zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 06/09/2016 - 10h12

Greve de 700 bancários atinge 55 agências em 13 cidades da região




Divulgação

Agências bancárias não abrem hoje em Dourados e outras 12 cidades da região.
Por Helio de Freitas, de Dourados, do Campo Grande News / Redação Pantanal News

A greve dos bancários, iniciada nesta terça-feira (6) em todo o país, vai atingir 55 agências em Dourados e outras 12 cidades da região que fazem parte da base do sindicato local. De acordo com a assessoria de imprensa da entidade, apenas 20% dos 700 bancários vão continuar trabalhando, em serviços internos.

Em Dourados são 25 agências bancárias com 390 bancários, que só terão expediente interno. Os terminais de autoatendimentos e os serviços essenciais, como compensação de cheque, devem funcionar.

Na região que compreende a base sindical de Dourados são mais 12 cidades com 30 agências e 310 bancários. A expectativa do sindicato é de adesão gradativa à greve, já que no primeiro dia da paralisação aderiram apenas os bancários de Dourados, Douradina, Nova Alvorada do Sul e Vicentina.

“Se a Fenaban não fizer outra proposta, em poucos dias a greve deve atingir as 13 cidades da base sindical de Dourados”, informou o secretário geral do sindicato, Edson Rigoni.

Reivindicações – Segundo o sindicato, a greve foi iniciada após os bancos oferecerem proposta de reajuste que não repõe a inflação de 6,5%, o que representaria perda real de 2,8%, levando em conta uma inflação de 9,57%.

“Além dos salários, esse reajuste rebaixado significaria, em um ano, uma perda de R$ 436,39 nos vales alimentação e refeição, se levada em conta a inflação projetada. Os bancos tentaram confundir os trabalhadores com mensagens nas suas intranets, somando o abono de R$ 3 mil proposto ao índice de 6,5%, como se isso significasse aumento real para os salários”, afirma o sindicato.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
19/10/2017 - 09h01
Móveis confeccionados por reeducandos de Aquidauana são doados à Pestalozzi
18/10/2017 - 16h10
Central 0800 permite solicitação de serviços referentes à iluminação pública
16/10/2017 - 10h55
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
16/10/2017 - 10h16
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
13/10/2017 - 06h12
Aeroporto Internacional opera normalmente nesta sexta-feira
 
Últimas notícias do site
19/10/2017 - 15h13
Em 2016, caiu o percentual de pessoas que trabalhavam em empreendimentos de grande porte
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
19/10/2017 - 13h30
Projeto Florestinha planta mudas nativas para recuperação de área
19/10/2017 - 11h21
PM e população de Aquidauana se aproximam por uma cidade tranquila
19/10/2017 - 10h58
PMA captura anta que transitava por ruas em bairro
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.