zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Polícia - 28/07/2016 - 16h30

Com problemas no SIGO, policiais civis têm trabalho prejudicado




Divulgação

Por Tamiris Barcellos Assessora de Comunicação Sinpol-MS / Redação Pantanal News

Há cerca de um mês, os policiais civis estão tendo sérias dificuldades para desempenhar suas funções de investigação e prestação de serviço à sociedade, pois o Sistema Integrado de Gestão Operacional (SIGO) está com diversas funcionalidades bloqueadas devido à falta de pagamento e renovação do contrato da administração estadual junto à empresa prestadora do serviço. “Essa situação está prejudicando, principalmente, a população que leva de duas a quatro horas para ser atendida nas delegacias. Situações como extravio e furto simples que antes poderiam ser registradas através na Delegacia Virtual, agora obrigam as pessoas a deslocarem-se por quilômetros de casa até a unidade para ser atendido”, declarou o presidente do Sinpol-MS, Giancarlo Miranda.

 

 

A situação foi denunciada há cerca de duas semanas em documento protocolado junto a Sejusp e Delegacia-Geral de Polícia Civil cobrando providências urgentes, considerando que a falta de ferramenta está atrasando o trabalho policial, pois nela é possível cruzar dados dos autores de crimes, montar o inquérito policial, levantamento de estatísticas de ocorrências e etc. “Os escrivães estão tendo que fazer de forma arcaica e inadequada os depoimentos das vítimas e toda a instrução do inquérito, o que prejudica o andamento do processo e consequentemente, o tempo de resposta à população”, enfatizou o sindicalista.

 

 

Conscientes da importância do seu trabalho para a população, os policiais civis estão tentando amenizar o problema utilizando ferramentas disponíveis no computador para trabalhar, porém se a situação persistir o Sinpol-MS os orientará a realizar as atividades somente quando houver as condições necessárias. “Não podemos admitir esse retrocesso em uma época em que a tecnologia se faz tão necessária. Se não houver as condições e as ferramentas mínimas para trabalharmos, não poderemos cumprir nossa missão e, infelizmente, o cidadão de bem será o maior prejudicado pela morosidade da administração estadual em resolver a situação”, concluiu Giancarlo.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
16/10/2017 - 13h02
Após denúncia, Polícia Militar captura foragido da justiça
16/10/2017 - 10h12
7º Batalhão PM realizou “Operação Pacificador” durante feriado
16/10/2017 - 07h39
PMA conclui operação no feriadão e autua mais infratores que em relação a 2016
13/10/2017 - 09h32
PMA de Aquidauana autua campo-grandense por captura de peixe fora de medida
13/10/2017 - 07h50
PMA autua cinco pessoas por pesca ilegal
 
Últimas notícias do site
16/10/2017 - 16h36
MS terá sistema de aviso de alagamentos por celular a partir de 2018
16/10/2017 - 13h02
Após denúncia, Polícia Militar captura foragido da justiça
16/10/2017 - 11h25
Restituição do IR já está disponível para 31,5 mil contribuintes de MS
16/10/2017 - 10h57
Semana começa com mais de 400 vagas em concursos e salários de até R$ 14 mil
16/10/2017 - 10h55
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.