zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 09/08/2017 - 07h53

Em apenas uma semana, agosto já é o 2° mês com mais focos de calor




Por Ricardo Campos Jr. do Campo Grande News / Redação Pantanal News

 Focos de calor são locais onde a temperatura passa dos 47°C, aumentando o risco de incêndios na vegetação. As informações do Inpe auxiliam o Corpo de Bombeiros em ações preventivas (Foto: Diário Corumbaense)

Focos de calor são locais onde a temperatura passa dos 47°C, aumentando o risco de incêndios na vegetação. As informações do Inpe auxiliam o Corpo de Bombeiros em ações preventivas (Foto: Diário Corumbaense)

Apenas uma semana foi suficiente para fazer de agosto o segundo mês com maior quantidade de focos de calor registrados pelo Inpe (Instituto Nacional de Meteorologia) em 2017, em Mato Grosso do Sul. Segundo o órgão, entre os dias 1° e 8 foram identificadas 363 zonas críticas, valor que perde apenas para julho, que teve 1.050.

São considerados focos de calor os locais onde a temperatura passa dos 47°C, aumentando o risco de incêndios na vegetação. As informações do Inpe auxiliam o Corpo de Bombeiros em ações preventivas caso os focos de calor se transformam em incêndios florestais.

Conforme o Inpe, até então janeiro era o segundo mês com maior índice de áreas críticas, com 355 registradas durante todos seus 31 dias.

Embora tenha ocupado lugar de destaque no ranking local neste ano, com chances de bater até mesmo os dados da julho, levando em conta que a média histórica de agosto é de 1.581 focos, ainda está distante dos 4.487 registrados em 2005, o maior do período.

No acumulado de 2017, Mato Grosso do Sul teve 2.418 focos de calor, o maior valor dos últimos cinco anos se comparados os períodos entre 1°de janeiro e 8 de agosto. Esse índice coloca o estado em sétimo lugar no ranking brasileiro, perdendo apenas para Rondônia, Amazonas, Maranhão, Tocantins, Mato Grosso e o Pará, campeão com 8.964 zonas críticas.

Corumbá concentra maior parte dos focos de calor registrados no estado em 2017. Segundo o Inpe, a Cidade Branca teve 1.308 pontos de janeiro a 8 de agosto, atrás apenas de Altamira (PA), com 1.412; e São Félix do Xingu, com 1.632.

A região de Pantanal conta com uma brigada do Prevfogo do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) com 21 pessoas e equipamentos, como bombas costais e abafadores.

 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
23/10/2017 - 07h02
Medidas anunciadas por Temer farão ressurgir o rio Taquari, diz Ruiter
23/10/2017 - 06h52
Ruiter participa de Encontro Carta Caiman com presidente Michel Temer
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
19/10/2017 - 13h30
Projeto Florestinha planta mudas nativas para recuperação de área
19/10/2017 - 08h00
PMA captura lagarto em quintal de residência
 
Últimas notícias do site
23/10/2017 - 09h54
Prefeito de Corumbá representa o Brasil em seminário internacional do FONPLATA sobre hidrovia
23/10/2017 - 08h55
Semana em MS começa com 169 vagas em concursos públicos
23/10/2017 - 07h41
PMA e parceiros realizam Educação Ambiental para alunos em escolas ribeirinhas e indígenas
23/10/2017 - 07h40
Em oito dias, Mato Grosso do Sul registra queda de 55 mil raios
23/10/2017 - 07h02
Medidas anunciadas por Temer farão ressurgir o rio Taquari, diz Ruiter
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.