TRANSPARENCIA GOV DEZ
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 31/10/2016 - 10h20

Ambulantes mantêm tradição e iniciam vendas de flores em cemitérios




Por Priscilla Peres e Thailla Torres do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Ambulantes já estão posicionados em frente aos cemitérios para as vendas. (Foto: Fernando Antunes)Ambulantes já estão posicionados em frente aos cemitérios para as vendas. (Foto: Fernando Antunes)Na quarta-feira, 2 de novembro, é feriado nacional em alusão ao Dia de Finados. Todos os anos, dezenas de ambulantes aproveitam a data para complementar a renda e de olho no movimento, desde sábado há barracas em frente aos cemitérios com flores à venda.

Em frente ao cemitério Santo Amaro, há vários ambulantes vendendo seus produtos nesta segunda-feira (31). Eles contam que várias pessoas já estão indo ao local fazer limpeza e visitas e por isso, as vendas já começaram.

A artesã e decoradora Shayene Barros, 25 anos, é de Jardim e conta que está desde sábado no local. Aos clientes, oferece flores artificiais com preços que variam entre R$ 2 a R$ 25. "É uma tradição da família. Há 20 anos vendemos flores aqui. Começou com a minha avó, minha mãe e agora eu", conta.

Servia Lourdes, de 70 anos, vende flores há 40 anos em frente ao cemitério e já percebeu aumento nas vendas desde domingo. "No dia 2 é muita gente. Não sei nem quantas flores eu vendo", conta ela que tem flores artificiais a partir de R$ 2, Velas a partir de R$ 3 e flores naturais por R$ 15 .

Os visitantes confirmam o movimento antecipado e contam que é uma forma de evitar filas. Diná Haluco Tamasiro, 65 anos, foi ao cemitério hoje fazer a limpeza do túmulo de seus parentes. "Viemos hoje porque não dá pra entrar com o carro amanhã. No dia 2 a gente volta pra fazer a oração e acender as velas", diz.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
05/12/2017 - 11h16
Prefeito discute corredor bioceânico e gás natural com Evo Morales
04/12/2017 - 15h51
Em Brasília, prefeito busca recursos para saúde e infraestrura
01/12/2017 - 12h48
Projeto Florestinha realiza Educação Ambiental para alunos em Corumbá
30/11/2017 - 08h12
Reinaldo recebe ministro das Cidades para entrega de 327 casas no interior
29/11/2017 - 07h05
Com chilenos, Prefeitura defende Rota Bioceânica passando por Corumbá
 
Últimas notícias do site
15/12/2017 - 16h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 39 milhões neste sábado
15/12/2017 - 16h02
Veado e tatu são resgatados e devolvidos a natureza
15/12/2017 - 12h35
Comandante e Subcomandante da PMA de Corumbá são homenageados
15/12/2017 - 12h01
PMA autua proprietário rural por armazenamento ilegal de embalagens de agrotóxicos
15/12/2017 - 10h56
Fazendeiro é autuado por armazenamento ilegal de madeira
 

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.