especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Agronegócios - 17/10/2016 - 07h57

Nova etapa de fiscalização de estoques públicos

Mato Grosso do Sul e outros cinco Estados recebem a partir desta segunda-feira (17), a 8ª etapa de fiscalização de estoques públicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).




Por Assessoria / Redação Pantanal News

Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul recebem a partir desta segunda-feira (17), a 8ª etapa de fiscalização de estoques públicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A operação acontece até o dia 4 de novembro. Os fiscais da Conab aproveitarão a operação para fazer também o cadastro de novos armazéns nos estados visitados.

Nesta rodada, os técnicos da Conab esperam vistoriar 60 armazéns públicos e privados com mais de 217 mil toneladas de grãos como arroz, milho, feijão e trigo, farinha e fécula de mandioca e café. Os fiscais observarão, entre outros quesitos, as condições de armazenagem e conservação e a quantidade dos estoques armazenados.

Este ano, já foram inspecionadas 4,94 milhões de toneladas de produtos, em 569 armazéns em todo o país. Nas etapas anteriores, 141 técnicos da Companhia apuraram 3,08 mil toneladas de perdas naturais, 65,73 mil t de desvios, 1,33 mil t fora do padrão.  Também foram desclassificadas, por perda de qualidade, 31,13 mil t de café e feijão.

Em todos os casos, os armazenadores responsáveis terão que ressarcir a estatal, conforme contrato de perda zero assinado entre as partes. Os desvios são informados ao Ministério Público e à Polícia Federal. Além disso, a armazenadora fica impossibilitada de operar com a Companhia por dois anos e deve restituir o estoque inicial em dinheiro ou em produto.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/02/2018 - 10h50
Chuva desde madrugada alaga casas e interdita rodovia de acesso ao Pantanal de MS
23/01/2018 - 13h23
Brasil entra na corrida para desenvolver mandioca com amido ceroso
23/01/2018 - 10h20
Unidades de conservação podem ser administradas por parcerias público-privadas
16/01/2018 - 10h30
Ipê-roxo é primeira árvore do Cerrado a ter genoma sequenciado
16/01/2018 - 08h40
Rebanho de MS cresceu para 21.8 milhões de cabeças de gado em 2017, diz Iagro
 
Últimas notícias do site
20/02/2018 - 15h56
Cerca de 30 famílias estão desabrigadas em Aquidauana e rio pode alagar cidade, diz Defesa Civil
20/02/2018 - 10h50
Chuva desde madrugada alaga casas e interdita rodovia de acesso ao Pantanal de MS
20/02/2018 - 09h36
Capital acumula 188 milímetros de chuva, quase o esperado no mês
20/02/2018 - 08h30
Cidades de MS amanhecem com ‘cara de inverno’ após madrugada chuvosa
19/02/2018 - 06h49
Semana começa com garoa e previsão é de tempo instável em MS
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.