CARNAVAL CORUMBÁ 2018
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Polícia - 17/10/2016 - 12h22

Polícia ambiental autua 28 pessoas e triplica valor de multas em operação




Divulgação PMA

Em dez dias, foram retiradas dez redes de pesca dos rios.
Por Priscilla Peres do Campo Grande News / Redação Pantanal News

A PMA (Polícia Militar Ambiental) encerrou hoje a operação de fiscalização nos rios de MS, intitulada Padroeira do Brasil. Em 10 dias, 18 pessoas foram autuadas por pesca ilegal, outras dez presas por crimes ambientais, 157 kg de pescado apreendido e R$ 246,7 mil em multadas.

De acordo com o balanço divulgado hoje, a ação aconteceu dentro da operação pré-piracema que segue até o dia 6 de novembro, e contou com efetivo de 362 homens em todo o Estado.

 

Das 18 autuações por pesca ilegal, quatro pescadores foram presos por pesca predatória, além de 157 kg de pescado apreendidos, quatro barcos e quatro motores de popa foram removidos dos rios. Só de redes de pesca, aPMA apreendeu 43 e 394 anzóis de galho.

Em relação com o ano passado, foram três pessoas a mais autuadas este ano, mas o valor da multa passou de R$ 78 mil em 2015 para R$ 246,7 mil este ano.

Neste ano, a PMA afirma que intensificou as ações para combater o tráfico de animais silvestres, devido ao período de reprodução do papagaio, que é o animal mais traficado. Além da fiscalização na divisa com esse Estado, principalmente por causa do fechamento da pesca nos rios do Mato Grosso.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
15/01/2018 - 13h25
Com uso de drone, PMA autua em R$ 43 mil fazendeiro por desmatamento
13/01/2018 - 08h15
Fazendeiro é multado em R$ 10,5 mil por desmatamento ilegal
12/01/2018 - 15h07
Fazendeiro é autuado em R$ 20 mil por erosões, degradação e assoreamento de córrego
12/01/2018 - 08h00
Dupla de pescadores é presa com 255 kg de peixe capturados durante piracema
11/01/2018 - 08h10
PRF apreende carga de madeira ilegal e PMA multa empresa em R$ 6 mil
 
Últimas notícias do site
16/01/2018 - 15h43
Secretaria disponibiliza 80 mil doses de vacina contra febre amarela em MS
16/01/2018 - 14h30
Obra de qualidade é uma das marcas do Governo, diz Rose depois de visitar Corumbá
16/01/2018 - 10h30
Ipê-roxo é primeira árvore do Cerrado a ter genoma sequenciado
16/01/2018 - 08h40
Rebanho de MS cresceu para 21.8 milhões de cabeças de gado em 2017, diz Iagro
16/01/2018 - 08h34
Prefeitura de Corumbá implanta ponto eletrônico
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.