zap
GOV EMPREGO 22-06
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meteorologia - 03/11/2016 - 06h00

‘Nuvem rolo’ anuncia chegada da chuva a MS e rende imagens incríveis

Moradores fizeram fotos de fenômeno no início da manhã desta quinta-feira




Por Anahi Zurutuza e Helio de Freitas, de Dourados do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Nuvem tomando conta do céu de Dourados, às 6h (Foto: Auro Otsubo)Nuvem tomando conta do céu de Dourados, às 6h (Foto: Auro Otsubo)

Fotos tiradas em cidades do sul de Mato Grosso do Sul que circulam no WhatsApp impressionam por mostrar nuvens carregadas tomando conta do céu. Apesar da previsão de temporal e do “anúncio” da aproximação da tempestade pela manhã, em Dourados, por exemplo, só foram registrados 6 milímetros de chuva e o vento foi o responsável pelos estragos.

 

Segundo Vicente Chencarek, o coordenador da Defesa Civil de Dourados, as rajadas de vento de 55 km/h foram responsáveis por derrubar ao menos 15 árvores e destelhar quatro casas da maior cidade do cone sul – distante 228 km de Campo Grande. Não houve alagamentos.

As árvores atingiram a rede elétrica, atrapalharam o trânsito e uma delas caiu sobre um veículo onde estavam três pessoas. A queda aconteceu quando o carro passava pela rua Benjamim Constant entre a avenida Marcelino Pires e Joaquim Teixeira Alves, no centro da cidade. A Defesa Civil foi acionada e ajudou no socorro, mas nenhum dos ocupantes ficou ferido.

O temporal deixou rastro de destruição em outras cidades do sul do Estado, como Bela Vista, Ivinhema e Nova Andradina.

 
Foto também feita por servidor da Embrapa de Dourados (Foto: Auro Otsubo)Foto também feita por servidor da Embrapa de Dourados (Foto: Auro Otsubo)
 
‘Nuvem rolo’ se aproximando de uma das cidades do sul do Estado (Foto: Direto das Ruas)‘Nuvem rolo’ se aproximando de uma das cidades do sul do Estado (Foto: Direto das Ruas)
 
Foto que teria sido tirada em Rio Brilhante (Foto: Direto das Ruas)Foto que teria sido tirada em Rio Brilhante (Foto: Direto das Ruas)

Imagens – Uma das fotos que chegou ao Campo Grande News foi feita pelo servidor da Embrapa Agropecuária Oeste, Auro Otsubo. Ele fotografou o fenômeno logo cedo, do 9º andar de um prédio localizado na rua Albino Torraca, no centro da cidade. “Acordei, olhei para fora e vi aquele mostro, parecia uma nave, vinha se aproximando muito rápido, tomando conta do céu. Achei muito bonito também, então em fotografei e compartilhei nos grupos [do WhatsApp]”.

Otsubo é agrônomo e trabalha como chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia na Embrapa, mas não sabe exatamente do que fenômeno se trata. “Acredito que seja a frente fria se aproximando”.

Ele conta que apesar do susto, a “mega-nuvem” passou rápido pela cidade. 

Outras imagens teriam sido feitas em Caarapó e Rio Brilhante - a 283 km e 163 km da Capital, respectivamente.

‘Nuvem rolo’ – Fenômeno parecido já foi registrado em outras cidades brasileiras. O G1 do Espírito Santo fez matéria sobre a “nuvem rolo” em Guarapari, cidade do interior do Estado, em agosto deste ano.

O Incaper (Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural) explicou à reportagem do G1 que a motivação deste tipo de nuvem ainda não é um consenso entre a comunidade científica de meteorologia.

A teoria mais aceita é que o processo de formação está relacionado a um contraste entre massas de ar de diferentes tipos, temperaturas, umidade, densidade e a forte variação da velocidade do vento.

Os ventos sopram de direções diferentes na base e no topo da nuvem, dando o formato circular a ela. 

Previsão – O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) prevê tempo instável para amanhã (3), principalmente no norte e nordeste do Estado, mas as chuvas serão com menor intensidade. Continua chovendo fraco até domingo. Temperaturas variam de 12ºC a 31ºC nesta quinta-feira.

Em Campo Grande há possibilidade de chover amanhã à tarde e à noite. Os termômetros marcam mínima de 19ºC e máxima de 25ºC.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
28/06/2017 - 06h15
Quarta-feira sem previsão de chuvas, com ar seco e máxima de 32ºC no Estado
23/06/2017 - 14h06
Fim de semana será de clima seco, com noites frias e tardes ensolaradas
19/06/2017 - 11h16
Neblina encobre céu da Capital e sensação térmica é de 0ºC no interior
16/06/2017 - 15h30
Fim de semana ainda será de calor e temperatura começa a cair na 2ª feira
14/06/2017 - 14h23
Feriado terá céu nublado e névoa úmida, mas termômetros de até 34ºC
 
Últimas notícias do site
28/06/2017 - 12h48
Gás de cozinha começa a faltar em MS e preço deve subir ainda mais
28/06/2017 - 11h25
Produtos típicos de festa junina estão até 18% mais caros neste ano
28/06/2017 - 10h35
IFMS abre vagas para pós-graduação em Aquidauana, Corumbá e Naviraí
28/06/2017 - 09h09
Polícia Militar recupera motocicleta furtada
28/06/2017 - 08h00
Retirada dos jacarés de cartão postal de MS é suspensa por causa de risco à multidão
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.