especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Geral - 22/02/2017 - 08h00

Motociclistas dos bombeiros de MS usarão roupas com airbags

Equipamentos com sistema de proteção pneumático que inflam em caso de colisões deverão ser entregues a bombeiros do Estado dentro de 1 mês




Por Anahi Gurgel do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Motossocorristas experimentaram jaquetas com airbag em 2015. (Foto: Divulgação)Motossocorristas experimentaram jaquetas com airbag em 2015. (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública decidiu investir em tecnologia para aumentar a proteção dos motociclistas do Corpo de Bombeiros, os chamados motossocorristas, durante as ocorrências. Dentro de um mês, os cerca de 30 profissionais que atuam nas Motos Operacionais de Bombeiros (Mob), em Campo Grande, Dourados e Três Lagoas, receberão jaquetas com sistema de proteção pneumático, o popular “airbag”, acoplado.

Os trajes “especiais” funcionam por meio de cilindro de ar comprimido (CO2) e inflam em caso de impacto durante colisões, amenizando a queda do motociclista no solo. As jaquetas possuem um cabo espiral que deve ser conectado ao veículo.

Quando ocorre uma tração, em casos de acidentes, o gatilho do sistema de airbag é acionado. O tempo de insuflação das bolsas de ar fica abaixo de 200 milésimos de segundo.

O equipamento de proteção individual é um conjunto composto por jaqueta e calça protetores internos de bio-elastano. O sistema, inédito em Mato Grosso do Sul, já vinha sendo analisado desde 2015, quando foram realizados testes diretamente com os militares.

O chefe da assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros, coronel Robinson Moreira, ressalta que a aquisição tem o objetivo de proprocionar mais segurança aos motossocorristas durante as ocorrências. "Foi escolhido o sistema de proteção tipo airbag porque ele preserva as partes vitais do usuário, como a cervical, o tórax, coluna, lateral e cóccix ”, detalha. 

 
 
Bombeiro testando funcionalidade da jaqueta airbag. (Foto: Divulgação)Bombeiro testando funcionalidade da jaqueta airbag. (Foto: Divulgação)

Foram adquiridas 30 jaquetas com sistema airbag, ao valor de R$ 4.868 cada, e 30 calças, com custo de R$ 1.928 a unidade. As vestimentas são antiabrasivas, resistentes a atritos, e isolam a pele do motociclista em situações de derrapagem. O coronel disse ainda que, assim que o material for entregue, haverá treinamento com os moto operacionais sobre a utilização correta dos equipamentos.

Jaquetas semelhantes são utilizadas pela Polícia Federal de Brasília (DF) e Bombeiros de Pernambuco. Também aumentaram a segurança dos motossocorristas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016.

Recurso - O contrato com a empresa Elto Industrial Confecção Ltda, com nome fantasia Inflajack, do município de Cotia (SP), totaliza R$ 194,9 mil. Além de ter amparo da lei estadual nº 4.335, de 10 de abril de 2013, que instituiu o Código de Segurança contra Incêndio, Pânico e outros Riscos no estado de Mato Grosso do Sul, o recurso integra o Programa MS Mais Seguro.

“A iniciativa foi lançada em junho de 2016 com a proposta de ampliar os investimentos na estruturação do Corpo de Bombeiros e das polícias Civil e Militar do Estado”, explica o coronel Robinson. O programa prevê reforma de prédios e compra de viaturas, equipamentos e armamentos até 2018.

Moto operação - Atualmente, o Serviço de Motossocorrismo tem bases estrategicamente distribuídas em Campo Grande, Dourados e Três Lagoas. Na Capital, 16 militares receberam formação para a atividade, sendo que, diariamente, 4 duplas fazem revezamento entre as 7h e 18h.

No interior, são 07 motossocorristas atuantes em cada município, com escala de 1 dupla por dia. Em todo o Estado, há registro de uma média de 1.200 ocorrências por mês. As viaturas de duas rodas, equipadas com materiais de primeiro-socorros, são uma alternativa para dar mais agilidade aos atendimentos, permitindo a chegada mais rápida ao local da ocorrência.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
04/12/2017 - 06h36
Depois do Bolo Vulcão, sabor com muita cobertura agora é Bolo Piscina
04/12/2017 - 06h33
Confira as ocorrências dos Bombeiros do fim de semana
30/11/2017 - 06h07
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
29/11/2017 - 16h02
Campanha quer garantir adoção dupla, porque Faísca e Fumaça serão despejadas
29/11/2017 - 08h20
Governador participa de solenidade e lança jogos da melhor idade
 
Últimas notícias do site
11/12/2017 - 14h35
Homens ameaçam policias com faca e são presos
11/12/2017 - 07h05
PMA de Aquidauana realiza Educação Ambiental para alunos e professores indígenas
11/12/2017 - 06h40
Semana começa sem chuva em boa parte de MS e máxima chega aos 38ºC
08/12/2017 - 15h54
Final de semana será de chuva e temperaturas altas em todo MS
07/12/2017 - 10h30
Comando do 6° Distrito Naval comemora o Dia do Marinheiro
 

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.