especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Saúde - 22/03/2016 - 08h26

Números da dengue este ano, já são 40% maiores do que em 2015 inteiro

Em 77 dias casos passam de 20,3 mil notificações na Capital




Marcos Ermínio/Arquivo

Larvas do Aedes aegypti, mosquito que transmite dengue, zika e chikungunya.
Por Natalia Yahn do Campo Grande News / Redação Pantanal News

Em apenas dois dias, Campo Grande registrou 638 novas notificações de dengue. Entre os dias 16 e 17 de março os casos chegaram a 20.332 notificações – com 466 confirmados e três mortes –, porém no boletim epidemiológico da Sesau (Secretaria Municipal deSaúde Pública), divulgado anteriormente eram 19.694. Em 77 dias - de janeiro até 17 de março -, os números já superaram em 40,7% o total registrado em 2015, com 14.450 notificações.

Já os casos de zika somam 2.839 notificações, com 59 confirmações. Na Capital, 310 gestantes são acompanhadas por conta da doença – 64 tiveram teste positivo para o vírus, 55 este ano. Também são 169 notificações de febre chikungunya este ano, 12 apenas em março, mas os números permanecem estáveis. Os dados foram atualizados na sexta-feira (18), porém divulgados somente hoje (22).

No Estado o último boletim foi divulgado na quinta-feira (17) e apontou 3.492 novos casos notificados de dengue, em apenas uma semana. A SES (Secretaria de Estado de Saúde) registrou 39.544 notificações da doença e oito mortes este ano em Mato Grosso do Sul. A vítima mais recente foi uma criança de quatro meses, que morreu em Ponta Porã, a 323 quilômetros de Campo Grande. As outras mortes aconteceram em Campo Grande (3), Coxim (1) e Dourados (3). 

Até a semana passada eram 36.052 casos notificados – 4.843 registrados em uma semana – e sete mortes por conta da doença – em Campo Grande, Dourados e Coxim. 

Em Campo Grande as mortes por dengue, confirmadas, foram nos dias 12 e 13 de janeiro e 17 de fevereiro, de pacientes com 8, 16 e 33 anos, respectivamente. Em Dourados os óbitos aconteceram nos dias 2, 17 e 24 de fevereiro, de pacientes com 95, 44 e 77 anos.

A vítima de Coxim, foi Pedro Guilherme Teodoro, 24 anos, que morreu no dia 24 de fevereiro, no HU (Hospital Universitário) de Campo Grande, com a forma mais grave da dengue. Ele foi transferido do município localizado a 260 quilômetros da Capital – onde morava –, e precisou ser entubado assim que deu entrada no PAM (Pronto Atendimento Médico), mas não respondeu ao tratamento e morreu.

A infestação do mosquito Aedes aegypyi – transmissor da dengue, zika e chikungunya – só é considerada baixa incidência em apenas dois dos 79 municípios do Estado, Taquarussu e Inocência.

No boletim anterior o município de Japorã também estava na zona verde, mas agora está na amarela, com média incidência. Outras 63 cidades tem alta incidência do vetor, consideradas na zona vermelha, na semana passada eram 61.

O município com maior incidência de notificações em relação ao número de habitantes é São Gabriel do Oeste, seguido por Alcinópolis, Bandeirantes, Deodápolis e Coxim. A Capital, que até a semana passada ocupada a oitava posição, agora subiu para o sexto lugar.

O boletim também confirmou 195 notificações de chikungunya, com apenas 9 casos confirmados. Além de 1.191 casos notificados de zika, 88 confirmados – 53 em gestantes. Do total de casos confirmados 77 são em Campo Grande.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/11/2017 - 12h50
Laudo descarta que macaco achado morto na Capital teve febre amarela
13/11/2017 - 11h30
Lei: deputado Dr. Paulo Siufi cria “Agosto Verde” para prevenir depressão e outros males
08/11/2017 - 16h10
Sesau investiga morte de macaco, animal hospedeiro da febre amarela
31/10/2017 - 14h46
Cirurgia de Ruiter teve início na tarde desta terça-feira
31/10/2017 - 09h07
Com quadro clínico estável, prefeito de Corumbá já está sendo operado
 
Últimas notícias do site
18/12/2017 - 08h37
MS tem 7 concursos com inscrições abertas e salários de até R$ 19 mil
18/12/2017 - 06h44
Tempo instável e risco de temporais em todo o MS nesta segunda-feira
17/12/2017 - 12h10
IPVA 2018: entenda como é calculado o tributo e com base em que valores
16/12/2017 - 10h35
Com 13º em mãos, famílias vão às compras e movimentam comércio
15/12/2017 - 16h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 39 milhões neste sábado
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.