zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Saúde - 01/07/2017 - 10h05

Saúde alerta para doenças respiratórias durante período de baixa umidade no inverno

Alguns cuidados devem ser observados pela população para que não sofram com os índices de baixa umidade do ar, comuns nesta época do ano




Divulgação

Por Portal do Governo de Mato Grosso do Sul / Redação Pantanal News

Campo Grande (MS) – Com a chegada do inverno, o período de clima seco passa a ser recorrente o que contribui para o aumento de casos de doenças respiratórias. Entre os diversos sintomas o mais comum é o ressecamento das mucosas, ocasionando tosse, cansaço, dores de cabeça, mal estar, irritação na garganta, olhos, ouvidos e em alguns casos sangramento do nariz.

Em pessoas com doenças respiratórias alérgicas, como por exemplo rinite ou asma, pode haver uma piora dos sintomas devido aos agentes causadores da alergia ficarem mais tempo suspensos no ar. Para reduzir os efeitos causados pela baixa umidade, a principal recomendação é a ingestão de água, cerca de dois litros ao dia no caso de adultos, além da utilização de umidificadores de ar. Outras medidas básicas como a utilização de toalhas molhadas ou uma bacia com água e a utilização de soros fisiológicos nasais também auxiliam nos cuidados.

De acordo com o coordenador estadual de vigilância ambiental, Karyston Adriel, a SES/MS conta com o Programa de Vigilância de População Exposta a Poluentes Atmosféricos (VIGIAR) que auxilia no monitoramento das condições do ar e serve como referencia para identificar os períodos críticos dos índices de baixa umidade do ar. “A Vigilância em Saúde reitera a importância em se adotar as medidas de cuidado para amenizar a baixa umidade do ar em casa. Além dessas ações,  estamos constantemente monitorando a qualidade do ar, em um trabalho conjunto com o Instituto de Meteorologia e Defesa Civil para que estejamos atentos a essas condições climáticas e assim orientar a população o quanto antes”, disse o coordenador.

“É um período complicado, principalmente pela população estar exposta a ácaros e poeira em uma condição propícia a doenças respiratórias. Agasalhos e cobertores ficam guardados por muito tempo, então é comum que acabem acumulando poeira de certa forma. Somada à condição de clima seco, isso se torna favorável à ocorrência das doenças”, reforça Karyston.

A Secretaria de Estado de Saúde reforça que os cuidados maiores são para a população mais vulnerável aos sintomas como idosos acima de 60 anos e crianças abaixo de cinco anos, e principalmente pessoas portadoras de doenças pulmonares como asma, fibrose pulmonar entre outras.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/10/2017 - 09h09
Cinco coisas que tornam você um ímã de mosquitos
09/10/2017 - 10h23
Mato Grosso do Sul recebe nove profissionais brasileiros do Mais Médicos
02/10/2017 - 16h24
Caminhada em Campo Grande chama a atenção para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer
19/09/2017 - 15h13
Setembro Amarelo: no mês de prevenção ao suicídio, Hospital Regional apresenta dados para alertar população
24/08/2017 - 15h35
STF decide, por maioria, proibir a comercialização do amianto
 
Últimas notícias do site
18/10/2017 - 16h10
Local de prova do Enem será divulgado na sexta a partir das 10h, diz Inep
18/10/2017 - 16h10
Central 0800 permite solicitação de serviços referentes à iluminação pública
18/10/2017 - 16h05
Corumbá: Estudantes devem fazer rematrícula para vaga na Rede Municipal de Ensino
18/10/2017 - 15h40
Casa pega fogo em Marília e bombeiros salvam casal de cães e oito filhotes
18/10/2017 - 10h57
PMA prende foragido da justiça durante fiscalização
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.