especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Trânsito - 03/03/2017 - 10h16

Governo de MS quer assumir obras de melhoria em acesso a polo industrial




Elci Holsback

Presidente da associação do Polo Industrial Norte, Luclécio Festa, pediu melhorias no local.
Por Renata Volpe Haddad e Elci Holsback do Campo Grande News / Redação Pantanal News

O Governo de Mato Grosso do Sul vai pedir autorização do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) para assumir as obras do asfalto de acesso na entrada e saída do Polo Industrial Norte, em Campo Grande, na BR-163. A melhoria no acesso é uma das principais reivindicações dos empresários situados no local.

A informação foi dada pelo secretário da Semade (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico), Jaime Verruck, durante reunião no polo na manhã desta sexta-feira (3), que contou com a presença de empresários, do senador Pedro Chaves e outras autoridades.

Verruck informou que vai pedir autorização dos empresários para encerrar o contrato do asfalto de acessos à BR-163. "Esses contratos não existem. A proposta é encerrar e assumo publicamente que assim que tiver autorização do DNIT, o governo estadual vai fazer esse asfalto", garantiu.

Os empresários pedem ainda que o senador se reúna com a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), para tratar do fluxo de trânsito na entrada e saída do polo, devido ao grande movimento na rodovia.

 
Secretário da Semade, Jaime Verruck, informou que pedirá ao DNIT para que o governo de MS assuma responsabilidade de melhoria no acesso de entrada e saída do polo. (Foto: Elci Holsback)Secretário da Semade, Jaime Verruck, informou que pedirá ao DNIT para que o governo de MS assuma responsabilidade de melhoria no acesso de entrada e saída do polo. (Foto: Elci Holsback)

De acordo com o proprietário da Ecomáquinas e presidente da Assepen (Associação de Empresários do Polo Empresarial Norte), Luclécio Festa, a principal reivindicação é a melhoria no acesso de entrada e saída do polo. "Pedimos ao senador um contato com a ANTT, para tratar essa questão do fluxo de entrada e saída dos caminhões, aqui do polo, porque o movimento é grande e pode ser perigoso para trabalhadores e usuários da rodovia".

O senador Pedro Chaves, alega que irá apresentar todas as solicitações de melhoria no polo, no Senado. "O polo é um exemplo de potencialidade que existe em Campo Grande e os empresários daqui, souberam aproveitar o desenvolvimento, superaram as dificuldades que o Brasil atravessou e ainda podem gerar muito emprega e renda", disse.

Para o presidente da ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), João Carlos Polidoro, que está presente na reunião, o Polo Industrial Norte precisa ser olhado com cautela, já que muito do PIB (Produto Interno Bruto), de Campo Grande, está ali. "A pior situação que tem aqui é o acesso de entrada e saída e uma conversa do senado com a ANTT pode acelerar os incentivos, tirar o projeto do papel e gerar renda e emprego pra cidade".

Ele informou ainda que a burocracia é o que atrapalha na geração de empregos. "Precisamos de mais 90 mil empregos em Campo Grande para sair dessa crise e o que atrapalha é a burocracia", finalizou.

Melhorias - Além desta solicitação de melhoria, os empresários - são 38 empresas no polo, - pedem construção de um restaurante popular, construção de uma creche/escola dentro do polo, marketing do polo e apoio em participação de feiras nacionais e internacionais, para expor as marcas produzidas em Campo Grande. Além disso, o documento entregue ao senador, há pedido de celeridade no porto seco, escritura definitiva dos empresários e capacitação dos moradores da região e dos trabalhadores.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
03/01/2018 - 09h44
Tráfego é totalmente interrompido na MS-386 após estragos da chuva
02/01/2018 - 13h40
No fim de ano, 2,1 mil são flagrados em alta velocidade nas estradas federais
02/01/2018 - 08h02
Chuva provoca estragos e rodovia MS-338 é parcialmente interditada
29/12/2017 - 15h30
Com viagens de fim de ano, 262 mil veículos devem passar pela BR-163
26/12/2017 - 14h31
No feriado de Natal, 1,1 mil veículos são flagrados em alta velocidade em MS
 
Últimas notícias do site
22/01/2018 - 13h13
PMA multa fazendeiro em R$ 16,8 mil por desmatamentos durante a operação Cervo-do-Pantanal
22/01/2018 - 10h32
Em feira de adoção, 61 cães e 37 gastos ganham família e novo lar
22/01/2018 - 10h12
Corumbá já tem Corte de Momo para comandar Carnaval 2018
22/01/2018 - 09h35
Esta receita de arroz carreteiro é cremosa e vai fazer sucesso no seu churrasco
22/01/2018 - 09h01
Luto: Faleceu em Corumbá o advogado Adelmo Salvino de Lima
 

88
BANNER GOV EDUCAÇÃO JAN

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.