especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Agronegócios - 08/02/2017 - 11h56

Conab dialoga com extrativistas para fortalecer cadeias da sociobiodiversidade




Por Assessoria / Redação Pantanal News

Com o objetivo de ampliar a inclusão socioprodutiva de extrativistas de todo o país e promover o desenvolvimento sustentável, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) dá início, esta semana, a uma série de reuniões de divulgação por meio da Política de Garantia de Preços Mínimos para produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio). Técnicos da Companhia irão visitar ao menos cinco estados brasileiros até abril, começando pelo Piauí.

Os encontros reunirão lideranças extrativistas e demais representantes de órgãos de governos federal, estadual e municipal, a fim de aprimorar e fortalecer o diálogo entre a sociedade civil e o poder público, buscando ampliar o alcance das políticas públicas. 

Também será uma oportunidade para líderes extrativistas conhecerem outras oportunidades de comercialização de produtos extrativos, por meio de Compras Públicas.

Por meio da PGPM-Bio, a Conab oferece subvenção a 15 produtos da sociobiodiversidade.  Os extrativistas individuais ou organizados em associações e/ou cooperativas recebem um bônus na venda do produto coletado nas florestas, quando comprovam que o negócio foi realizado por um preço inferior ao preço mínimo fixado pelo governo federal. 

Podem acessar a política agricultores familiares, extrativistas, agroextrativistas, silvicultores, assentados de reforma agrária, aquicultores, pescadores artesanais, indígenas, integrantes de comunidades remanescentes de quilombolas, faxinais, quebradeiras de coco babaçu e demais povos e comunidades tradicionais. O programa é um instrumento de incentivo econômico ao uso sustentável dos biomas brasileiros, proporcionado a melhoria de renda a povos e comunidades tradicionais e o incentivo à proteção ambiental e ao uso sustentável dos recursos naturais.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/02/2018 - 10h50
Chuva desde madrugada alaga casas e interdita rodovia de acesso ao Pantanal de MS
23/01/2018 - 13h23
Brasil entra na corrida para desenvolver mandioca com amido ceroso
23/01/2018 - 10h20
Unidades de conservação podem ser administradas por parcerias público-privadas
16/01/2018 - 10h30
Ipê-roxo é primeira árvore do Cerrado a ter genoma sequenciado
16/01/2018 - 08h40
Rebanho de MS cresceu para 21.8 milhões de cabeças de gado em 2017, diz Iagro
 
Últimas notícias do site
22/02/2018 - 14h02
Marinha divulga edital do concurso para Fuzileiro Naval
22/02/2018 - 10h15
De cão a periquito: animais salvos da cheia dão cara de lar a abrigo
22/02/2018 - 08h50
Prefeitura de Aquidauana arrecada doações para ajudar atingidos por cheia
22/02/2018 - 08h27
Sem chuva, rio baixa 3 metros e tráfego começa a ser liberado em pontes
22/02/2018 - 06h51
Reinaldo se reúne com prefeitos de cidades afetadas por chuvas e cheias
 

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.