zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Olimpíadas 2008 - 10/08/2008 - 07h50

Judoca João Derly reconhece falta de agressividade




Por COB (Comitê Olímpico Brasileiro)

No segundo dia de competição do judô nos Jogos Olímpicos Pequim 2008, o meio-leve João Derly não rendeu o esperado em sua primeira participação nos Jogos: "Ainda não assimilei direito a derrota, estou com um nó aqui no peito. Estava sonhando com uma medalha, e sair na segunda rodada é um pouco frustrante para mim", disse o bicampeão mundial, momentos após a desclassificação.

João Derly começou o dia vencendo o sul-coreano Joojin Kim por dois kokas. Diante do português Pedro Dias, contudo, acabou derrotado por wazari. Se o o adversário vencesse a luta seguinte, João ainda teria chances de brigar pelo bronze na repescagem, mas o português caiu ante o norte-coreano Chol Min Pak.

Derly admite ter faltado um pouco mais de agressividade contra o português: "A lição que ficou é que preciso me impor no jogo. Eu estava um pouco acuado, não sei por quê. Isso acabou me prejudicando", avalia.

Embora Pedro Dias tivesse a iniciativa, a luta seguiu equilibrada até 30 segundos do fim: "Naquele momento, eu estava no chão e percebi que seria difícil evitar o wazari. Depois, ainda tentei responder, mas ele ficou fugindo. Aí, bateu um pouco de desespero", avaliou.

O judoca lembrou o longo percurso até Pequim: "Tanta coisa que a gente faz, tanta dedicação, tem vezes que a gente chora sozinho. Tem dia que se treina cheio de dor muscular, são barreiras que você vai passando. Treinei muito duro lá no Brasil", lembrou o gaúcho. Logo em seguida emendou: "Se Deus quiser, estarei em Londres 2012. Não vou desistir de lutar por uma medalha olímpica", finalizou.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
07/12/2009 - 08h37
Motociclista morre ao bater em traseira de carreta na Guaicurus
25/08/2008 - 06h57
Lula considera 'razoável' participação brasileira nos Jogos Olímpicos
24/08/2008 - 09h30
Chama se apaga em festa com Beckham e Jimmy Page
24/08/2008 - 08h20
Maurren Maggi é a porta-bandeira do Time Brasil na cerimônia de encerramento
24/08/2008 - 06h05
COB constata evolução do esporte brasileiro e registra conquistas inéditas em Pequim
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 09h09
PMA prende jovem com rifles e munições ilegais
20/10/2017 - 08h07
PMA autua fazendeiro por degradação de matas ciliares
20/10/2017 - 06h23
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
19/10/2017 - 15h13
Em 2016, caiu o percentual de pessoas que trabalhavam em empreendimentos de grande porte
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.