especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 05/10/2016 - 09h32

Greve fecha 54 agências em 13 cidades da região; bancos marcam negociação

Em Dourados, Itaú pediu recurso contra piquete de sindicalistas, mas juiz do Trabalho negou interdito proibitório




Divulgação

Greve fecha todas as agências bancárias em Dourados.
Por Helio de Freitas, de Dourados, do Campo Grande News / Redação Pantanal News

A greve dos bancários mais longa dos últimos 12 anos completa um mês nesta quarta-feira (5) e na região de Dourados são 54 agências fechadas em 13 municípios. São pelo menos 600 trabalhadores de bancos sem trabalhar há um mês.

Todos os dias, os autoatendimentos das agências permanecem lotados e em muitos o dinheiro para saque acaba antes do fim do dia.

De acordo com o sindicato da categoria, a paralisação afeta diretamente a população e pode prejudicar as vendas para o Dia das Crianças. Entretanto, existe possibilidade de um acordo entre bancos e trabalhadores.

Conforme o sindicato de Dourados, na noite de ontem a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) enviou comunicado ao comando nacional de greve, em São Paulo, marcando uma nova rodada de negociação para hoje às 17h, na capital paulista.

Recurso do Itaú – Nesta semana, a agência do Itaú em Dourados, a 233 km de Campo Grande, recorreu à Justiça do Trabalho para tentar acabar com o piquete de sindicalistas e grevistas na porta do estabelecimento.

No recurso, o banco alegou que integrantes do Sindicato dos Bancários de Dourados promoveram manifestação e impediram uma funcionária de entrar no local para cumprir sua jornada de trabalho.

Entretanto, o juiz da 1ª Vara do Trabalho negou o pedido de interdito proibitório do Itaú. Segundo a decisão, as atas notariais apresentadas deixaram claro que o direito de ir e vir estava preservado dentro das agências e que as atividades paralisadas são parte do movimento de greve.

“Nenhuma evidência há nos autos de que eles procederam mediante o emprego de violência física ou moral. Significa dizer que não há provas, nem mesmo indiciárias, do alegado abuso no exercício do direito de greve”, afirmou o magistrado.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
18/01/2018 - 08h05
CCZ faz no domingo ação para adoção de gatos e cães resgatados na Capital
16/01/2018 - 08h34
Prefeitura de Corumbá implanta ponto eletrônico
15/01/2018 - 10h28
Corumbá retoma serviço de pavimentação de alamedas com recursos próprios
12/01/2018 - 07h52
Governadora em exercício visita três cidades afetadas pela chuva nesta 6ª
03/01/2018 - 09h56
Bombeiros fazem salvamento de gatinho preso em rede de escola
 
Últimas notícias do site
18/01/2018 - 10h35
Carnaval de Corumbá: inscrições para concurso de fantasias seguem até 31 de janeiro
18/01/2018 - 09h13
Após Exército, Marinha também entra na luta contra o Aedes aegypti em Corumbá
18/01/2018 - 08h35
PMA prender caçador com armas e munições
18/01/2018 - 08h05
CCZ faz no domingo ação para adoção de gatos e cães resgatados na Capital
18/01/2018 - 07h52
PMA captura tamanduá-mirim em rua de bairro da Capital
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.