zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meteorologia - 30/11/2016 - 12h33

Temperatura em MS pode aumentar até 5,8ºC nas próximas décadas

Estudo que será apresentado nesta quarta-feira detalha essa projeção. Projeto foi desenvolvido pela Fiocruz e Ministério do Meio Ambiente.




Por G1 MS / Redação Pantanal News

Propriedade alagada durante o ciclo de cheia do Pantanal em Mato Grosso do Sul (Foto: Nicoli Dichoff/Embrapa Pantanal)Ciclo das águas do Pantanal pode sofrer alterações com as mudanças climáticas no estado (Foto: Nicoli Dichoff/Embrapa Pantanal)

Entre 2014 e 2070 a temperatura em Mato Grosso do Sul poderá aumentar de 4,8ºC a 5,8ºC, tornando o clima no estado mais quente e seco. Essa é uma das projeções do projeto Vulnerabilidade à Mudança do Clima, iniciativa da Fiocruz em parceria com o Ministério do Meio Ambiente, que apresentará seu resultados nesta quarta-feira (29), às 9h (de MS), em um seminário no Grand Park Hotel, em Campo Grande.

O estudo inédito avaliou a vulnerabilidade à mudança do clima nos 79 municípios do estado. Para o desenvolvimento da pesquisa, além de informações sobre essas alterações, foram considerados dados de cada cidade sobre preservação ambiental e população, como saúde e condições socioeconômicas. Também foram analisadas doenças como dengue, leptospirose, leishmaniose tegumentar americana e visceral, mortalidade por diarreia e acidentes com animais peçonhentos.

O seminário em que serão apresentados esses resultados faz parte do projeto Vulnerabilidade à Mudança do Clima. O objetivo da iniciativa é avaliar os riscos gerados pelas alterações climáticas às populações nas cinco regiões do país e criar uma ferramenta, um software, para calcular a vulnerabilidade humana à mudança do clima em seis estados: Amazonas, Espírito Santo, Maranhão, Paraná, Pernambuco e Mato Grosso do Sul, este último escolhido para representar a região Centro-Oeste.

Devem participar da apresentação dos resultados do projeto nesta quarta-feira a representante do Ministério do Meio Ambiente, Lia Mendes Cruz; o secretário estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck; a diretora de desenvolvimento do Instituto de Meio Ambiente do Mato Grosso do  Sul, Thais de Azambuja Caramori; o coordenador estadual de Vigilância em Saúde Ambiental, Karyston Adriel; o coordenador do projeto, Ulisses Confalonieri e a mestranda responsável pelo pesquisa sobre o estado, Isabela Brito.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
28/06/2017 - 06h15
Quarta-feira sem previsão de chuvas, com ar seco e máxima de 32ºC no Estado
23/06/2017 - 14h06
Fim de semana será de clima seco, com noites frias e tardes ensolaradas
19/06/2017 - 11h16
Neblina encobre céu da Capital e sensação térmica é de 0ºC no interior
16/06/2017 - 15h30
Fim de semana ainda será de calor e temperatura começa a cair na 2ª feira
14/06/2017 - 14h23
Feriado terá céu nublado e névoa úmida, mas termômetros de até 34ºC
 
Últimas notícias do site
28/06/2017 - 12h48
Gás de cozinha começa a faltar em MS e preço deve subir ainda mais
28/06/2017 - 11h25
Produtos típicos de festa junina estão até 18% mais caros neste ano
28/06/2017 - 10h35
IFMS abre vagas para pós-graduação em Aquidauana, Corumbá e Naviraí
28/06/2017 - 09h09
Polícia Militar recupera motocicleta furtada
28/06/2017 - 08h00
Retirada dos jacarés de cartão postal de MS é suspensa por causa de risco à multidão
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.