especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 28/04/2016 - 13h54

Reinaldo fala em investir na produção de peixes em inauguração de frigorífico




Fotos: Chico Ribeiro

Inaugurando um frigorífico voltado a peixes, governador reforça a necessidade de se aumentar a matéria-prima no Estado.



Autoridades visitaram as instalações do frigorífico.
Por Mariana Castelar do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Com a possibilidade de estocar até 60 toneladas de peixe ao ano, e gerar vários empregos indiretos, além dos 40 já criados, o frigorífico de peixes GeneSeas Aquacultura foi inaugurado nesta quinta-feira (28), em Aparecida do Taboado - distante 481 km de Campo Grande, com a presença do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

A construção da unidade começou em 2013 com previsão de término em 2014, porém se deparou com a seca no meio do caminho, o que chegou a parar as obras. Em janeiro do ano passado, os produtores de peixes enfrentavam a grave crise hídrica e a construção foi paralisada.

Apesar de capacidade para o triplo, inicialmente, a empresa irá trabalhar com 30 toneladas de peixe ao ano devido a falta de matéria-prima. O governador Reinaldo Azambuja afirma que espera que este problema seja sanado ainda este ano, inclusive com investimento por parte do governo.

“Mato Grosso do Sul é uma das maiores fontes de incentivos ficais na área industrial, mas neste caso, agora é preciso fomentar um programa através Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) a fim de estimular a produção de peixe", afirma Reinaldo.

Ele reforça que hoje há uma capacidade de abate muito maior do que a de produção, por isso, é necessário investir “Precisamos incentivar a piscicultura e a liberação do licenciamento ambiental com mais rapidez. Muitos dos peixes abatidos vem de São Paulo e é uma incoerência sabendo que nosso Estado tem terra e água em abundância”.

Já o prefeito de Aparecida do Taboado, José Robson Samara, fala que em conversa com a direção do frigorífico há a possibilidade de se gerar cerca de 600 empregos em até seis meses. “O frigorífico foi inaugurado hoje, e é um dos mais modernos do país. Soube também que na segunda-feira haverá a contratação de pelo menos mais 50 funcionários”.

Para que a economia estadual também cresça, o governo tem mudando algumas leis de incentivos ficais para estimular empregos em algumas regiões menos desenvolvidas.

“Essa é uma lógica que funciona bem. Em 2015, Mato Grosso do Sul foi o estado da federação que mais investimentos provados recebeu, mais de R$30 bilhões em investimentos produtivos em diversas áreas”.

Conforme o sócio-fundador da empresa, Tito Lívio Capobianco Junior, a GeneSeas gerou 40 empregos diretos e outras centenas de vagas indiretas com a instalação do frigorífico em Aparecida do Taboado. Só em Mato Grosso do Sul a companhia possui mais de 100 funcionários. A unidade conta com uma planta de 2.500 m² de área construída.

Investimentos - Para resolver o problema de falta de água da cidade, o governador também participou da inauguração de um poço tubular de 1.600 metros com uma vasão 400 mil litros de água por hora. O investimento foi mais de R$ 5 milhões. “Desta forma conseguimos sanar um problema antigo de Aparecida do Taboado”. Além disso, houve a ampliação do esgotamento sanitário. Já houve mais de 1.100 ligações domiciliares.

O governador também falou sobre a abertura do processo licitatório, que iniciou hoje para o recapeamento da avenida Presidente Vargas. “São mais de R$ 3,120 milhões de recurso próprio para para urbanizar, recapear, sinalizar e dar segurança e embelezamento para a rodovia que é o cartão postal da cidade”

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
05/12/2017 - 11h16
Prefeito discute corredor bioceânico e gás natural com Evo Morales
04/12/2017 - 15h51
Em Brasília, prefeito busca recursos para saúde e infraestrura
01/12/2017 - 12h48
Projeto Florestinha realiza Educação Ambiental para alunos em Corumbá
30/11/2017 - 08h12
Reinaldo recebe ministro das Cidades para entrega de 327 casas no interior
29/11/2017 - 07h05
Com chilenos, Prefeitura defende Rota Bioceânica passando por Corumbá
 
Últimas notícias do site
15/12/2017 - 16h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 39 milhões neste sábado
15/12/2017 - 16h02
Veado e tatu são resgatados e devolvidos a natureza
15/12/2017 - 12h35
Comandante e Subcomandante da PMA de Corumbá são homenageados
15/12/2017 - 12h01
PMA autua proprietário rural por armazenamento ilegal de embalagens de agrotóxicos
15/12/2017 - 10h56
Fazendeiro é autuado por armazenamento ilegal de madeira
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.