REFORMA GOV MS
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
O Estado do Pantanal - 05/01/2017 - 06h45

Corumbá teve 4 mil focos de incêndio em 2016; maior índice do país




Diário Corumbaense

Brigadistas combatem focos em período mais crítico do ano.
Por Priscilla Peres do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Corumbá - distante 419 km de Campo Grande, registrou 4 mil focos de queimada em 2016. O número é o maior do país, segundo dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

Porto Velho, em Rondônia, aparece em segundo no ranking nacional com 3.594 registros de incêndios florestais. São 424 focos a menos do que a cidade sul-mato-grossense localizada na fronteira com a Bolívia.

A nível estadual, Porto Murtinho - na fronteira com o Paraguai, aparece em segundo com 1.130 focos de incêdnio e Aquidauana com apenas 319 registros. As informações são do site Diáro Corumbaense, que também afirma que apesar do começo de ano chuvoso na cidade, as queimadas de janeiro já passam de 20.

O período mais crítico de queimadas na região é entre julho e novembro, quando há menos chuvas e o tempo fica mais cedo. Nessa época são contratados profissionais temporários que integram a brigada de combate às queimadas no Pantanal. Em 2016, o período de atuação das equipe foi reduzido de seis para quatro meses, devido a cortes no orçamento federal.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/05/2017 - 09h41
Cientistas desenvolvem alimentos processados de pescado pantaneiro
16/05/2017 - 14h17
Sete famílias deixam suas casas com início da cheia no Pantanal de MS
12/05/2017 - 09h50
Hidrovia do Rio Paraguai é tema de Road Show em Corumbá
04/05/2017 - 06h29
A palmeira que desponta como novo 'ouro verde' do Brasil
02/05/2017 - 12h05
'Banho de São João', de Corumbá, é selecionado para receber recursos do Ministério do Turismo
 
Últimas notícias do site
24/05/2017 - 16h26
Temer aciona tropas federais para proteger Planalto e ministérios após vandalismo, anuncia Jungmann
24/05/2017 - 15h14
Carreta do Hospital do Câncer terá exames preventivos semana que vem na Capital
24/05/2017 - 15h13
Deputado Dr. Paulo Siufi defende direito de mães à amamentação em local adequado
24/05/2017 - 15h13
FGV Projetos prorroga inscrição para o 2º Processo Seletivo Simplificado para o Censo Agropecuário do IBGE
24/05/2017 - 14h42
Bombeiros de Aquidauana recebem nova viatura de combate a incêndio
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.