especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Política - 22/08/2017 - 07h00

Morre Pedro Pedrossian, ex-governador de Mato Grosso do Sul

Pedrossian morreu em casa, na madrugada desta terça-feira (22), em Campo Grande.




Reprodução / TV Morena

Ex-governador de MS, Pedro Pedrossian, morreu na terça-feira (22)
Por G1 MS / Redação Pantanal News

 O ex-governador de Mato Grosso do Sul, Pedro Pedrossian, de 89 anos, morreu na madrugada desta terça-feira (22), em Campo Grande. Ele era engenheiro civil e nasceu no dia 13 de agosto de 1928, em Miranda. "Meu pai é um homem absolutamente realizado", resume o empresário Pedro Pedrossian Filho.

A informação foi confirmada por familiares. Ele morreu em casa por volta das 3h30 (de MS), estava debilitado. A causa da morte não foi informada.

O velório de Pedro Pedrossian será realizado no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, no Parque dos Poderes, na capital sul-mato-grossense. A família ainda não sabe o horário que o velório irá começar.

 

Família

 

Em entrevista à TV Morena no início da manhã, o filho do ex-governador, Pedrossian Filho, explicou que depois que o pai quebrou a perna, passou a ter dificuldades para andar, a ter problemas no coração e perda de visão.

O empresário resume o pai. "Pedro Pedrossian não foi só um governador. Foi um ser humano. E como ser um humano, recebeu irrestrito amor da família, enorme carinho dos amigos e como se tudo isso não bastasse, recebeu reconhecimento do seu povo".

 

Política

 

Já engenheiro, Pedro Pedrossian trabalhou na Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, em Três Lagoas. Em outubro de 1965 foi eleito governador do então estado de Mato Grosso, antes da divisão.

Em novembro de 1980, foi o terceiro governador nomeado para Mato Grosso do Sul, por ato do então presidente da República João Figueiredo. Para assumir o governo, renunciou ao mandato de senador.

Anos depois, Pedro Pedrossian foi eleito e governou o estado entre 1991 e 1994. Ele deixa Maria Aparecida Pedrossian, com quem era casado, filhos e netos.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
23/01/2018 - 09h40
Perguntas e respostas sobre o julgamento do recurso de Lula no TRF-4
16/01/2018 - 14h30
Obra de qualidade é uma das marcas do Governo, diz Rose depois de visitar Corumbá
22/12/2017 - 11h05
Acabou a dúvida: Puccinelli se anuncia como candidato ao governo do Estado
13/12/2017 - 07h58
Azambuja se reúne com empresa e dá posse ao novo secretário de Saúde
12/12/2017 - 08h16
Governador participa de reunião do Codesul em Porto Alegre
 
Últimas notícias do site
19/02/2018 - 06h49
Semana começa com garoa e previsão é de tempo instável em MS
16/02/2018 - 06h53
AGENDONA: Fim de semana de enterro dos ossos, música, teatro, oficinas e mais
16/02/2018 - 06h13
Inmet prevê sol entre nuvens e chuva para sexta-feira em todo o MS
15/02/2018 - 16h16
A Falta de Educação
15/02/2018 - 16h10
Grupo busca voluntários para retirar toneladas de lixo do Rio Aquidauana
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.