zap
ANIVERSÁRIO CORUMBÁ 2017
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Religião - 11/06/2016 - 08h02

Festa de Santo Antônio começa devagar em endereço novo e sem fogueira




Por Thailla Torres do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Por conta do frio e falta de divulgação, poucas pessoas compareceram na primeira noite de festa. (Fotos: Thailla Torres) Por conta do frio e falta de divulgação, poucas pessoas compareceram na primeira noite de festa. (Fotos: Thailla Torres)

A 14ª Festa de Santo Antônio começou fraca na noite de sexta-feira, mas o público gostou, a maioria diz ter ficado mais a vontade com a tradição de volta ao Parque de Exposições Laucídio Coelho. No primeiro dia, as pessoas sentiram falta da quadrilha e a ausência da fogueira que é era queimada todos os anos.

 

Como forma de diminuir as despesas com estrutura, neste ano o espaço foi cedido pela Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul). Uma das características preservadas é a variedade gastronômica no local. 

Em cada barraca, uma comida típica diferente. Tem pastel, carreteiro, cachorro-quente, comida árabe, doces, salgados, milho verde e uma variedade em caldos. Alguns pratos se destacam pelo aroma que é possível sentir de longe. 

 

 
Baiana Zezé trouxe o acarajé pela primeira vez em festa junina. (Foto: Thailla Torres)Baiana Zezé trouxe o acarajé pela primeira vez em festa junina. (Foto: Thailla Torres)

É o caso do acarajé da Baiana Zezé, que trouxe pela primeira vez o prato que é tradição na família. Filha de baiano, vestida a caráter e toda sorridente, ela prepara a massa do acarajé na hora. "Aqui você pode perguntar o que é que a baiana tem", brinca. O bolinho, a base de feijão, é frito no Azeite de Dendê, recheado com vatapá, carurú da Bahia, salada típica e camarão. Cada acarajé custa R$ 10,00. 

Em outras barracas, pelo mesmo preço, é possível encontrar acarajé com recheio de frango e vatapá de camarão. 

O Arroz Pantaneiro também agradou paladares. Feito com carne de sol, calabresa, banana da terra, cheiro verde e castanha de caju, é saboroso e serve muito bem. O prato sai por R$ 8,00. 

Em outro espaço é o cheiro do Sarravulho que chama atenção. O prato típico corumbaense é delicioso e surpreende pelo sabor, com mistura de carnes. Feito com fígado, coração e rim, ao molho de vinho tinto o caldo ideal para os dias frios, por R$ 8,00 o copo de 350 ml. 

 
Arroz Pantaneiro tem um aroma delicioso. (Fotos: Thailla Torres) Arroz Pantaneiro tem um aroma delicioso. (Fotos: Thailla Torres)
 
As voluntárias que preparam o sarravulho com todo amor. (Foto: Thailla Torres)As voluntárias que preparam o sarravulho com todo amor. (Foto: Thailla Torres)
 

Para quem gosta de doces, não falta variedade. Tem fondue, cocada, maçã do amor, bolos, pudim, arroz doce, canjica, curau e chocolates. 

Sem quadrilha, além das comidas, é possível aproveitar um pouco do parque de diversões, feira de artesanatos e até comércios de brechó. Com roupas usadas de R$ 5,00 a R$ 10,00, a festa tem figurinos para homens e mulheres.

Além de venda de objetos de decoração, bijuterias, trabalhos em MDF, há uma exposição de fotografia com registros do Arca (Arquivo Histórico de Campo Grande). 

Após tantos anos sendo realizada na Praça do Papa, no bairro Santo Amaro, o público aprovou a realização do evento no local antigo. Para muitos, a festa tímida foi em decorrência da falta de divulgação. O lado bom foi a tranquilidade.

Luciana Almeida, de 31 anos, e o marido Adão Corrêa, de 52, aproveitaram para se divertir ao lado da filha que sorria brincando com estalinhos. "Adoramos as comidas e o ambiente ficou muito mais familiar, pena que está um pouco frio" comenta. 

Direto de Camapuã, Airan Martins Pereira, de 39 anos, veio com toda família para competição de laço. Ao lado da esposa, filhos, sobrinhos e irmãos, todos aproveitavam o carreteiro pantaneiro. "Viemos para ficar até dia 13", comenta com simplicidade.

 
Luciana e Adão aproveitaram a noite ao lado da filha. (Foto: Thailla Torres)Luciana e Adão aproveitaram a noite ao lado da filha. (Foto: Thailla Torres)
 
Família de Camapuã aproveitando a festa. Família de Camapuã aproveitando a festa.
 

A festa segue até a próxima segunda-feira, com apresentações musicais, diversão, comidas e exposição.

Neste sábado (11) haverá quadrilha e show da dupla Patricia e Adriana. No domingo (12) as atrações é Hugo e Raul, Grupo Batidão e Forró Zen.

Na segunda-feira (13), além da procissão de Santo Antônio, também haverá show de encerramento com Fred e Vitor e Eco do Pantanal. A entrada é gratuita! 

 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/09/2017 - 16h01
Com clássicos da MPB, Padre Fabio de Melo faz show acústico em MS
07/08/2017 - 08h56
Catedral de Nossa Senhora da Candelária é tombada pelo Conselho de Cultura
03/08/2017 - 11h45
Igreja da novena mais famosa da cidade completa 76 anos com festa
14/06/2017 - 12h30
Celebração de Corpus Christi deve reunir 20 mil fiéis amanhã na Capital
13/06/2017 - 14h35
Em MS, oração e fila para bolo com alianças no dia do santo casamenteiro
 
Últimas notícias do site
22/09/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
22/09/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
22/09/2017 - 15h58
Aquidauana sedia encontro para debater inclusão no IFMS
22/09/2017 - 14h39
Projeto Florestinha realizou Educação Ambiental para alunos em comemoração ao dia da árvore
22/09/2017 - 13h11
PMA apreende redes e liberta peixes dos petrechos ilegais
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.