TRANSPARENCIA GOV DEZ
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 20/09/2017 - 08h14

Moinho Cultural entra em campanha internacional para manter projeto social




Fotos: Divulgação




Por Assessoria / Redação Pantanal News

A Campanha “Abrace o Moinho”, lançada em 2015 pelo Instituto Moinho Cultural Sul-Americano, inspirou um movimento maior encabeçado pelo Brasil Foundation, organização pioneira na filantropia brasileira que atua como uma ponte entre doadores e organizações sociais.

Em parceria com 40 instituições do país, a campanha “Abrace o Brasil” busca mobilizar uma rede internacional de apoiadores, arrecadar recursos e incentivar a cultura de doação. Como instituição inspiradora, o Moinho Cultural está na lista das participantes e tem a meta de arrecadar o valor de 20 mil reais até o dia 28 de novembro.

 

“Financeiramente, apesar de nossos parceiros e apoiadores, ainda não fechamos nosso ano de 2017. A campanha é internacional, mas sabemos que se Corumbá e Ladário abraçarem a gente conseguiremos bater a meta. Há instituições em grandes centros que apenas em poucos dias já atingiram, outras superaram a meta e aqui precisamos do apoio de todos”, afirmou Márcia Rolon, diretora executiva do Moinho Cultural Sul-Americano ao lembrar que as doações são feitas exclusivamente por meio de cartão de crédito, podendo englobar pessoas físicas ou jurídicas.

“Estamos em busca de embaixadores, que são as pessoas que contribuem com valores a partir de 100 reais, podendo chegar até a cota de 5 mil. Além da doação, a gente também pede que as pessoas façam vídeos e postem nas redes sociais mostrando que estão aderindo à campanha, que estão doando, isso tudo conta para nosso sucesso dentro da campanha da Brasil Foundation”, explicou Márcia.

 

Atualmente, o projeto atende 290 crianças e adolescentes de 6 a 18 anos, em situação de vulnerabilidade socioeconômica e a seus familiares dos municípios de Corumbá e Ladário, além  das cidades bolivianas de Puerto Suárez e Puerto Quijarro. A Instituição utiliza a dança, a música e a tecnologia como instrumentos para a construção e exercício da cidadania. Ela ainda oferece atendimento social, acompanhamento escolar e aulas de idiomas.

A doação para o Moinho Cultural pode ser feita, preferencialmente, pela página do Instituto no Facebook (www.facebook.com/IMCultural), onde as curtidas são contabilizadas como ponto positivo dentro da campanha. Agora, se o doador não usa a rede social pode acessar diretamente a página da Brasil Foundation pelo endereço www.abraceobrasil.org/pt-br/projetos/moinhocultural.

 

Até hoje, 20 mil participantes já foram impactados pelo Moinho Cultural Sul-Americano de forma direta. Indiretamente, 57 mil pessoas já foram atendidas por suas ações. Conta com o patrocínio máster da Vale, patrocínio da Cielo, da BrazilFoundation, parceria da J. Macedo, Sesc e tem como parceiros institucionais a Prefeitura de Corumbá, a Prefeitura de Ladário e a Prefeitura de Puerto Suarez (Bolívia).

Em 17 anos de atuação, a Brazil Foundation arrecadou mais de US$ 40 milhões que foram investidos em mais de 500 organizações sociais de todo o país nas áreas de Educação, Saúde, Cultura, Desenvolvimento Socioeconômico e Direitos Humanos.

Apesar de ter a oitava maior economia do mundo, o Brasil ocupa a 68ª posição no ranking mundial de doações, de acordo com o World Giving Index. Os números deixam claro que a filantropia tem muito potencial para se desenvolver e pode ser uma ferramenta poderosa para a construção de um país melhor.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
05/12/2017 - 11h16
Prefeito discute corredor bioceânico e gás natural com Evo Morales
04/12/2017 - 15h51
Em Brasília, prefeito busca recursos para saúde e infraestrura
01/12/2017 - 12h48
Projeto Florestinha realiza Educação Ambiental para alunos em Corumbá
30/11/2017 - 08h12
Reinaldo recebe ministro das Cidades para entrega de 327 casas no interior
29/11/2017 - 07h05
Com chilenos, Prefeitura defende Rota Bioceânica passando por Corumbá
 
Últimas notícias do site
15/12/2017 - 16h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 39 milhões neste sábado
15/12/2017 - 16h02
Veado e tatu são resgatados e devolvidos a natureza
15/12/2017 - 12h35
Comandante e Subcomandante da PMA de Corumbá são homenageados
15/12/2017 - 12h01
PMA autua proprietário rural por armazenamento ilegal de embalagens de agrotóxicos
15/12/2017 - 10h56
Fazendeiro é autuado por armazenamento ilegal de madeira
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.