zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Forças Armadas - 04/08/2017 - 12h19

Brasil Central defende atuação das Forças Armadas nas fronteiras do país




Por Priscilla Peres, Lucas Junot e Mayara Bueno do Campo Grande News / Redação Pantanal News

 Governadores estão reunidos nesta manhã. (Foto: Marcos Ermínio)

Governadores estão reunidos nesta manhã. (Foto: Marcos Ermínio)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou hoje que o consórcio Brasil Central vai pleitear uma presença forte das Forças Armadas nas fronteiras do país. Durante o Fórum que acontece em Campo Grande, os representantes do estados aproveitaram para discutir segurança.

Segundo ele, a ideia é unificar os núcleos de inteligência das policiais estaduais, já com tratativas em andamento no centro-Oeste, para diminuir o impacto do contrabando de armas e drogas no país.

"Somos porta de entrada, mas esses contrabandos e descaminhos refletem num país como um todo, inclusive nos grandes centros como São Paulo e Rio de Janeiro", disse ele, que já defendeu junto ao presidente Michel Temer (PMDB) a atuação de militares na fronteira.

Vizinhos - O governador do Mato Grosso, Pedro Taques, disse que os secretários de segurança pública dos estados do Brasil Central já estão elaborando ações conjuntas, junto ao Ministério da Justiça para solucionar a segurança na fronteira.

Já Marconi Perillo, governador de Goiás, afirma que apoia integralmente a proposta do governador Reinaldo, tenho defendido mudanças na política nacional de segurança. "Os estados não podem arcar sozinhos com a fronteira", disse completando que mais de 80% dos crimes praticados no território nacional decorrem do tráfico de drogas e armas, que entram principalmente pelas fronteiras.

"Eu defendo que um terço das Forças Armadas de terra, água e mar, sejam deslocadas para a segurança das fronteiras. Se conseguirmos fechar, resolveremos boa parte dos nossos problemas. O Brasil não tem guerra com ninguém, então centenas de homens e mulheres bem preparados que temos nas Forças Armadas precisam ser bem utilizados".

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/11/2017 - 11h53
Ocupantes de submarino argentino estão vivos, acredita Marinha
20/11/2017 - 10h35
Militares de Campo Grande ajudam em buscas a submarino na Argentina
16/11/2017 - 16h40
6º Distrito Naval terá cerimônia alusiva ao Dia da Bandeira
14/11/2017 - 15h29
Marinha abre seleção para contratação voluntários de nível superior
07/11/2017 - 08h00
Marinha comemora 80 anos do Navio Monitor Parnaíba
 
Últimas notícias do site
21/11/2017 - 06h32
Dia amanhece com céu aberto, mas previsão alerta para chuva forte em MS
21/11/2017 - 05h50
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
20/11/2017 - 15h50
Conab divulga preços de frutas e hortaliças no mês de outubro nos Ceasas
20/11/2017 - 12h50
Laudo descarta que macaco achado morto na Capital teve febre amarela
20/11/2017 - 11h53
Ocupantes de submarino argentino estão vivos, acredita Marinha
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.