zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 19/08/2016 - 15h50

Câmera Selvagem tenta gravar o ataque de uma onça-pintada do ponto de vista da presa

Cristian, Bulba e Daniel fabricam uma capivara para atrair uma onça-pintada e registrar o momento exato do bote do maior felino das Américas. Não perca o sexto episódio da série no sábado, 20 de agosto, às 21h, no NAT GEO




Divulgação

Por Assessoria / Redação Pantanal News

O sexto episódio da série de TV Câmera Selvagem promete muitas emoções. O renomado cinegrafista de naturezaCristian Dimitrius vai em busca de uma onça-pintada no Pantanal para filmar o último momento de vida de uma presa antes do ataque deste temido animal, o maior felino das Américas e um dos mais respeitados da fauna brasileira por sua potência, furtividade e sagacidade. A tentativa de filmagem acontece no Pantanal e vai ao ar neste sábado, 20 de agosto, às 21h, no NAT GEO. 

Antes de colocar o plano em ação, Cristian, Bulba e Daniel decidem fabricar uma capivara para ser “oferecida de bandeja” a uma onça-pintada. Com a ajuda de uma cenógrafa e aderecista, eles conseguem uma réplica bem fiel, que engana capivaras de verdade em um teste e, assim, Cris e Daniel seguem para o Pantanal para ver se também conseguem enganar a onça. 

Para filmar um ataque dessa grandeza, o trio de Câmera Selvagem faz um misto de carrinho de esteira e câmera telescópica. “Desenvolvemos e construímos um veículo operado remotamente com esteiras de terreno seco e uma torre de 600 mm com um periscópio de cabeça rotativa, de forma que fosse possível capturar, com duas câmeras, imagens por sobre a cabeça da capivara”, conta Cristian Dimitrius.

A série Câmera Selvagem é uma coprodução entre FOX Networks Group Brasil, Mistika, do produtor Marcelo Siqueira, e Cristian Dimitrius Produções, e, semanalmente, mostra uma equipe de multitalentos que viaja pelo Brasil em busca das melhores imagens da vida selvagem, unindo biologia e tecnologia para alcançar seus objetivos. O programa é exibido aos sábados, às 21h00, no canal NAT GEO, e inova tanto pela ideia quanto pelos equipamentos que foram usados na captação para os oito episódios de 30 minutos. 

Dirigida por Eduardo Rajabally, a série foi filmada com câmeras de cinema, a Arri Alexa Mini e a Arri Amira, com pós produção de imagem da Misitka, que também é a finalizadora da série. Esses elementos garantem uma estética cinematográfica para toda a obra. Ao todo, foram mais de 100 diárias de filmagens e passagens por sete estados: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Rondônia, Piauí e Pernambuco.

Sinopse da série – Na série Câmera Selvagem, vamos acompanhar o renomado cinegrafista de natureza, Cristian Dimitrius, em oito expedições fotográficas pelo Brasil em busca de imagens inéditas e diferenciadas. Para isso, ele vai desenvolver diversas traquitanas em um laboratório, e também em uma fábrica, com a ajuda do engenheiro mecânico Wilson Santos, conhecido como Bulba, e seu assistente, o professor de robótica Daniel Almeida. Os três vão conceber cada projeto do zero, desde sua idealização, passando pela fabricação, usinagem de suas peças, escolha de seus componentes mecânicos e eletrônicos, até a montagem final. Ao longo do processo, Cristian também vai conversar com vários especialistas e biólogos que podem fornecer informações que o ajudem no sucesso de suas missões. Depois que as traquitanas ficam prontas eles realizam alguns testes e, após tudo funcionar corretamente, Cristian e Daniel vão para os biomas mais incríveis do país como a Caatinga, o Cerrado, o Pantanal, a Floresta Amazônica e o arquipélago de Fernando de Noronha para filmar os animais em situações inusitadas dentro do habitat em que vivem. E tudo isso feito da maneira mais profissional e cuidadosa possível, sem nunca interferir na natureza e na vida animal, mas com a ajuda da tecnologia, da criatividade e da sensibilidade artística, com o intuito de capturar os momentos mais belos da fauna brasileira por meio das lentes da Câmera Selvagem. 

Serviço:

Câmera Selvagem – episódio 06 – Onça-Pintada – Pantanal

Sábado, 20/08, às 21h00, no canal NAT GEO

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
19/04/2017 - 13h18
Entidades do setor florestal de MS promovem campanha de combate a incêndios
18/04/2017 - 15h15
Fenômeno natural, decoada começa no rio Paraguai causando morte de peixes
10/04/2017 - 09h19
Anastácio: Sucuri de 3 metros é encontrada em terreno onde crianças soltavam pipa
05/04/2017 - 09h08
Corumbá: Exposição mostra impactos do lixo na natureza
05/04/2017 - 08h35
Jacaré é encontrado em varanda de residência durante a madrugada
 
Últimas notícias do site
27/04/2017 - 15h06
Rádio Independente de Aquidauana recebe "Moção de Congratulação" do deputado estadual Paulo Siufi por processo de migração para FM
27/04/2017 - 15h03
Em MS, 27% dos contribuintes ainda não entregaram declaração do IR 2017
27/04/2017 - 07h10
Chuva em municípios de MS passou dos 50 mm e derrubou temperaturas
27/04/2017 - 06h31
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
27/04/2017 - 06h24
No primeiro frio do ano, quinta-feira amanhece com mínima de 9°C em MS
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.