especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Agronegócios - 03/05/2016 - 06h05

Software que mede sustentabilidade em fazendas pantaneiras recebe ajustes finais

Equipe de pesquisadores discute primeiras aplicações e testes




Divulgação

Por Assessoria / Redação Pantanal News

Depois de começar a aplicação do software Fazenda Pantaneira Sustentável (FPS) em propriedades do Pantanal de Mato Grosso do Sul no ano passado, pesquisadores da Embrapa se reuniram para discutir os erros e acertos da versão inicial. "Isso vai ser importante para que a gente trabalhe ainda mais com tecnologias no campo. A FPS faz uma radiografia do sistema de produção e vê onde podemos inserir o que a gente elabora através das pesquisas. Queremos associar a FPS às boas práticas, às tecnologias voltadas às propriedades pantaneiras. É um trabalho que não tem fim", afirma Sandra Santos, pesquisadora da Embrapa Pantanal e coordenadora do projeto que elaborou a ferramenta. 

De acordo com a pesquisadora, a Fazenda Pantaneira Sustentável avalia o grau de sustentabilidade nas propriedades que trabalham com a bovinocultura de corte na região. Para isso, a FPS é alimentada com dados que classificam diversos aspectos da fazenda – como qualidade das pastagens, escore corporal dos animais, infraestrutura oferecida aos funcionários e muitos outros – enquadrando essas informações em três grandes áreas: econômica, social e ambiental. "Esses modelos são integrados para se chegar a uma medida de sustentabilidade da fazenda, considerando as três dimensões", afirma o analista da Embrapa Informática Agropecuária Helano de Lima, responsável pela lógica computacional do software.
 
Durante as reuniões realizadas durante a última semana na Embrapa Pantanal em Corumbá (MS), os pesquisadores conversaram sobre quais aspectos deverão ser considerados pela análise da ferramenta e de que forma isso deve ser feito. "Nós discutimos, por exemplo, o uso de um outro indicador financeiro, que leva em consideração a diversificação de atividades produtivas para atender a todas as fazendas – já que nem todas trabalham apenas com pecuária", diz Sandra. A pesquisadora conta que a FPS deve incluir, futuramente, a avaliação de serviços ambientais, beneficiando quem trabalha com a conservação ambiental. "A gente acha que isso vai ajudar muito os fazendeiros a agregar valor a essas iniciativas".
 
Segundo Helano, a FPS deverá ser disponibilizada na metade deste ano em um portal online. "A ideia é colocar a ferramenta disponível ao público abertamente, com diferentes modelos de licenciamento – um para o usuário, outro para o agente certificador e assim por diante". Sandra relembra que a FPS pode ser usada para auxiliar a tomada de decisão dos produtores que quiserem avaliar os processos produtivos da fazenda. No caso dos usuários que irão aplicar a FPS oficialmente, com fins comerciais, ela afirma que será preciso passar por um credenciamento e uma capacitação para utilizá-la. "O credenciamento serve para garantir que a pessoa utilize o software de maneira correta, garantindo a credibilidade do processo".
 
Com a fase final dos ajustes, Helano visualiza outras possibilidades para a aplicação do software. "A FPS pode ser adaptada para outros contextos e problemas. Foi um ganho do projeto muito bem-vindo", diz. Para Sandra Santos, a participação do produtor será fundamental para definir os próximos passos para a ferramenta. "Com a aplicação no campo, vamos ter um feedback muito grande. Muitos usuários são criativos e a gente está aberto a isso. Nós só temos a ganhar". 
 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
12/12/2017 - 14h30
Produção de grãos em MS cresce 40%, alta acima da média nacional
30/11/2017 - 06h33
Quinta-feira começa com céu aberto, mas alerta é de tempestade
29/11/2017 - 08h37
Conab fiscaliza estoques públicos em todo o país
20/11/2017 - 15h50
Conab divulga preços de frutas e hortaliças no mês de outubro nos Ceasas
16/11/2017 - 15h13
Novo aplicativo ajuda a agir rápido para assegurar saúde de rebanhos
 
Últimas notícias do site
12/12/2017 - 14h30
Produção de grãos em MS cresce 40%, alta acima da média nacional
12/12/2017 - 12h51
Emoção, luzes e alegria marcam a noite de abertura da Vila do Natal em Aquidauana
12/12/2017 - 08h51
Governo divulga resultado dos recursos do concurso da Polícia Civil
12/12/2017 - 08h42
Calor predomina e meteorologistas alertam para baixa umidade do ar
12/12/2017 - 08h16
Governador participa de reunião do Codesul em Porto Alegre
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.