especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Agronegócios - 01/02/2017 - 14h42

Novilho MS inicia hoje com incentivos para produção de carne com qualidade

Programa substitui o Novilho Precoce, suspenso em 2015




Divulgação/ Acrissul

Sistema de produção e boas práticas agropecuárias serão avaliadas na nova versão.
Por Elci Holsback do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Inicia nesta quarta-feira (1°) a execução do programa Precoce MS, substituto do Novilho Precoce, suspenso em 2015 após 25 anos em operação no Estado.

A resolução quanto as mudanças do programa foram publicadas pela Sepaf (Secretaria de Estado de Produção Agrícola e Familiar) no DOE (Diário Oficial do Estado) em 8 de setembro do ano passado e, além do nome, o subprograma de apoio à modernização da criação de bovinos, traz novas regras e incentivo à utilização de tecnologia para o desenvolvimento da pecuária.

"A versão anterior considerava apenas o animal na avaliação. Agora, será considerado o sistema de produção, boas práticas agropecuárias, idade, uniformidade do lote e acabamento de gordura, entre uma série de variáveis, que garantem a qualidade do lote. Haverá ainda avaliação por pontuação, onde dos 100 pontos avaliados em cada lote, 70 equivalem ao modelo de produção e 30% ao aprimoramento dos processos. Se um lote não tiver ao menos 60% dos animais no padrão, será descartado", destaca o secretário da Sepaf, Fernando Lamas.

O produtor que integrar o programa pode ter isenção de até 67% do valor do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias de Serviços) ao abater o animal precocemente, mantendo a qualidade de carcaça em alto nível, utilizando boas práticas agropecuárias para a melhoria do rebanho e sustentabilidade ambiental. 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
16/01/2018 - 10h30
Ipê-roxo é primeira árvore do Cerrado a ter genoma sequenciado
16/01/2018 - 08h40
Rebanho de MS cresceu para 21.8 milhões de cabeças de gado em 2017, diz Iagro
15/01/2018 - 15h28
Inmet emite alerta de perigo potencial em algumas cidades de MS
15/01/2018 - 07h41
Confira as manchetes desta segunda-feira dos principais jornais do país
12/01/2018 - 08h35
Projeção de aumento no consumo de soja deixa produtores otimistas
 
Últimas notícias do site
18/01/2018 - 10h35
Carnaval de Corumbá: inscrições para concurso de fantasias seguem até 31 de janeiro
18/01/2018 - 09h13
Após Exército, Marinha também entra na luta contra o Aedes aegypti em Corumbá
18/01/2018 - 08h35
PMA prender caçador com armas e munições
18/01/2018 - 08h05
CCZ faz no domingo ação para adoção de gatos e cães resgatados na Capital
18/01/2018 - 07h52
PMA captura tamanduá-mirim em rua de bairro da Capital
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.