zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Política - 18/04/2016 - 09h10

O que acontece a partir de agora? Confira rito do impeachment no Senado

Processo de afastamento foi aprovado pela Câmara dos Deputados e agora ficará a cargo dos senadores




Portal da Câmara

Sessão que votou pela aprovação do impeachment, no domingo (17).
Por Mayara Bueno do Campo Grande News / Redação Pantanal News

O processo de impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff (PT), agora está nas mãos dos 81 senadores. Com a aprovação do parecer na Câmara, na noite de domingo (17), para ter validade ou ser arquivado o processo precisa passar pelo Senado, que decidirá de fato o futuro da presidente.

De acordo com o Portal do Senado, a expectativa é que o resultado da votação seja entregue já nesta segunda-feira (18), pelo próprio presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ontem, o processo foi aprovado por 367 votos a favor e 137 contra.

Entenda o que acontece a partir de agora – Na sessão seguinte à entrega do relatório, o processo será lido no plenário da Casa, o que pode ocorrer na terça-feira (19). Neste dia, os líderes partidários terão de indicar os 42 parlamentares que vão compor a comissão especial que analisará o assunto no Senado. Este colegiado terá 48 horas para eleger o presidente e o relator. Por causa do feriado de 21 de abril, na quita-feira, isso deve ocorrer só na semana que vem.

Com presidente e relator eleitos, os integrantes da comissão, definidos conforme a proporcionalidade dos partidos, terão 10 dias para apresentar um relatório argumentando pela aceitação ou não do processo de impeachment. O parecer, então, será votado na comissão e independente do resultado será votado pelo plenário do Senado, ou seja, por todos os parlamentares, tal qual ocorreu na Câmara. Nos dois casos, a situação será votada por maioria simples.

Afastamento – Se o Senado aprovar pela aceitação do processo, o que deve ser definido entre 10 e 11 de maio, levando em consideração a tramitação, a presidente será afastada do cargo e notificada para apresentar nova defesa. Este afastamento é temporário, são 180 dias no quais os parlamentares analisam e apuram a denúncia. Com Dilma afastada, o vice-presidente Michel Temer (PMDB-RJ) assume a presidência.

Tramitação – Nesta fase, o processo volta à comissão especial para o que se chama de “instrução”. É aí que a presidente terá 20 dias para apresentar defesa e o colegiado analisará todos os elementos da denúncia. Serão juntados documentos e possíveis provas. Para isto, não há prazo determinado em lei. Se ultrapassar os seis meses de afastamento, no entanto, Dilma é reconduzida ao posto até a conclusão do julgamento.

Se inocentada - Caso seja constatado que Dilma não cometeu as chamadas pedaladas fiscais, irregularidade da qual é acusada, a presidente retorna as suas funções imediatamente.

Se culpada - Se a presidente for considerada culpada, ela deixa definitivamente o cargo para qual foi eleita e fica impedida de disputar eleições por oito ano. A partir disso, o vice-presidente, Michel Temer (PMDB), assume. Se não fosse assim e Temer caísse, seria o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, quem assumiria o cargo interinamente.

Informações da Agência Brasil.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
16/10/2017 - 10h04
Projeto prevê transporte gratuito para hemofílicos de MS
16/10/2017 - 10h02
Mochi destaca o crescimento de MS em seus 40 anos de divisão
13/10/2017 - 14h58
Moro dá 48 horas para defesa de Lula entregar recibos originais de aluguel
29/09/2017 - 08h05
A convite do deputado Dr. Paulo Siufi, conselheira fala sobre o Dia do Farmacêutico na ALMS
28/09/2017 - 10h35
Com apoio a veto de PL, Dr. Paulo Siufi defende comércio e consumidores de MS
 
Últimas notícias do site
16/10/2017 - 16h36
MS terá sistema de aviso de alagamentos por celular a partir de 2018
16/10/2017 - 13h02
Após denúncia, Polícia Militar captura foragido da justiça
16/10/2017 - 11h25
Restituição do IR já está disponível para 31,5 mil contribuintes de MS
16/10/2017 - 10h57
Semana começa com mais de 400 vagas em concursos e salários de até R$ 14 mil
16/10/2017 - 10h55
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.