zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 11/07/2016 - 10h00

Projeto Florestinha atende escolas de Nioaque e Figueirão

Projeto fecha o semestre com 11.287 estudantes atendidos em Educação Ambiental no Estado.




Fotos: Divulgação PMA










Por Assessoria / Redação Pantanal News

As crianças e adolescentes do Projeto Florestinha de Campo Grande realizaram nesta semana (4 a 8), trabalhos de Educação Ambiental para alunos de escolas públicas e privadas dos municípios de Nioaque e Figueirão. As atividades foram desenvolvidas nas quadras das escolas das cidades, em parceira com as Secretarias de Educação e de Meio Ambiente dos municípios. 

Com o atendimento ocorrido até a sexta-feira (8) à tarde, quando foram concluídas as atividades, foram atendidos 1503 estudantes de Nioaque e 382 alunos em figueirão, sendo nesta, uma escola rural distante da cidade, perfazendo um total de 1885 estudantes atendidos. Os trabalhos são realizados em forma de oficinas temáticas, pelas crianças e adolescentes do Projeto Florestinha, supervisionados por um Policial Militar Ambiental. As oficinas temáticas são: 

1     - Reciclagem de papel, com palestra sobre os problemas relacionados aos resíduos sólidos. 

2      Visitação ao museu de animais e peixes empalhados, com palestra sobre fauna, pesca, atropelamentos de animais silvestres, tráficos, etc. 

3     Apresentação do teatro de fantoches, com peças sobre as questões ambientais, como: águas, desmatamentos, incêndios florestais e resíduos sólidos etc. 

4     Montagem artificial do CICLO DA ÁGUA, com palestras relacionadas a temática das águas no planeta. 

5      Casa da Energia - com palestra sobre economia energia, matriz energética e fontes renováveis, etc.

6     Plantio de mudas nativas, com palestra sobre desmatamento, erosões e importância da flora, etc.

7     Palestra Geral – palestra executada por um Florestinha para a sensibilização dos estudantes sobre os vários temas ambientais, de forma que os alunos entendam que o ambiente é um complexo e que afetar o seu equilíbrio gera problema de qualidade de vida, tendo em vista que tudo que usamos, comemos, bebemos, respiramos vem do ambiente.

Além das oficinas e palestras foram realizadas discussões de vários temas ambientais entre os alunos e as crianças do Projeto Florestinha, supervisionadas pelos Policiais Militares Ambientais.

Além da parte social, Educação Ambiental tem sido prioritária nos trabalhos desenvolvidos pelo Projeto Florestinha. Em 2015 foram atendidos 11.862 alunos da Capital e Interior. Neste semestre, os grupos do Projeto Florestinha atenderam escolas dos municípios de Campo Grande, Nova Alvorada do Sul, Paraíso das Águas, Bonito, fechando com Nioaque e Figueirão, atendendo um total de 11.287 estudantes de 48 escolas. Esses números contam apenas os estudantes e não estão incluídas as exposições, como por exemplo, na Caravana da Saúde, e quando são realizadas somente apresentações do teatro de fantoches em eventos.

O Comando da PMA quer manter o mesmo ritmo de atendimentos e atender o dobro de estudantes do ano passado. Ressalta-se que no ano passado, apenas uma Unidade do Florestinha, localizada no Parque Cônsul Assaf Trad, realizava Educação no 1º semestre, tendo em vista que a segunda Unidade, localizada no Parque Estadual Matas do Segredo foi inaugurada em abril e os alunos foram treinados e passaram a realizar atendimentos, somente a partir do mês de agosto, no 2º semestre.

Atualmente são 9 equipes de Florestinhas das duas Unidades realizando Educação Ambiental na Capital e Interior. A Unidade do Parque Cônsul Assaf Trad é também um Centro de Educação Ambiental (CEA/FLORESTINHA) de recepção de estudantes, em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (SEMADUR) da Capital.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
19/10/2017 - 09h01
Móveis confeccionados por reeducandos de Aquidauana são doados à Pestalozzi
18/10/2017 - 16h10
Central 0800 permite solicitação de serviços referentes à iluminação pública
16/10/2017 - 10h55
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
16/10/2017 - 10h16
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
 
Últimas notícias do site
23/10/2017 - 09h54
Prefeito de Corumbá representa o Brasil em seminário internacional do FONPLATA sobre hidrovia
23/10/2017 - 08h55
Semana em MS começa com 169 vagas em concursos públicos
23/10/2017 - 07h41
PMA e parceiros realizam Educação Ambiental para alunos em escolas ribeirinhas e indígenas
23/10/2017 - 07h40
Em oito dias, Mato Grosso do Sul registra queda de 55 mil raios
23/10/2017 - 07h02
Medidas anunciadas por Temer farão ressurgir o rio Taquari, diz Ruiter
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.