dos piores. "Mesmo com o rio cheio, as pessoas vinham para passear, descansar, curtir o dia. Mas não é o que está acontecendo", desabafa.

Piracema começa no dia 5 de novembro. (Foto: PMA)Piracema começa no dia 5 de novembro. (Foto: PMA)

Piracema - De 5 de novembro até 28 de fevereiro de 2018, as pescas nos rios estão proibidas. O tenente-coronel da PMA (Polícia Militar Ambiental), Edmilson Queiroz, explica que na operação pré-piracema, foram autuadas 44 pessoas, sendo 17 por crime e 27 por falta de licença de pesca. "A gente sempre antecipa a operação porque tem muita gente que aproveita essa época, de rio cheio, para pescar".

O coronel diz ainda que com os rios cheios, os cardumes se juntam. "Nessa época de chuvas é o que os peixes se reproduzem, eles aproveitam o rio cheio e é quando os pescadores jogam redes para pegar os cardumes. Por isso temos o período defeso", explica.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
11/01/2018 - 08h00
PMA captura lagarto dentro de banheiro de escola
03/01/2018 - 07h44
MS quebra recordes de queimadas e fecha 2017 com 7.446 focos
19/12/2017 - 08h01
PMA autua pecuarista por desmatamento ilegal
18/12/2017 - 13h38
PMA autua assentado por construir drenos em área de nascentes
15/12/2017 - 16h02
Veado e tatu são resgatados e devolvidos a natureza
 
Últimas notícias do site
19/01/2018 - 15h00
Agenda Cultural: fim de semana está repleto de opções com samba, rock, pop e funk
19/01/2018 - 13h00
Inmet alerta para chuvas intensas e ventos de até 100 km por hora em MS
19/01/2018 - 08h32
Fazendeiro é autuado em R$ 159 mil por desmatamento ilegal
19/01/2018 - 07h35
Carnaval de Corumbá terá Axé Blond, Revelação e baterias da Mangueira e Gaviões da Fiel
19/01/2018 - 07h10
Carnaval de Corumbá: atrações tem até hoje para realizar cadastro
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.