zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Polícia - 05/12/2016 - 15h14

No primeiro mês de piracema, PMA registra aumento de 100% nas apreensões

Comparado ao mesmo período de 2015, mais pessoas foram autuadas e quantidade de peixe recolhida dobrou




Divulgação/PMA

Coxim foi o município com maior registro de apreensões.
Por Elci Holsback do Campo Grande News / Redação Pantanal News

As apreensões de pescado ilegal no primeiro mês de piracema nos rios de Mato Grosso o Sul já é 100% acima dos registros do mesmo período de 2015, segundo a PMA (Polícia Militar Ambiental).

Entre 5 de novembro e 5 de dezembro de 2016 foram apreendidos 513 kg de pescado, enquanto que em 2015 a apreensão registrou 228 Kg no mesmo período. No ano passado nove pessoas foram presas autuadas por crime ambiental de pesca no período reprodutivo dos peixes, enquanto neste primeiro mês de ação a PMA autuou 19 pessoas pelo crime. O município onde houve mais apreensões foi Coxim - distante 260 km de Campo Grande, com 274 Kg de pescado recolhido. O valor das multas até o momento é de R$ 41.360 mil, enquanto em 2015 o mesmo período registrou R$ 38.300 mil.

De acordo com a PMA, as pessoas autuadas e presas irão responder processo criminal e podem, se condenadas, pegar pena de um a três anos de detenção (Lei Federal 9.605/1998) e pagar multa administrativa , que varia de R$ 700 a R$ 100 mil, mais R$ 20,00 por quilo do pescado irregular.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
23/10/2017 - 07h41
PMA e parceiros realizam Educação Ambiental para alunos em escolas ribeirinhas e indígenas
20/10/2017 - 14h13
PMA autua proprietária rural por exploração ilegal de madeira
20/10/2017 - 12h30
PMA autua jovem por manter ave silvestre em cativeiro
20/10/2017 - 10h45
PMA autua pescador e apreende barco, motor e 10 kg de pescado
20/10/2017 - 09h09
PMA prende jovem com rifles e munições ilegais
 
Últimas notícias do site
23/10/2017 - 09h54
Prefeito de Corumbá representa o Brasil em seminário internacional do FONPLATA sobre hidrovia
23/10/2017 - 08h55
Semana em MS começa com 169 vagas em concursos públicos
23/10/2017 - 07h41
PMA e parceiros realizam Educação Ambiental para alunos em escolas ribeirinhas e indígenas
23/10/2017 - 07h40
Em oito dias, Mato Grosso do Sul registra queda de 55 mil raios
23/10/2017 - 07h02
Medidas anunciadas por Temer farão ressurgir o rio Taquari, diz Ruiter
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.