zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 08/09/2017 - 07h45

Em uma semana, setembro já é o 3º mês com mais queimadas no ano




Por Ricardo Campos Jr. do Campo Grande News / Redação Pantanal News

 No acumulado do ano, o estado já teve 34% mais queimadas que o registrado entre os dias 1° de janeiro e 7 de setembro de 2016 (Foto: Diário Corumbaense)

No acumulado do ano, o estado já teve 34% mais queimadas que o registrado entre os dias 1° de janeiro e 7 de setembro de 2016 (Foto: Diário Corumbaense)

Na primeira semana de setembro, Mato Grosso do Sul teve 536 queimadas contabilizadas pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). O mês já é o terceiro com maior quantidade de incêndios em vegetação do ano, perdendo apenas para seus antecessores agosto (1.488) e julho (1.050).

O período marcado pelo fim do inverno e início da primavera é considerado crítico para esse tipo de incidente, tanto que a média histórica é de 1.573 focos.

No acumulado do ano, o estado já teve 34% mais queimadas que o registrado entre os dias 1° de janeiro e 7 de setembro de 2016, com 4.079 incidentes. O estado caiu para o oitavo lugar no ranking nacional de focos de incêndio em vegetação, atrás de Minas Gerais (4.623), Rondônia (7.584), Maranhão (9.849), Tocantins (9.938), Amazonas (9.968), Mato Grosso (19.295) e Pará (24.239).

Corumbá, localizado a 419 quilômetros de Campo Grande em terras pantaneiras, concentra mais da metade dos incêndios em mata registrados em Mato Grosso do Sul. Segundo o Inpe, o município teve 2,2 mil ocorrências entre os dias 1° de janeiro e 7 de setembro.

A Cidade Branca é a quarta no Brasil com maior quantidade de queimadas, perdendo apenas para Porto Velho (2.836), Altamira (3.829) e São Félix do Xingu (5.482), estas duas últimas localizadas no estado do Pará.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
19/10/2017 - 13h30
Projeto Florestinha planta mudas nativas para recuperação de área
19/10/2017 - 08h00
PMA captura lagarto em quintal de residência
18/10/2017 - 08h13
Calor e vento propagam incêndio que já destruiu 30 mil hectares de parque
16/10/2017 - 18h59
Incêndio consome parque estadual há 4 dias em MS
 
Últimas notícias do site
19/10/2017 - 15h13
Em 2016, caiu o percentual de pessoas que trabalhavam em empreendimentos de grande porte
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
19/10/2017 - 13h30
Projeto Florestinha planta mudas nativas para recuperação de área
19/10/2017 - 11h21
PM e população de Aquidauana se aproximam por uma cidade tranquila
19/10/2017 - 10h58
PMA captura anta que transitava por ruas em bairro
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.