especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Artigos - 25/08/2016 - 10h00

Frases Famosas, Autores nem Tanto




Fotos: Divulgação










Por Hiram Reis e Silva (*)

Hiram Reis e Silva, Bagé, RS, 25 de agosto de 2016. 

A verdade de outra pessoa não está no que ela te revela, mas naquilo que não pode revelar-te. Portanto, se quiseres compreendê-la, não escute o que ela diz, mas antes, o que ela não diz. (Gibran Khalil Gibran) 

 

Quantas e quantas vezes falaciosas lendas repetidas insistentemente acabam por ganhar foro de verdade. Embora minha docência trilhasse sempre os arcanos irrefutáveis das ciências exatas procurei sistematicamente incentivar que meus discípulos desenvolvessem um espírito crítico acendrado. A eles dedico, pois, alguns exemplos bastante conhecidos de frases muito famosas cuja autoria perdeu-se nas tortuosas e míticas brumas do tempo. 

 

– “Navegar é Preciso; Viver não é Preciso” 

 

Insistentemente esta frase é atribuída ao poeta, escritor, astrólogo, crítico literário, inventor, empresário, tradutor, filósofo e comentarista político português Fernando António Nogueira Pessoa. A origem deste equívoco teve origem na conhecida poesia: 

 

Navegar é Preciso

(Fernando Pessoa) 

 

Navegadores antigos tinham uma frase gloriosa:

“Navegar é preciso; viver não é preciso”.

 

Quero para mim o espírito (d)esta frase,

transformada a forma para a casar como eu sou:

 

Viver não é necessário; o que é necessário é criar.

Não conto gozar a minha vida; nem em gozá-la penso.

 

Só quero torná-la grande,

ainda que para isso tenha de ser o meu corpo

e a (minha alma) a lenha desse fogo.

 

Só quero torná-la de toda a humanidade;

ainda que para isso tenha de a perder como minha.

Cada vez mais assim penso.

 

 

Cada vez mais ponho da essência anímica do meu sangue

o propósito impessoal de engrandecer a pátria e contribuir

para a evolução da humanidade. 

 

É a forma que em mim tomou o misticismo da nossa Raça. 

 

Na realidade a referida frase tem sua raiz na antiga Grécia. Lucius Mestrius Plutarchus (Plutarco) escreveu mais de 200 livros, dos quais destacamos a obra “Bioi Paraleloi” (Vidas Paralelas) uma coletânea de 64 biografias de personalidades gregas e romanas, algumas delas lendárias. A frase título deste tópico foi citada, por Plutarco na obra “Vitae illustrium virorum ‒ Pompey”.

Pompeu tinha sido enviado à Sicília para escoltar uma esquadra que levaria provisões para Roma. Plutarco narra que na hora de partir, uma forte tempestade se abateu sobre o mar, deixando receosos os capitães das naus. O comandante da armada sugeriu, então, que Pompeu adiasse a partida, mas este subindo a bordo da nau capitânia, determinou que levantassem âncora e pronunciou a célebre frase: “Navegar é preciso; viver não é preciso”. Seu exemplo encorajador foi, imediatamente, seguido pelos antes temerosos capitães. 

 

– Le Brésil n’est pas um Pays Sérieux 

 

A Lagosta é Nossa

(Moreira da Silva) 

 

Fique sabendo conosco não tem bandeira

Vá zarpando de carreira

Se não quer virar peneira [...]

 

Meu litoral não é casa de mãe Joana

Você não gosta de lagosta a “La Suzana”

E ofereço uma maré de baiacu

Dou-lhe de quebra filhote de surucucu [...] 

 

http://www.youtube.com/watch?v=RMVmwfZyei0 

 

A frase “Le Brésil n’est pas um Pays Sérieux” é erroneamente imputada ao presidente francês Charles André Joseph Pierre-Marie De Gaulle, que a teria proferido por ocasião da crise diplomática entre Brasil e França, nos idos de 1962. A apreensão de embarcações francesas que pescavam lagostas em águas territoriais brasileiras teria irritado Charles De Gaulle levando-o a afirmar que “o Brasil não era um país”. Na realidade o autor da frase é o embaixador brasileiro na França, Carlos Alves de Souza Filho. O embaixador depois de discutir com De Gaulle a questão da “Guerra da Lagosta”, relatou ao jornalista Luiz Edgar de Andrade, na época correspondente do “Jornal do Brasil” em Paris, o encontro dizendo-lhe que falaram sobre o samba carnavalesco “A Lagosta é Nossa” e das caricaturas que faziam do general De Gaulle, terminando a conversa com a seguinte frase: “Edgar, le Brésil n'est pas un pays sérieux”. O jornalista, por sua vez, encaminhou o despacho para o jornal e a frase acabou sendo outorgada a De Gaulle. Na época, a frase causou um profundo constrangimento aos brasileiros. 

 

– Lagosta não é peixe, não! 

 

Ora, estamos diante de uma argumentação interessante: por analogia, se a lagosta é um peixe porque se desloca dando saltos, então o canguru é uma ave. (Almirante Paulo de Castro Moreira da Silva) 

 

O navio pesqueiro francês “Cassiopée”, em janeiro de 1962, foi apresado pela corveta brasileira “Ipiranga” quando pescava irregularmente lagostas na costa brasileira. A Convenção de Genebra, de 1958, assegurava que os recursos minerais, biológicos, animais ou vegetais da “plataforma continental” pertenciam ao país costeiro. O Brasil defendia, baseado neste Tratado, que a lagosta era um recurso biológico da plataforma. Os franceses argumentavam que o movimento das lagostas pelas águas era similar ao dos peixes não podendo, pois, ser considerado um recurso da “plataforma continental”.

 

Cachaça não é Água

(Mirabeau Pinheiro e Carmem Costa) 

 

Você pensa que cachaça é água?

Cachaça não é água não.

Cachaça vem do alambique

E água vem do ribeirão.

 

Pode me faltar tudo na vida:

Arroz, feijão e pão.

Pode me faltar manteiga

E tudo mais não faz falta não.

 

Pode me faltar o amor

(Disto até acho graça).

Só não quero que me falte

A danada da cachaça.

 

https://www.youtube.com/watch?v=cWghYkZSKGQ 

 

A “Guerra da Lagosta” inspirou uma Paródia bem humorada baseada na música de uma das mais famosas marchinhas de carnaval dos brasileiros intitulada “Cachaça não é Água”: 

 

Paródia

 Você pensa que lagosta é peixe?

Lagosta não é peixe, não!

Peixe é bicho que nada,

crustáceo não nada, não!

 

Pode faltar tudo ao brasileiro:

arroz, feijão e pão.

Mas, a lagosta é nossa,

De Gaulle não bota a mão!

 

Pode mandar vaso de guerra,

disto até acho graça:

por causa da lagosta,

até eu vou sentar praça!

(*) Hiram Reis e Silva é Canoeiro, Coronel de Engenharia, Analista de Sistemas, Professor, Palestrante, Historiador, Escritor e Colunista;

Membro do 4° Grupamento de Engenharia do Comando Militar do Sul (CMS)

Ex-Professor do Colégio Militar de Porto Alegre (CMPA);

Ex-Pesquisador do Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx);

Presidente da Sociedade de Amigos da Amazônia Brasileira (SAMBRAS);

Presidente do Instituto dos Docentes do Magistério Militar – RS (IDMM - RS);

Sócio Correspondente da Academia de Letras do Estado de Rondônia (ACLER)

Membro da Academia de História Militar Terrestre do Brasil – RS (AHIMTB – RS);

Membro do Instituto de História e Tradições do Rio Grande do Sul (IHTRGS);

Colaborador Emérito da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG).

Colaborador Emérito da Liga de Defesa Nacional (LDN).

E-mail: hiramrsilva@gmail.com;

Blog: desafiandooriomar.blogspot.com.br

Os artigos publicados com assinatura não representam a opinião do Portal Pantanal News. Sua publicação tem o objetivo de estimular o debate dos problemas do Pantanal do Mato Grosso do Sul e de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, garantindo um espaço democrático para a livre exposição de correntes diferentes de pensamentos, idéias e opiniões. 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/11/2017 - 08h00
Expedição Centenária – F. Coimbra – Corumbá I
09/10/2017 - 13h44
Joaquim Francisco de Assis Brasil
09/10/2017 - 13h43
Assis Brasil, Acre
09/10/2017 - 13h34
O Assassinato de Chico Mendes
09/10/2017 - 13h31
Epopeia Acreana - Parte VII
 
Últimas notícias do site
24/11/2017 - 09h00
Parada Gay, Baile do Hawai e show "Melanina Sound" animam o fim de semana
24/11/2017 - 08h03
Fiéis, Thor e Trovão viram xodós ao levar e buscar irmãos todo dia na escola
24/11/2017 - 07h52
Pecuarista é multado por exploração e uso ilegal de madeira
24/11/2017 - 07h28
Reinaldo entrega e autoriza obras de pavimentações em três cidades de MS
24/11/2017 - 06h56
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
 

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.