zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Política - 19/04/2017 - 16h49

"Oposição derrota Temer em votação da Reforma Trabalhista", diz Zeca




Por Assessoria / Redação Pantanal News

Os deputados federais  Zeca do PT, Vander Loubet (PT) e Dagoberto Nogueira (PDT) comemoram mais uma derrota imposta pela oposição, que é a minoria da Câmara Federal sobre o governo Temer. Nesta última terça-feira (18), os deputados oposicionistas conseguiram barrar o regime de urgência de votação da Reforma Trabalhista (PL 6787/16).

O requerimento de urgência foi rejeitado por 230 votos favoráveis, 163 contrários e uma abstenção. Eram necessários 257 votos para que fosse aprovado.   Votaram a favor da proposta os deputados de MS: Geraldo Resende (PSDB), Carlos Marun (PMDB), Tereza Cristina (PSB) e  Mandetta (DEM). O deputado Elizeu Dionízio (PSDB) faltou a sessão. 

"O governo golpista sofreu uma grande derrota, a toque de caixa, colocaram em regime de urgência a reforma trabalhista. Reforma que tira direitos, rasga Constituição, retrocede o Brasil décadas e décadas com relação as conquistas históricas que o povo trabalhador desse país teve", disse Zeca.

Uma manobra da presidência poderá colocar novamente o regime de urgência da Reforma Trabalhista nesta quarta-feira (19).

A reforma

O relatório do deputado Rogério Marinho (PSDB-RN) sobre a reforma trabalhista amplia o poder dos acordos entre patrões e empregados sobre a legislação; faz ressalvas à recém-aprovada lei sobre terceirização (13.429/17); regulamenta o teletrabalho; e retira da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) a obrigatoriedade da contribuição sindical para trabalhadores e empregadores.
 
A proposta torna regra geral a prevalência dos acordos coletivos, enquanto o texto original previa que a negociação seria mais forte do que a lei em apenas 13 pontos. Agora, pelo texto de Marinho, o rol dos casos de os acordos coletivos se sobreporem à legislação é apenas exemplificativo e traz 16 temas, como banco de horas, parcelamento de férias e plano de cargos e salários.
 
Por outro lado, Marinho acrescentou uma lista de 29 direitos que não podem ser reduzidos por negociação, como a liberdade sindical e o direito de greve, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e o salário mínimo.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
12/07/2017 - 14h08
Moro condena Lula a nove anos e seis meses de prisão no caso triplex
11/07/2017 - 15h18
Com PL, deputado Dr. Paulo Siufi garante presença de farmacêuticos em unidades de saúde de MS
10/07/2017 - 16h10
Zveiter lê voto favorável à admissibilidade da denúncia contra Temer
05/07/2017 - 12h51
Deputado Dr. Paulo Siufi cobra piso salarial dos farmacêuticos ao Governo do Estado
27/06/2017 - 16h24
Temer classifica denúncia de "ficção", critica Janot e cobra provas concretas
 
Últimas notícias do site
21/07/2017 - 16h10
Mato Grosso do Sul perdeu R$ 2,27 bilhões com violência no trânsito em 2016
21/07/2017 - 16h02
Governo realiza mutirão para migração de rádios AM para FM dos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul
21/07/2017 - 15h13
Mutirão AM/FM acontece na próxima semana em MT e MS
21/07/2017 - 09h32
Com plantações afetadas pela geada, abobrinha fica 16% mais cara
21/07/2017 - 08h50
Período de saque das contas inativas do FGTS termina em 10 dias
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.