zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Saúde - 02/06/2016 - 10h23

Governador atribui mortes por gripe à falta de atenção em postos de saúde




Fernando Antunes

Azambuja e o prefeito, Alcides Bernal, participaram de solenidade de entrega de armamentos. Governador diz que "desatenção está nos postos".
Por Fernanda Mathias e Leonardo Rocha do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Um dia após a divulgação do número recorde de mortes em função da gripe causada pelo vírus H1N1, o governador de Mato Grosso do Sul,Reinaldo Azambuja (PSDB), foi enfático em atribuir aos atendimentos em postos de saúde. “Isso tem muito a ver com o tratamento na atenção básica. No posto de saúde já é preciso ter um olhar mais atencioso com o paciente, para o atendimento adequado e que não retornem para casa”.

A declaração foi dada durante solenidade de entrega de armamentos à Guarda Municipal, da qual o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP) também participava.

Reinaldo observou que a maioria das mortes ocorreu em pessoas integrantes do chamado grupo de risco, especialmente que tinham outras doenças que agravaram o quadro. “A desatenção está na saúde básica”, cravou. O governador destacou ações de treinamento que a SES (Secretaria de Estado de Saúde) vem desenvolvendo nos municípios, citando Naviraí, que teve casos seguidos de óbito, como exemplo. “Conseguimos fortalecer o atendimento emergencial na saúde básica, já quando o paciente chega”.

Quanto ao número geral casos confirmados da doença, o governador considera que não são índices alarmantes. O mal estar entre governo do Estado e prefeitura de Campo Grande em relação ao tema, teve início após divergência de informações sobre a quantidade de doses de vacina contra H1N1 fornecidas.

O município chegou a acionar o Ministério Público Federal e Estadual alegando que o Estado não teria fornecido o estoque necessário, afirmação que foi rebatida. Por fim, o MPE instaurou inquérito civil para investigar a insuficiência na quantidade de vacina contra a gripe disponibilizada para a Sesau.

Recorde – Até agora, 32 pessoas morreram por conta da doença, tornando 2016 como o ano com maior número de óbitos confirmados desde 2009, quando o vírus da gripe foi detectado pela primeira vez em uma epidemia no México.

Conforme o boletim epidemiológico, as sete mortes desta semana ocorreram em Bataguassu, onde duas pessoas morreram, Campo Grande, Caarapó, Douradina, Jardim e Naviraí. Os outros óbitos confirmados pelo vírus da gripe A desde o início do ano foram registrados em Aquidauana, Corumbá, Coxim, Juti, Ivinhema, Maracaju, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas.

De 1.096 exames realizados pelo Lacen (Laboratório Central) este ano, 422 confirmaram a doença em pacientes de todo Estado, sendo 114 somente em Campo Grande. No total, 615 pacientes ainda aguardam o resultado dos exames para confirmar se estão contaminadas pelo vírus H1N1.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/10/2017 - 09h09
Cinco coisas que tornam você um ímã de mosquitos
09/10/2017 - 10h23
Mato Grosso do Sul recebe nove profissionais brasileiros do Mais Médicos
02/10/2017 - 16h24
Caminhada em Campo Grande chama a atenção para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer
19/09/2017 - 15h13
Setembro Amarelo: no mês de prevenção ao suicídio, Hospital Regional apresenta dados para alertar população
24/08/2017 - 15h35
STF decide, por maioria, proibir a comercialização do amianto
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
20/10/2017 - 15h06
Alerta prevê tempestades em 43 municípios de Mato Grosso do Sul
20/10/2017 - 14h13
PMA autua proprietária rural por exploração ilegal de madeira
20/10/2017 - 12h30
PMA autua jovem por manter ave silvestre em cativeiro
20/10/2017 - 11h33
Incêndio em parque estadual de MS é controlado após uma semana com ajuda de chuva, diz Imasul
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.