especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Geral - 23/08/2016 - 13h28

Segue para sanção projeto que proíbe venda de refrigerantes em escolas




Assessoria/ALMS

Deputados aprovaram projeto que proíbe venda de refrigerantes na rede escolar.
Por Leonardo Rocha do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Após a aprovação, o projeto que proíbe a venda de refrigerantes em escolas públicas e particulares, em Mato Grosso do Sul, segue para sanção do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), para se tornar lei estadual. A intenção é reduzir a obesidade infantil, aproximando as crianças de uma alimentação mais saudável.

"Até a Ambev já publicou documento em que não vai comercializar refrigerantes com as escolas a partir deste mês, ou seja, nós vamos apenas adequar a situação no Estado, para proibir a venda nas cantinas, já que foi comprovado os malefícios aos jovens ao longo prazo", disse o autor.

Márcio ponderou que dados apontam que 30% das crianças no Brasil sofrem com obesidade infantil, e que os refrigerantes, fazem parte dos produtos que elevam estes números. O objetivo é que as crianças tenham uma alimentação mais saudável, com redução de açúcar, sódio e gorduras.

O projeto ainda prevê a divulgação de informes nas escolas, que expliquem os malefícios causados pelos refrigerantes, com a intenção de alertar e orientar os estudantes. Cabe agora apenas a sanção do governador. "Estamos confiantes que com estes argumentos, a matéria irá se tornar lei estadual", disse Fernandes.

Outro - Os deputados também aprovaram, em segunda votação, o projeto de autoria de Lídio Lopes (PEN), que proíbe as homenagens às pessoas que foram condenadas por atos de improbidade ou corrupção.

"Já tivemos casos de homenageados, que logo depois tiveram problemas com a Justiça, por isso fizemos a proposta para se precaver deste constrangimento", disse Lídio. Ele explicou que só ficarão proibidos aqueles que tiverem seus processos transitados e julgados, tendo condenação já na primeira instância.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
17/01/2018 - 07h49
Reinaldo participa da Showtec e Rose visita cidade atingida por chuva
16/01/2018 - 07h38
Confira as manchetes desta terça-feira dos principais jornais do país
15/01/2018 - 08h15
Quibe de forno recheado vai trazer sabor e praticidade à sua segunda
12/01/2018 - 07h19
Confira as manchetes desta sexta-feira dos principais jornais do país
10/01/2018 - 07h12
Confira as manchetes desta quarta-feira dos principais jornais do país
 
Últimas notícias do site
19/01/2018 - 15h00
Agenda Cultural: fim de semana está repleto de opções com samba, rock, pop e funk
19/01/2018 - 13h00
Inmet alerta para chuvas intensas e ventos de até 100 km por hora em MS
19/01/2018 - 08h32
Fazendeiro é autuado em R$ 159 mil por desmatamento ilegal
19/01/2018 - 07h35
Carnaval de Corumbá terá Axé Blond, Revelação e baterias da Mangueira e Gaviões da Fiel
19/01/2018 - 07h10
Carnaval de Corumbá: atrações tem até hoje para realizar cadastro
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.