especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Polícia - 14/12/2016 - 07h50

Pente-fino na Máxima apreende 33 celulares, drogas e até um tablet




Divulgação/Agepen

Objetos apreendido durante pente-fino na manhã de ontem.
Por Viviane Oliveira do Campo Grande News / Redação Pantanal News

O pente-fino na penitenciária de Segurança Máxima Jair Ferreira de Carvalho apreendeu 33 celulares, 13 carregadores, um tablet, maconha e cocaína. A operação que contou com o apoio de 84 policiais do Batalhão de Choque ocorreu na manhã de ontem (13), dois dias depois de uma tentativa de fuga no presídio.

As vistorias duraram 4 horas e foram feitas nas celas do pavilhão II, ala A, com a participação de 28 agentes penitenciários. No total, foram apreendidos 33 celulares, 13 carregadores, um tablet, 1,100 kg de maconha e 200 gramas de cocaína, conforme o diretor de operação da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), Reginaldo Francisco Régis.

Ainda segundo Regis, no pente-fino realizado na última sexta-feira (9), também na Máxima, foram apreendidos 17 celulares, 13 carregadores e dois fones de ouvido, além de 400 gramas de maconha e 200 gramas de cocaína. A operação foi realizada no pavilhão I, galeria B.

De acordo com o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, como a Máxima tem uma grande quantidade de presos, é necessário que em cada operação pontos diferentes dos prédios sejam vistoriados. Nas últimas semanas, várias ocorrência têm sido registradas na penitenciária como, por exemplo, tentativa de fuga de presos com medo de morrer e suicídios com suspeita de homicídio. 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
11/12/2017 - 14h35
Homens ameaçam policias com faca e são presos
04/12/2017 - 07h31
PMA inicia curso de taxidermia e Educação Ambiental para Policiais Ambientais de 13 estados
04/12/2017 - 07h23
Governador recebe ministro da Educação e autoriza recapeamento em Bonito
04/12/2017 - 06h17
Mulher é autuada por armazenar produtos recicláveis ilegalmente
01/12/2017 - 06h21
PMA autua fazendeiro por funcionar oficina mecânica e área de abastecimento poluindo o solo
 
Últimas notícias do site
15/12/2017 - 06h39
Com poucas chances de chuva, 6ª-feira será de sol e altas temperaturas
14/12/2017 - 06h35
Após trégua, 5ª-feira terá pancadas de chuva em várias cidades de MS
13/12/2017 - 08h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira
13/12/2017 - 07h58
Azambuja se reúne com empresa e dá posse ao novo secretário de Saúde
13/12/2017 - 06h54
'Dog itinerante': Este cachorrinho já visitou mais cidades que muita gente
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.