zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 24/05/2017 - 14h08

Cheia se consolida e rio Paraguai mantém há 24 dias mesmo volume de água




Por Renata Volpe Haddad do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Casa de ribeirinho comprometida pela água. (Foto: Iasmim Amiden/ Ecoa)Casa de ribeirinho comprometida pela água. (Foto: Iasmim Amiden/ Ecoa

O volume de água no rio Paraguai nesta quarta-feira (24) chegou ao nível de 5,77 metros na comunidade Bela Vista do Norte, em Mato Grosso do Sul. Há 24 dias, o nível se mantém o mesmo, sem baixar ou subir, consolidando que a cheia do Pantanal deste ano é maior que o ano passado.

Não existe um padrão de medição para o rio, mas o presidente do Ecoa (Organização Não Governamental Ecologia e Ação), André Luiz Siqueira, explica que no dia 9 de maio, o volume chegou a 5,79 metros; no dia 16 baixou para 5,76 metros e hoje chegou a 5,77 metros. "Neste mesmo dia em 2014 quando foi a maior cheia dos últimos 20 anos, o nível do rio chegou a 6,30 metros", comenta.

De acordo com o relatório diária da ANA (Agência Nacional das Águas), em Porto Murtinho, o nível está em 5,18 metros. No dia 21 de maio, foi registrado 5,04 metros.

"As famílias da comunidade Barra do São Lourenço que têm as casas mais baixas, ainda não retornaram aos lares e estão em casas vizinhas que são mais altas, ou na região do aterro, local preparado para receber os ribeirinhos nessa época", informa.

Porém, mesmo com a cheia, as escolas das comunidades ribeirinhas estão tendo aulas normalmente. "Este ano percebemos que a cheia não é tão extraordinária quanto a de três atrás ou a de 2011, quando o rio Paraguai represou o rio Miranda", explica o presidente.

O que acontece neste ano, ainda segundo Siqueira, é que a cheia vem depois de uma seca e as represas e riachos que estavam secos, começam a se encher agora. "Esses pequenos rios estão sendo preenchidos agora e a situação é confortável para os produtores e para a natureza".

Não há uma previsão de quando as águas devam baixar, já que as chuvas estão constantes em Mato Grosso do Sul. O Ecoa acompanha diariamente a situação do nível do rio.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
23/10/2017 - 07h02
Medidas anunciadas por Temer farão ressurgir o rio Taquari, diz Ruiter
23/10/2017 - 06h52
Ruiter participa de Encontro Carta Caiman com presidente Michel Temer
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
19/10/2017 - 13h30
Projeto Florestinha planta mudas nativas para recuperação de área
19/10/2017 - 08h00
PMA captura lagarto em quintal de residência
 
Últimas notícias do site
23/10/2017 - 09h54
Prefeito de Corumbá representa o Brasil em seminário internacional do FONPLATA sobre hidrovia
23/10/2017 - 08h55
Semana em MS começa com 169 vagas em concursos públicos
23/10/2017 - 07h41
PMA e parceiros realizam Educação Ambiental para alunos em escolas ribeirinhas e indígenas
23/10/2017 - 07h40
Em oito dias, Mato Grosso do Sul registra queda de 55 mil raios
23/10/2017 - 07h02
Medidas anunciadas por Temer farão ressurgir o rio Taquari, diz Ruiter
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.