CARNAVAL CORUMBÁ 2018 II
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Geral - 02/02/2017 - 11h34

Reforma fará fusões e Governo terá no máximo 11 secretarias, diz governador

Reinaldo reiterou demissão de comissionado e possibilidade de remanejar servidor




Alcides Neto

Governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB).
Por Mayara Bueno e Leonardo Rocha do Campo Grande News / Redação Pantanal News

O governo de Mato Grosso do Sul fará fusões de secretarias estaduais e reduzirá o número de pastas de 13 para, no máximo, 11, de acordo com o chefe do Executivo Estadual, Reinaldo Azambuja (PSDB). Nesta quinta-feira (2), ele deu início aos trabalhos da Assembleia Legislativa de e reiterou que a reforma terá demissão de comissionados e remanejamento de servidores.

As fusões devem abranger também fundações e autarquias, conforme apurou o Campo Grande News. A nova estrutura já está pronta, dependendo apenas de ajustes finais.

“Com esta ação, Mato Grosso do Sul, que já é o segundo estado com menos gastos com a máquina pública, deve ser o primeiro do País, pois ficará mais enxuto e equilibrado”, afirmou Reinaldo. Quando a atual gestão assumiu, no início de 2015, o Estado tinha 17 secretarias, que foram diminuídas para 13. “Desta vez, devemos ficar entre 10 ou 11”.

Reinaldo assegura que não haverá extinção de secretaria. Mas, sim, fusão de áreas que são similares, “sem perder a qualidade do serviço e gerando economia”.

A ideia é gastar menos com o governo, para, segundo o governador, investir mais com a população. “Pois entendemos que não é quantidade que importa, mas sim qualidade do serviço”

O projeto com a reforma administrativa ainda não foi finalizado, portanto, ainda não foi apresentado na Assembleia Legislativo. As mudanças trará ao governo o “tamanho ideal”. “Assim diminuímos o fluxo de custeio e de pessoal, trazendo economia”.

As tratativas sobre a nova alteração na estrutura do Executivo Estadual começaram quase no fim de 2016. A afirmação do governo foi de que a reforma é necessária para que o Estado não entre no vermelho.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/01/2018 - 07h49
Reinaldo participa da Showtec e Rose visita cidade atingida por chuva
16/01/2018 - 07h38
Confira as manchetes desta terça-feira dos principais jornais do país
15/01/2018 - 08h15
Quibe de forno recheado vai trazer sabor e praticidade à sua segunda
12/01/2018 - 07h19
Confira as manchetes desta sexta-feira dos principais jornais do país
10/01/2018 - 07h12
Confira as manchetes desta quarta-feira dos principais jornais do país
 
Últimas notícias do site
19/01/2018 - 15h00
Agenda Cultural: fim de semana está repleto de opções com samba, rock, pop e funk
19/01/2018 - 13h00
Inmet alerta para chuvas intensas e ventos de até 100 km por hora em MS
19/01/2018 - 08h32
Fazendeiro é autuado em R$ 159 mil por desmatamento ilegal
19/01/2018 - 07h35
Carnaval de Corumbá terá Axé Blond, Revelação e baterias da Mangueira e Gaviões da Fiel
19/01/2018 - 07h10
Carnaval de Corumbá: atrações tem até hoje para realizar cadastro
 

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.