especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Educação - 23/09/2017 - 14h16

Uems conquista elevação da nota da Capes para o Mestrado Profeduc




Chico Ribeiro

Coordenadora do Profeduc, Celi Corrêa Neres.
Por Portal do Governo de Mato Grosso do Sul / Redação Pantanal News

Campo Grande (MS) – A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou a Avaliação Quadrienal de 2017 com as notas dos cursos de Pós-Graduação de todo Brasil. O programa de Mestrado Profissional em Educação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems) de Campo Grande elevou seu conceito de 3 para 4.

O novo conceito foi comemorado pelo grupo de docentes, discentes e técnicos da Uems. “Essa nota reflete o trabalho árduo do corpo docente e técnico e o empenho dos discentes que se esforçam para produzir suas pesquisas”, afirmou a coordenadora do programa, professora doutora Celi Corrêa Neres.

Pelos critérios de avaliação da Capes, as notas sobem gradativamente conforme a avaliação contínua baseada em informações cadastradas por meio da Plataforma Sucupira. Segundo a professora e coordenadora do Profeduc, Celi Corrêa Neres, o grande diferencial desse programa é o fato dele ser voltado para profissionais da educação básica, único oferecido em todo o Centro-Oeste. “Tradicionalmente os programas de mestrado atendem a formação acadêmica, formando pesquisadores. O Profeduc  pretende impactar diretamente na educação básica, com a formação dos professores de educação básica”, explica.

Apoio da Uems

O programa de Mestrado Profissional em Educação – Profeduc não possui financiamento federal por parte da Capes. Todo o investimento no programa é feito pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.

Segundo Celi Neres o Profeduc não pode participar de editais das agências de fomento e nem de bolsas da Capes. “A Uems não só permitiu a abertura desse mestrado, como tem apoiado financeiramente sozinha. Neste último ano, por meio de editais da Fundect [Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de MS] que repassou verba aos cursos de pós-graduação, conseguimos apoio. Essa é uma ação inédita em âmbito nacional: uma universidade apoiar sozinha um programa de mestrado”, conta.

Curso de Doutorado

A pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da Uems, professora doutora Luciana Ferreira da Silva, parabenizou o trabalho da comunidade acadêmica enaltecendo o esforço e comprometimento dos professores, alunos e técnicos. A pró-reitora ainda acrescentou que a Uems vai continuar apoiando o Profeduc. “Depois de nove anos do estabelecimento do primeiro programa de scrito sensu, a Uems começa a se consolidar e vislumbrar a abertura de novos doutorados. A PROPP vai apoiar os programas que estão nesse caminho”, afirmou Luciana Ferreira.

O conceito 4 para o Profeduc permite a verticalização com a abertura de um programa de Doutorado em Educação. “Nossa proposta é abrir um Doutorado, estamos aguardando uma resposta da Capes. Pretendemos continuar com esse perfil, ampliar e qualificar cada vez mais os professores da Educação Básica. Acreditamos que a academia tem uma dívida com os professores que atuam na Educação Básica. Em outros países, professores da educação básica são estimulados a fazer formação stricto sensu. Em muitos países não há distinção entre o professor que dá aula no Ensino Superior e o professor da Educação Básica, em termos de salário e carreira. Temos que perseguir esse objetivo”, afirma Celi Neres.

Processo Seletivo aberto

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo para aluno regular do Mestrado Profissional em Educação (Profeduc), da Uems de Campo Grande. São ofertadas 25 vagas, sendo 40% delas destinadas aos professores da Educação Básica da Rede de Ensino do Estado de Mato Grosso do Sul. A área de concentração é “formação de educadores” e poderão participar do processo seletivo candidatos portadores de diploma de cursos de Licenciatura, de qualquer área de conhecimento.

As inscrições podem ser feitas até dia 17 de outubro, na página da Uems, no link do Mestrado Profissional em Educação de Campo Grande.

Emmanuelly Castro – Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems)

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
15/01/2018 - 08h30
Rose sanciona lei que prevê punições em casos de indisciplina nas escolas
18/12/2017 - 12h41
Projeto Florestinha conclui trabalho de Educação Ambiental para alunos em 102 escolas de 16 municípios
27/10/2017 - 14h32
Projeto Florestinha realiza Educação Ambiental para alunos de Corumbá
27/10/2017 - 10h48
IFMS ofertará seis novos cursos de graduação em 2018
20/10/2017 - 09h30
Enem 2017: locais de prova já estão disponíveis no cartão de confirmação
 
Últimas notícias do site
22/02/2018 - 14h02
Marinha divulga edital do concurso para Fuzileiro Naval
22/02/2018 - 10h15
De cão a periquito: animais salvos da cheia dão cara de lar a abrigo
22/02/2018 - 08h50
Prefeitura de Aquidauana arrecada doações para ajudar atingidos por cheia
22/02/2018 - 08h27
Sem chuva, rio baixa 3 metros e tráfego começa a ser liberado em pontes
22/02/2018 - 06h51
Reinaldo se reúne com prefeitos de cidades afetadas por chuvas e cheias
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.