zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Artigos - 13/12/2016 - 14h30

A Epopéia do Juruá – Parte II




Fotos: Divulgação










Por Hiram Reis e Silva*

 Hiram Reis e Silva, Bagé, RS, 13 de dezembro de 2016.

Inovação é o combustível do desenvolvimento.
Sem ela, a mediocridade se torna o único objetivo alcançável.
(Elton Simões Noblat)

 

O Colégio Militar de Porto Alegre foi brindado, no dia 04.05.2009, com a visita de um ilustre ex-aluno do velho Casarão da Várzea. Meu caro amigo e Ir Coronel Leonardo Roberto Carvalho de Araújo, na oportunidade, fez uma breve apresentação do General-de-Exército Ítalo Fortes Avena – primeiro ex-aluno da 2ª fase do CMPA a atingir esse posto e, na época, Chefe do Departamento de Engenharia e Construção. Disse o Coronel Araujo:

Currículo Informal do Gen Ex Ítalo Fortes Avena

O General-de-Exército Ítalo Fortes Avena, gaúcho de Cachoeira do Sul, foi aluno do CMPA no ano de 1963.

Oficial da Arma de Engenharia formado pela AMAN, em 1969, é Mestre e Doutor em Ciências Militares, possuindo ainda os cursos de Guerra na Selva e Pavimentação Rodoviária.

Sua paixão pela Engenharia e pelo trabalho em prol das populações mais carentes fê-lo construir a maior parte de sua brilhante carreira militar no Norte e Nordeste do País, onde comandou o 7° Batalhão de Engenharia de Construção, sediado em Cruzeiro do Sul, Acre, a 8ª RM, Belém, PA, e a 12ª RM, Manaus, AM. Só na Amazônia, foram 14 anos de serviço. Em Brasília, foi o Diretor de Obras e Cooperação do Exército e como era de se esperar, ao ser promovido a General-de-Exército, coube-lhe chefiar o Departamento de Engenharia e Construção.

Conhecido e reconhecido nacional e internacionalmente pela grande capacidade inovadora e empreendedora, foi um dos artífices do retorno do Exército às grandes obras de engenharia no Brasil, como a duplicação da BR-101 (Nordeste), a transposição do Rio São Francisco, a construção e ampliação de aeroportos, portos e gasodutos, a recuperação de estradas e muitas outras grandes obras de elevado alcance econômico e social.

Chamado por muitos na Amazônia de “o General da ação social”, é patrono de iniciativas de grande impacto social, que fizeram com que o Governador do Amazonas dissesse que ele tem suas impressões digitais gravadas no desenvolvimento do Amazonas. Algumas iniciativas:

‒  os Projetos Asas da Bola e Esporte Clube Asa da Amazônia incentivam a prática do futebol entre crianças carentes de seis anos ou mais, que são treinadas por atletas reconhecidos na Agremiação de Subtenentes e Sargentos da Amazônia (ASA). Os projetos visam também apoiar os pais e o desenvolvimento da família, criar estrutura familiar e assim apoiar ainda mais o jovem atleta na prática do esporte, contribuindo para formar o cidadão para ele seja um verdadeiro craque na vida.

    Vídeo: Projetos Asas da Bola

    Link: https://www.youtube.com/watch?v=0tKFrMvWMp8

‒  Em convênio com o SEBRAE do Amazonas, o Gen Avena possibilitou levar os serviços de educação à distância dessa entidade para cerca de 27 mil pessoas do Estado que vivem em comunidades fronteiriças de dificílimo acesso.

‒  No apoio técnico à agricultura, possibilitou que alunos concludentes das Escolas Agrotécnicas Federais da região amazônica ingressassem como Sargentos Técnicos Temporários junto a Organizações Militares, obtendo assim o máximo de autonomia na produção de alimentos nas áreas de fronteira. Além disso, os Sargentos estão autorizados a prestar apoio às comunidades fronteiriças, proporcionando-lhes a mesma assistência dada ao pelotão de fronteira, ensinando-lhes as técnicas de plantio e intermediando, junto ao governo, por intermédio da RM, a obtenção dos insumos. A idéia geral foi diminuir os custos logísticos e proporcionar emprego e renda nas áreas de fronteira, fixando o homem à terra, atraindo investimentos, viabilizando a permanência de contingentes cada vez maiores e mais produtivos nessas remotas regiões.

    Vídeo: Sargento Agrário

    Link: https://www.youtube.com/watch?v=LITB2Kpjles

‒  Em parceria com o governo do Estado e com produtores rurais, engajou o Exército no Programa de Regionalização da Merenda Escolar, possibilitando a inclusão de produtos regionais no cardápio da tropa da região amazônica, contribuindo para desenvolver a agricultura regional e oferecer uma alimentação já familiar à maioria do contingente.

Embora seja conhecido em meios empresariais como “o maior empreiteiro do Brasil”, o Gen Avena afirma que o Exército não é uma empreiteira, mas sim um órgão público que trabalha em ritmo de excelência. Sintonizado com a tecnologia, o Gen Ítalo Fortes Avena foi o primeiro General da ativa a ter um perfil no Orkut. Por fim, alguns anos antes de Barak Obama criar o famoso “Yes, we can”, cabe citar uma frase que o Gen Avena cunhou e que sintetiza o profissional que é:

– Se temos capacidade de realizar, por que vamos dizer não?

O Gen Avena ao despedir-se do serviço ativo foi convidado, pela Organização das Nações Unidas, para ser Consultor Militar daquela entidade.

(*) Hiram Reis e Silva é Canoeiro, Coronel de Engenharia, Analista de Sistemas, Professor, Palestrante, Historiador, Escritor e Colunista;

Membro do 4° Grupamento de Engenharia do Comando Militar do Sul (CMS)

Ex-Professor do Colégio Militar de Porto Alegre (CMPA);

Ex-Pesquisador do Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx);

Presidente da Sociedade de Amigos da Amazônia Brasileira (SAMBRAS);

Presidente do Instituto dos Docentes do Magistério Militar – RS (IDMM - RS);

Sócio Correspondente da Academia de Letras do Estado de Rondônia (ACLER)

Membro da Academia de História Militar Terrestre do Brasil – RS (AHIMTB – RS);

Membro do Instituto de História e Tradições do Rio Grande do Sul (IHTRGS);

Colaborador Emérito da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG).

Colaborador Emérito da Liga de Defesa Nacional (LDN).

E-mail: hiramrsilva@gmail.com;

Blog: desafiandooriomar.blogspot.com.br

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/04/2017 - 15h12
Adolescentes em risco de suicídio e o jogo da Baleia Azul
18/04/2017 - 15h00
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte IV
18/04/2017 - 14h55
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte III
18/04/2017 - 14h50
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte II
18/04/2017 - 14h45
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte I
 
Últimas notícias do site
20/04/2017 - 16h22
Deputado Dr. Paulo Siufi recebe Medalha Tiradentes da PM de MS
20/04/2017 - 16h15
Dr. Paulo Siufi cobra cumprimento de lei que monitora eletronicamente os exames de direção veicular
20/04/2017 - 16h02
Ação humana coloca em xeque a conservação de aves do Pantanal
20/04/2017 - 15h48
Conab enviará mais 59,45 mil t de milho para municípios do Norte e Nordeste
20/04/2017 - 15h12
Adolescentes em risco de suicídio e o jogo da Baleia Azul
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.