zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Religião - 14/06/2017 - 12h30

Celebração de Corpus Christi deve reunir 20 mil fiéis amanhã na Capital

Montagem do tapete por onde passa a procissão do cálice com a Eucaristia tem início às 5 horas




Por Richelieu de Carlo do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Tapete será montado na 14 de Julho, da Fernando Corrêa até a Mato Grosso. Em 2016, 20 mil fiéis participaram da celebração. (Foto: Marcos Ermínio)Tapete será montado na 14 de Julho, da Fernando Corrêa até a Mato Grosso. Em 2016, 20 mil fiéis participaram da celebração. (Foto: Marcos Ermínio)

A tradicional solenidade de Corpus Christi, celebrada pela Igreja Católica, com Missa e procissão no Centro de Campo Grande, deve reunir nesta quinta-feira (15) pelo menos 20 mil fiéis, conforme estima a Arquidiocese da Capital.

Para a celebração da data estão programados diversos eventos, como a montagem do tradicional tapete na região central e a visita do arcebispo metropolitano Dom Dimas Lara Barbosa à Santa Casa para ministrar bênçãos aos enfermos.

Conforme a assessoria, a montagem do tapete ornamental por onde passa o Santíssimo Sacramento tem início às 5h na Rua 14 de Julho, entre as avenidas Mato Grosso e Fernando Corrêa.

Cada uma das 47 paróquias envolvidas se responsabilizará por desenhos que são formados com pó de serra, borra de café, casca de ovo, tinta e outros materiais, garantindo o visual de um quilômetro e 300 metros.

Dom Dimas estará na Santa Casa às 8h, percorrendo o hospital dando a bênção. Já Dom Mariano Danecki, bispo auxiliar, no mesmo horário estará no no Hospital Universitário. Outros hospitais, Uneis (Unidades Educacionais de Internação) e presídios receberão a visita do Cristo Eucarístico.

Na parte da tarde, a expectativa é reunir pelo menos 20 mil fiéis na Missa de Corpus Christi, com todas as comunidades católicas da Arquidiocese, que tem inicio às 15h, na esquina da 14 de Julho com a Mato Grosso, e na procissão do Santíssimo Sacramento até a Fernando Corrêa da Costa.

Interdição - Para a realização das celebrações, a principal via do centro da Capital será fechada nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (15), em um trecho de aproximadamente 1km.

A Rua 14 de Julho será interditada pela Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), pois há necessidade da segurança e liberação total da via para recoberta pelos tapetes que serão montados pelas comunidades.

Como ainda para a montagem da estrutura a ser montada na esquina da rua 14 de Julho com a avenida Mato Grosso, onde será celebrada a Missa.

Significado - Para os católicos, o dia de Corpus Christi celebra solenemente o mistério da Eucaristia - o sacramento do Corpo e do Sangue de Jesus Cristo. O nome em latim significa Corpo de Cristo.

A solenidade surgiu no século XIII na Bélgica por iniciativa de uma freira que recebeu visões nas quais o próprio Jesus lhe pediu uma festa litúrgica anual em honra à Sagrada Eucaristia. 

Segundo o teólogo Felipe Aquino, a solenidade só tomou forma, contudo, após uma missa celebrada pelo padre Pedro de Praga em Bolsena, na Itália. Na ocasião, da Hóstia Consagrada começaram a cair gotas de sangue porque o sacerdote teria duvidado da presença real de Cristo 

Ao encontrar o fragmento enquanto ele era levado em procissão até uma cidade vizinha, o papa Urbano IV pronunciou as palavras "Corpus Christi" e mais tarde incluiu a celebração no calendário litúrgico católico. Ainda hoje na Itália são conservados a pedra do altar e os corporais (panos onde se apoiam o cálice e a patena durante a Missa) manchados de sangue.

A festa acontece sempre na quinta-feira após o domingo da Santíssima Trindade, em alusão à Quinta-feira Santa, quando se deu a instituição deste sacramento.

 

Durante a missa, o celebrante consagra duas hóstias: uma é consumida e a outra, apresentada aos fiéis para adoração. Essa hóstia permanece no meio da comunidade, como sinal da presença de Cristo vivo no coração de sua Igreja.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/11/2017 - 08h50
Terreiros saem pelas ruas com oferendas para lembrar Oxum e pedir respeito
06/11/2017 - 13h33
Santa Missa mensal celebra os dons e as vocações dadas por Deus
24/10/2017 - 06h51
Ladário celebra festa de padroeira Nossa Senhora dos Remédios
16/10/2017 - 09h05
Campanha da Fraternidade 2018 é discutida em MS
12/10/2017 - 18h00
Fiéis lotam ruas com carreata pela Padroeira do Brasil
 
Últimas notícias do site
21/11/2017 - 06h32
Dia amanhece com céu aberto, mas previsão alerta para chuva forte em MS
21/11/2017 - 05h50
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
20/11/2017 - 15h50
Conab divulga preços de frutas e hortaliças no mês de outubro nos Ceasas
20/11/2017 - 12h50
Laudo descarta que macaco achado morto na Capital teve febre amarela
20/11/2017 - 11h53
Ocupantes de submarino argentino estão vivos, acredita Marinha
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.