zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 22/09/2016 - 08h18

Após pausa nos saltos, céu de Campo Grande volta a ver paraquedas em outubro




Por Paula Maciulevicius do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Pantanal Paraquedismo acontece de 10 a 13 de outubro.  (Foto: Pantanal Paraquedismo)Pantanal Paraquedismo acontece de 10 a 13 de outubro. (Foto: Pantanal Paraquedismo)São os 45 segundos mais longos para quem vê uma cidade de cima. A 10, 12 mil pés, o céu faz parte do trajeto de quem arrisca a brincar de voar. Depois de uma pausa, o paraquedismo em Campo Grande tem data para voltar. Em outubro, quem sentiu muita falta dos saltos se empenhou para encher de colorido o céu por quatro dias.

 

Nos últimos anos, os paraquedistas atletas e amadores tinham de ir até Boituva, no interior de São Paulo. Agora são os equipamentos e profissionais deles que vem para cá. A iniciativa é do consultor de tecnologias para educação, Rodrigo César de Faria Corrêa, conhecido no meio como Donatelo.

“Tem os seguintes propósitos, primeiro de realizar o sonho daqueles que nunca saltaram, fomentar o esporte no Estado e também tem um cunho social, parte da renda será destinada a uma instituição de combate às drogas”, explica.

 
Saltos serão duplos, de passageiro e instrutor.  (Foto: Pantanal Paraquedismo)Saltos serão duplos, de passageiro e instrutor. (Foto: Pantanal Paraquedismo)

Donatelo tem 39 anos de idade e quase 20 de paraquedismo. Conheceu o salto aqui, depois se mudou para o estado vizinho, Mato Grosso e quando retornou, não encontrou mais os colegas. “Me desloquei para o Centro Nacional de Paraquedismo, em São Paulo, e vi que muitos acabaram se mudando para lá. Aí tivemos a ideia de fazer o evento para reunir novamente os atletas”, completa.

De paraquedistas sul-mato-grossenses inscritos no 1º Pantanal Radical, já são 15, mas a expectativa é de reunir mais. O nome “Pantanal” é por enquanto apenas para chamar atenção. Os saltos serão de 10 a 13 de outubro, partindo do aeroporto Santa Maria.

Para quem nunca saltou, mas tem curiosidade de conhecer a sensação, Donatelo descreve como sendo o ápice da liberdade. “Em primeiro lugar, a liberdade. A sensação real de voo em queda livre. No primeiro momento, causa estranheza, mas depois você começa a ver que é possível uma movimentação”, explica. “É uma sensação que todo ser humano deveria ter pelo menos uma vez na vida”, completa.

De cada 10 pessoas que saltam, segundo o paraquedista, pelo menos três procuram fazer o curso e dar continuidade. No evento, as opções de salto duplo, junto do instrutor que “pilota” o paraquedas, começam com valores a partir de R$ 649,00 que podem incluir a gravação de imagens e fotos. 

 
Pacotes de saltos incluem filmagem e fotos (Foto: Pantanal Paraquedismo)Pacotes de saltos incluem filmagem e fotos (Foto: Pantanal Paraquedismo)

“O passageiro, neste caso, vai acoplado junto ao instrutor. Então ele sente, curte a sensação de queda livre por praticamente 45 segundos. Se você marcar e imaginar em queda, vai ver que o tempo se torna uma eternidade”, descreve Donatelo.

Depois que o paraquedas é aberto, o instrutor pode entregar as cordinhas ao passageiro, para que ele tenha a noção de como funciona o paraquedas. Quem escolhe a opção com imagens tem, desde o making off, até o pouso. E no ar, além da reação do salto, quando o paraquedas abre, se conseguir, a pessoa ainda pode descrever como é.

“A primeira reação é a histeria, grito de felicidade, mas são as mais diversas que você possa imaginar, sempre de muita euforia e alegria”, resume. E no chão, a vontade unânime é uma só: de ir de novo.

Não há grandes restrições para o salto que pode ser feito por idosos, cadeirantes e até amputados. Depois de comprado o ticket no site, a organização marca uma agenda para explicar ao passageiro os requisitos e o horário do salto.

No local, ele recebe todas as instruções. “Aí depois é só se preparar e saltar”, diz Donatelo. Para o evento, quem comprar as imagens ainda pode ver o vídeo sendo passado no telão do Blues Bar durante o final de semana.

Informações pelo site http://www.pantanalparaquedismo.com.br.

Ver Campo Grande do alto e fomentar o esporte é a ideia do evento. (Foto: Pantanal Paraquedismo)Ver Campo Grande do alto e fomentar o esporte é a ideia do evento. (Foto: Pantanal Paraquedismo)

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
19/10/2017 - 09h01
Móveis confeccionados por reeducandos de Aquidauana são doados à Pestalozzi
18/10/2017 - 16h10
Central 0800 permite solicitação de serviços referentes à iluminação pública
16/10/2017 - 10h55
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
16/10/2017 - 10h16
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
13/10/2017 - 06h12
Aeroporto Internacional opera normalmente nesta sexta-feira
 
Últimas notícias do site
19/10/2017 - 15h13
Em 2016, caiu o percentual de pessoas que trabalhavam em empreendimentos de grande porte
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
19/10/2017 - 13h30
Projeto Florestinha planta mudas nativas para recuperação de área
19/10/2017 - 11h21
PM e população de Aquidauana se aproximam por uma cidade tranquila
19/10/2017 - 10h58
PMA captura anta que transitava por ruas em bairro
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.