especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Agronegócios - 24/04/2017 - 12h55

Clima muda e entressafra faz preço do leite subir 8% ao produtor de MS

De acordo com economista, tendência é de que produto mantenha alta nos próximos meses, período de entressafra




Por Elci Holsback do Campo Grande News / Redação Pantanal News

 

Mesmo com valorização do produto, alguns lácteos registraram retração no período (Foto: Divulgação/Acrissul)Mesmo com valorização do produto, alguns lácteos registraram retração no período (Foto: Divulgação/Acrissul)

A chegada do Outono e a mudança no clima já tem interferido na produção de leite em Mato Grosso do Sul.  O resultado da menor oferta do produto é a alta no preço, para o produtor e consequentemente, para o consumidor final. 

Em março comparado a fevereiro, os valores pagos ao produtor registraram alta de 6,8%, quando foi registrado R$ 0,9404/litro fechando o mês a R$ 1,004 por litro, segundo Boletim da Bovinocultura de Leite, divulgado pela Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS).

Comparado ao mesmo período do ano passado, a alta foi ainda maior, de 8,3%, quando o valor registrado na época foi de R$ 0,9269.

"O preço segue valorizado para o produtor devido o período da entressafra, onde reduz a quantidade de produto, não suprindo a demanda de mercado. Para o próximo mês, o prognóstico é de que a alta seja mantida", avalia a economista da Famasul, Adriana Mascarenhas.

Para o consumidor, segundo Adriana, a diferença já pode ser sentida, mas ainda de forma amena, com leve alta no valor do produto nas prateleiras. Alguns derivados do leite registraram até mesmo queda no período, como a mussarela (-1,3%) e as bebidas lácteas (-1,2%).

"Para o consumidor a alta ainda é recente e conforme o boletim, alguns derivados até retraíram. É necessário observar o mercado para avaliar os reflexos nos próximos meses", considera.

Oferta de insumo - Com a oferta de milho, principal insumo para fabricação da ração bovina, o produtor também tem vantagem no período, com ganho de quase 43%, no sistema de troca.

Em março, a troca de leite por milho entre produtores foi de 23,7 litros do produto pela saca de milho de 60 kg. No mesmo período do ano passado, eram necessários 41,6 litros por saca.

"Essa relação está muito favorável e positiva para o pecuarista leiteiro. Outro fator que deve ser levado em conta no período é a preparação do produtor. Aquele que conseguiu se preparar para o período, para a chegada do Inverno, terá mais oportunidade, mas sabemos que não é comum que o criador consiga preparar e estocar alimento para o momento da falta de pasto, poucos tem condições", destaca a economista, apontando quem pode conseguir melhor desempenho no período de entressafra.

 

Quanto as exportações do período, o déficit da balança comercial brasileira de lácteos, foi US$ 36 milhões, leve retração comparado aos R$ 37 milhões registrados em fevereiro. 

 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/02/2018 - 10h50
Chuva desde madrugada alaga casas e interdita rodovia de acesso ao Pantanal de MS
23/01/2018 - 13h23
Brasil entra na corrida para desenvolver mandioca com amido ceroso
23/01/2018 - 10h20
Unidades de conservação podem ser administradas por parcerias público-privadas
16/01/2018 - 10h30
Ipê-roxo é primeira árvore do Cerrado a ter genoma sequenciado
16/01/2018 - 08h40
Rebanho de MS cresceu para 21.8 milhões de cabeças de gado em 2017, diz Iagro
 
Últimas notícias do site
20/02/2018 - 15h56
Cerca de 30 famílias estão desabrigadas em Aquidauana e rio pode alagar cidade, diz Defesa Civil
20/02/2018 - 10h50
Chuva desde madrugada alaga casas e interdita rodovia de acesso ao Pantanal de MS
20/02/2018 - 09h36
Capital acumula 188 milímetros de chuva, quase o esperado no mês
20/02/2018 - 08h30
Cidades de MS amanhecem com ‘cara de inverno’ após madrugada chuvosa
19/02/2018 - 06h49
Semana começa com garoa e previsão é de tempo instável em MS
 

zap

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.