zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cidades - 08/04/2016 - 10h23

8 razões para você adotar um bichinho de estimação ao invés de comprar

Capital tem inúmeras ONGs e protetores animais




Por Daiane Libero do Midiamax / Redação Pantanal News

 Que cães e gatos conquistam nossos corações há muito tempo não é novidade. As orelhinhas peludas, o olhar "pedinte", as brincadeiras e a inteligência de nossos bichinhos de estimação despertam  um desejo de cuidar e amar felinos e caninos. Porém, muitas vezes para algumas pessoas, isso depende da raça. "Cães e gatos de raça são bonitos, carinhosos, mas vivemos em um mundo onde muito da criação desses bichos vem de uma exploração, de criadouros fundo de quintal. Além disso, os animais abandonados precisam de uma solução pois abandono é uma questão de saúde pública", explica a médica veterinária Alessandra Pereira. 

 

São muitos os animais abandonados e poucas as instituições que conseguem dar assistência a eles para depois encaminhá-los para a adoção. Faltam vagas em quase todas elas, seja nas ONGs ou Centros de Controle de Zoonoses. As causas para o abandono são as mais diversas, desde o crescimento do filhote, que o dono afirma ter ficado grande demais para o espaço que tem, até alguma doença curável com poucas doses de medicamento, mas que a pessoa não pode ou não quer pagar.

Comprar um cachorrinho ou gatinho de raça não é algo ruim, porém é preciso ver em quais condições esse animal é criado, se o criadouro não explora as matrizes (fêmeas) e se os bichinhos não estão em condições terríveis de higiene e saúde. E diante da demanda crescente de abandono, adotar ao invés de comprar pode ser uma forma de mostrar ao mundo que os bens materiais importam menos do que o amor pelo pet.

Pensando nisso, o MidiaMAIS cria uma lista com razões pelas quais você deve dar uma chance para um animalzinho abandonado. Na Capital, a ONG Ammar CG, o Abrigo dos Bichos e muitas outras trabalham para que cães e gatos ganhem novas chances. O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) também possui vários animais à espera de um lar. 

1. Você está ajudando um animal abandonado que poderia morrer

 

Beleza dos cães vira-latas é 'única' / Foto: Catraca Livre/DivulgaçãoBeleza dos cães vira-latas é 'única' / Foto: Catraca Livre/Divulgação

 

 

Nas ruas, os animais vivem muito menos pois estão sujeitos à atropelamentos, doenças, violência e muitas situações dolorosas e de risco, sem contar que passam fome, sede e ficam à mercê de crueldade. Ao retirar um animal da rua dando oportunidade a ele de ter um lar, você contribui para que ele não corra todos esses riscos e tenha uma vida longa e feliz. 

2. Você está ajudando uma ONG ou um protetor animal

As políticas públicas para lidar com os animais de rua, hoje, são muito ineficientes. Por isso, um pequeno número de pessoas se mobiliza para contribuir com animais de rua, fazendo todo o resgate e cuidado desse cão ou gato. As ONG's vivem abarrotadas de animais, já que as pessoas abandonam seus pets com frequência e sem nenhuma razão viável, jogando nas costas desses voluntários uma responsabilidade a mais. Adotando um gatinho ou cãozinho, você ajuda outro ser humano que presta esse serviço voluntário onde o poder público falha, e também deixa uma "vaga" para que essa ONG ajude outro animal de rua. 

3. Você ganhará um companheiro fiel e muito grato

 

Gata Nana hoje vive saudável e é extremamente amorosa e companheira / Foto: Daiane Libero/Arquivo pessoalGata Nana hoje vive saudável e é extremamente amorosa e companheira / Foto: Daiane Libero/Arquivo pessoal

 

 

A gratidão dos animais resgatados é gigantesca. Observe o "antes" e "depois" de um animal de rua e verá como faz diferença o amor do novo dono. Esta repórter que escreve a reportagem pode contar um caso pessoal: em 2015 me dispus a adotar uma gata adulta, que foi abandonada em um buraco com seus 4 filhotes. Foi a melhor coisa que fiz, já que hoje, Nana é uma gata alegre, gordinha, companheira, feliz, que me segue pela casa e está sempre por perto. Gratidão é algo que os animais são capazes de demonstrar todo dia, nas pequenas coisas. 

4. Você não irá fomentar o mercado da exploração

Existem bons criadouros de cães e gatos de raça, mas muitos utilizam a exploração como fonte de renda. Muitas vezes aquele gatinho que custa R$ 1200 foi criado de forma clandestina, e sua matriz (a mãe), pode estar sendo maltratada. Antes de comprar um animal de raça, verifique a origem dele. Não compre bichos de locais que exploram os animais, ou estará colaborando com esse mercado. Além disso, o animal adotado sai de graça, você não terá custos para adotá-lo.  

5. Vira-latas são inteligentes, resistentes e adaptáveis

 

Cães vira-latas são espertos e adaptáveis / Foto: Catraca Livre/DivulgaçãoCães vira-latas são espertos e adaptáveis / Foto: Catraca Livre/Divulgação

 

 

Os vira-latas sofrem menos com doenças e a explicação é simples. Pelo fato de que o vira-lata é um animal originado de diversas cruzas, ele sofre uma seleção natural. Os mais fortes resistem e sobrevivem. Além disso, aqueles que vivem nas ruas, se alimentam de qualquer coisa, dormem em qualquer lugar e têm de lutar contra os parasitas sem ajuda de remédios, o que os torna ainda mais fortes. Se você pesquisar as doenças genéticas e hereditárias que os animais de raça podem ter, verá que não são poucos. Isso graças à priorização que os idealizadores das raças deram a determinadas características em detrimento de outras. 

6. Também existem cães de raça abandonados

Se você não quer, de modo algum, um cão vira-lata, pesquise nos abrigos, ONGs e CCZs. Existem muitos cães de raça que também foram abandonados e estão disponíveis para adoção. Não acredite que eles tenham sido abandonados por terem problemas comportamentais, como diz a crença popular. Esses não são colocados para adoção antes de um trabalho de reabilitação. Geralmente, é o dono que deixa de querer o animal por que ele cresceu, por ter algum problema de saúde, por ter ficado velho ou simplesmente por não querer mais trabalho.

7. Dê uma chance aos animais adultos

 

Gatos também se adaptam bem se forem bem cuidados / Foto: IStock/DivulgaçãoGatos também se adaptam bem se forem bem cuidados / Foto: IStock/Divulgação

 

 

Priorizar um animal adulto pode ser uma boa forma de descobrir um companheiro já maduro e ao mesmo tempo amoroso. Ao falar da Nana, percebo que adotar uma gata adulta foi a melhor coisa que pude fazer na época pois filhotes demandam tempo e cuidado redobrado. O animal adulto já é independente e, caso tenha sido abandonado, será grato da mesma forma. Cães adultos podem ser adestrados tranquilamente. Além disso, são mais calmos. Caso faça questão de filhotes, sem problemas: existem milhares de cães e gatos "nenéns" esperando por um lar. Serão companheiros tão bons quanto, e você poderá acompanhar seu crescimento. 

8. Aprenda a ser mais responsável

Valorizar um bichinho justamente por não ter pago por ele pode ser um grande aprendizado, principalmente para as crianças. A responsabilidade sobre a vida de um animal salvo das ruas por você pode pesar e virar um grande exemplo em sua vida, de gratidão e responsabilidade. 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
19/10/2017 - 09h01
Móveis confeccionados por reeducandos de Aquidauana são doados à Pestalozzi
18/10/2017 - 16h10
Central 0800 permite solicitação de serviços referentes à iluminação pública
16/10/2017 - 10h55
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
16/10/2017 - 10h16
Ruiter aciona primeiro trecho de iluminação pública com LED
 
Últimas notícias do site
23/10/2017 - 09h54
Prefeito de Corumbá representa o Brasil em seminário internacional do FONPLATA sobre hidrovia
23/10/2017 - 08h55
Semana em MS começa com 169 vagas em concursos públicos
23/10/2017 - 07h41
PMA e parceiros realizam Educação Ambiental para alunos em escolas ribeirinhas e indígenas
23/10/2017 - 07h40
Em oito dias, Mato Grosso do Sul registra queda de 55 mil raios
23/10/2017 - 07h02
Medidas anunciadas por Temer farão ressurgir o rio Taquari, diz Ruiter
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.