zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 25/07/2017 - 10h21

SOS Mata Atlântica monitora a qualidade da água dos rios de Mato Grosso do Sul com o auxílio de voluntários




Divulgação

Por Assessoria / Redação Pantanal News

A SOS Mata Atlântica realiza, entre 31 de julho a 4 de agosto a capacitação de cidadãos e organizações interessados em monitorar a qualidade da água dos rios de Bonito (MS). A ação tem o objetivo de envolver a comunidade na proteção de rios, nascentes e córregos, realizando a coleta de amostras e análises mensais. Os resultados são compilados em um banco de dados e ficam disponíveis na internet. Para participar da iniciativa, é necessário fazer o cadastro no link: http://migre.me/vGQaW. O projeto tem patrocínio Coca-Cola Brasil e Ypê.

As equipes de monitoramento analisam elementos presentes na água, como oxigênio, PH e fosfato, por meio de um kit desenvolvido especificamente para o projeto. A iniciativa é aberta à população em geral, que pode participar dos grupos existentes ou formar novas equipes.

No dia 31 de julho, na parte da manhã, será a capacitação geral e definição dos locais onde a população fará a análise mensal da qualidade da água. Na parte da tarde do mesmo dia e nas demais datas, a equipe da SOS Mata Atlântica realizará visitas técnicas com os grupos para a parte prática do projeto.

Malu Ribeiro, especialista em recursos hídricos da Fundação, ressalta a importância da participação da sociedade na iniciativa, que permite intensificar e ampliar o trabalho realizado pela ONG no resgate dos rios, córregos e nascentes do país. “A formação de uma rede de cidadãos para monitorar a qualidade da água dos rios brasileiros é um instrumento de engajamento e mobilização por avanços no saneamento”, comenta Malu. 

A Ypê, parceira da SOS Mata Atlântica há dez anos, reforça a importância da ação para as gerações futuras. A Ypê acredita que um futuro melhor para a sociedade, inclui promover e apoiar iniciativas sustentáveis. Afinal um projeto como esse possibilita ações de conservação, recuperação e gestão participativa da água. 

Para dar ainda mais força ao projeto, a Coca-Cola Brasil também entrou no projeto, somando a Ypê no apoio à expansão do programa pelo Brasil. “Estamos determinados a criar valor em todas as esferas: dentro das nossas fábricas, ao longo da cadeia produtiva e nas comunidades nas quais atuamos, indo além das metas compensatórias e de mitigação de impacto. Com essa parceria temos a oportunidade agora de fortalecer a rede em defesa dos rios limpos e água de qualidade para todos”, diz Pedro Massa, diretor de sustentabilidade e valor compartilhado da Coca-Cola Brasil. 

Serviço
Dia 31/7 – das 9h às 13h
Capacitação dos grupos
Local: SECTUR - Secretaria de Turismo de Bonito -Sala de eventos

End: Rua Coronel Pilád Rebuá, nº: 1780, Centro - Bonito

 De 31/7 a 4/8 
Capacitação in loco e realização da primeira análise com cada grupo (esses locais e horários serão definidos na capacitação do dia 31/7)

Sobre o projeto - O programa surgiu em 1991, com uma campanha que reuniu 1,2 milhão de assinaturas em prol da recuperação do Rio Tietê e originou o primeiro projeto de monitoramento da qualidade da água por voluntários, o “Observando o Tietê”. Para agregar outras bacias hidrográficas, a iniciativa foi ampliada e passou a se chamar “Observando os Rios”. Em nova fase, com o patrocínio da Coca-Cola Brasil e Ypê, o projeto agora tem como objetivo formar 10 grupos de monitoramento da qualidade da água em cada um dos 17 estados da Mata Atlântica. Atualmente, são 241 grupos de monitoramento que analisam a qualidade da água em 287 pontos, 238 rios, em 100 municípios dos estados de AL, BA, CE, ES, GO, MG, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RS, SC, SE, SP envolvendo cerca de 3,7 mil pessoas.

Mato Grosso do Sul é o 17º Estado, fechando a formação de grupos de monitoramento nos 17 Estados da Mata Atlântica. 

 

Mais informações sobre o projeto acesse aqui.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
19/10/2017 - 13h30
Projeto Florestinha planta mudas nativas para recuperação de área
19/10/2017 - 08h00
PMA captura lagarto em quintal de residência
18/10/2017 - 08h13
Calor e vento propagam incêndio que já destruiu 30 mil hectares de parque
16/10/2017 - 18h59
Incêndio consome parque estadual há 4 dias em MS
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
20/10/2017 - 15h06
Alerta prevê tempestades em 43 municípios de Mato Grosso do Sul
20/10/2017 - 14h13
PMA autua proprietária rural por exploração ilegal de madeira
20/10/2017 - 12h30
PMA autua jovem por manter ave silvestre em cativeiro
20/10/2017 - 11h33
Incêndio em parque estadual de MS é controlado após uma semana com ajuda de chuva, diz Imasul
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.