zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 08/06/2017 - 15h42

Dourado está para os rios como onça para o Pantanal, compara pesquisador

Professor fala sobre a importância da preservação do dourado




Arquivo pessoal

Professor e doutor em Ciências Biológicas Thomaz Lipparelli.
Por Osvaldo Júnior do Campo Grande News / Redação Pantanal News

 A preservação do dourado está para os rios assim como a preservação da onça pintada está para o Pantanal. A comparação é do professor universitário e doutor em Ciências Biológicas Thomaz Lipparelli.

Além de ser considerado o troféu da pescaria em águas doces, o dourado é também predador de suma importância para a estabilidade do meio ambiente, conforme o pesquisador. As declarações dele vêm depois de a Assembleia Legislativa reprovar projeto que previa a proibição da pesca da espécie.

“Quanto mais predadores mais estável fica o meio ambiente”, afirma. Lipparelli explica que a presença de predadores regula a oferta de alimentos em um ecossistema. Eles funcionam como selecionadores naturais, matando os indivíduos mais fracos.

“O dourado é um predador de topo da cadeia. É como a onça pintada em relação ao Pantanal”, comparou o biólogo, detalhando que não haveria como existir a mesma fauna pantaneira sem a presença da onça.

Lipparelli informou que não existem estudos sobre o estoque do dourado nos rios brasileiros. Mas há indicadores técnicos da retração da espécie em quantidade e tamanho, segundo o professor.

De modo didático, ele explicou que existem dois tipos de indicadores: o de sobrepesca de recrutamento e o de sobrepesca de crescimento. Isso significa que são capturados menos dourados e esses peixes são, atualmente, menores que há alguns anos. “Isso é visível. Os próprios pescadores comentam. Eles já não pegam esse peixe como antes e quando pescam, são muito menores”, disse.

Para dimensionar essa retração, Lipparelli compara a situação do Brasil com a da Argentina, onde a captura do dourado só é permitida no sistema pesque e solte. “Em Corrientes [norte da Argentina], é possível pescar dourado de 40 quilos. Aqui no Brasil chega, no máximo, a oito quilos”, exemplificou.

O especialista acrescentou que, no Brasil, há leis que proíbem a pesca da espécie em Minas Gerais, Goiás e Amazonas. “Em Mato Grosso, há projeto. Eles esperavam pela aprovação aqui em Mato Grosso do Sul para aprovarem lá também. Estavam confiantes que o projeto que proíbe a pesca do dourado seria aprovado aqui”, disse, lamentando o arquivamento pela Assembleia Legislativa.

Monitoramento – Lipparelli coordena o “Projeto Dourado”, iniciativa, em Mato Grosso do Sul, da Prefeitura de Corumbá. Segundo o pesquisador, o projeto, que também é desenvolvido no rio São Francisco sob sua coordenação, será levado para Minas Gerais.

De acordo com o professor, a proposta é desenvolver estudo de monitoramento da população do peixe dourado em rios brasileiros. Ele não adiantou detalhes, mas informou que o projeto será apresentado nesta sexta-feira (dia 9) em Corumbá. “É algo inédito no País”, finalizou.

Dourado, considerado o troféu das águas doces (Foto: Divulgação)Dourado, considerado o troféu das águas doces (Foto: Divulgação)

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
19/10/2017 - 13h30
Projeto Florestinha planta mudas nativas para recuperação de área
19/10/2017 - 08h00
PMA captura lagarto em quintal de residência
18/10/2017 - 08h13
Calor e vento propagam incêndio que já destruiu 30 mil hectares de parque
16/10/2017 - 18h59
Incêndio consome parque estadual há 4 dias em MS
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
20/10/2017 - 15h06
Alerta prevê tempestades em 43 municípios de Mato Grosso do Sul
20/10/2017 - 14h13
PMA autua proprietária rural por exploração ilegal de madeira
20/10/2017 - 12h30
PMA autua jovem por manter ave silvestre em cativeiro
20/10/2017 - 11h33
Incêndio em parque estadual de MS é controlado após uma semana com ajuda de chuva, diz Imasul
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.